/

Um orangotango ameaçado de extinção vagueou por uma aldeia remota da Indonésia

Um orangotango de Bornéu vagueou por uma aldeia remota da Indonésia e foi ajudado pelos residentes locais durante vários dias. Apesar de ligeiramente alarmados, os habitantes foram acolhedoras naquele que foi um encontro improvável entre uma espécie em perigo e humanos.

Habitantes da pequena vila de Lusan avistaram um orangotango de Bornéu a vaguear pelas ruas no dia 7 de junho. À Vice, o autarca Muhammad Irham disse que o macaco saltava de árvore em árvore à procura de comida. “Parecia estar com fome”, contou.

As imagens captadas pelos locais mostram o orangotango, grande e pesado, a atravessar uma estrada enquanto alguns residentes tentam conduzir o animal.

Uma pessoa chegou até a segurar a mão do animal, enquanto outras gritaram, quer por medo, quer por alegria. Os mais impressionados, registavam o momento com os seus smartphones.

Depois de ser presenteado com um banquete de banana, jaca e leite, o orangotango adormeceu encostado a uma árvore atrás de uma casa.

Apesar de os orangotangos serem animais simpáticos, os mais selvagens podem atacar os seres humanos. “Se orangotangos selvagens se perderem na aldeia, será perigoso, porque podem matar os moradores”, disse Jamartin Sihite, CEO da Fundação de Sobrevivência de Orangotango de Bornéu.

Alertados sobre o visitante inesperado, funcionários do Centro de Conservação de Recursos Naturais de Kalimantan Oriental transportaram o animal para um centro de conservação, onde será eventualmente libertado na floresta.

O centro suspeita de que o macho adulto terá sido solto como parte de um programa de conservação, depois de ter sido encontrado um microchip no seu corpo.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.