Opositores detidos na Venezuela por “conspirar para assassinar Maduro”

Agencia de Noticias ANDES

Presidente da Venezuela, Nicolas Maduro

Presidente da Venezuela, Nicolas Maduro

O Ministério Público (MP) venezuelano anunciou hoje a emissão de uma ordem de detenção contra o ex-embaixador venezuelano Diego Árria e os opositores Pedro Burelli e Ricardo Koesling por alegada conspiração para assassinar o presidente Nicolás Maduro.

O anúncio foi feito pela Procuradora-Geral da República, Luísa Estela Morales, que disse ao canal estatal Venezuelana de Televisão (VTV) que o MP convocou várias pessoas para prestarem declarações no âmbito de um alegado plano de magnicídio denunciado recentemente pelo Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), no poder.

“A primeira pessoa que foi citada, Pedro Burelli, não compareceu perante o MP e temos a certeza de que outros dois deles também não vão comparecer. Ordenámos a detenção destes cidadãos, sabemos que não estão no país e por isso vamos solicitar à Interpol que sejam capturados”, disse.

Segundo Luísa Estela Morales, “surgiram alguns elementos de investigação que levaram o Executivo a fazer uma importante denúncia” que passam pela existência de “planos políticos violentos, de parte de grupos desestabilizadores, de parte de grupos que estão atuando à margem da lei, para atentar contra a vida do Presidente da República, contra a vida de altos funcionários, criar um clima de caos e desestabilização no país”.

“Intensificámos a investigação e decidimos adotar um conjunto de medidas para por um travão a tudo isto. Não podemos esperar que ocorram os fatos”, frisou.

Segundo a Procuradora, os três são acusados de alegada “traição à pátria, instigação para cometer delito, instigação pública e conspiração contra um Governo legitimamente constituído” e foi também citada para declarar, como testemunha, a dirigente estudantil e militante do partido opositor Vontade Popular, Gabriela Arellano.

No passado dia 06, sete dirigentes opositores foram intimados pelo MP para prestar declarações, entre os dias 09 e 25 de junho, no âmbito de uma investigação sobre um alegado plano de magnicídio contra o Presidente Nicolas Maduro.

Entre os citados estão também o ex-candidato presidencial Henrique Salas Römer, a opositora Maria Corina Machado, que em fevereiro de 2012 participou, juntamente com Diego Árria, nas eleições primárias da oposição, em que Henrique Capriles Radonski, foi eleito como candidato da ‘Unidade’ contra Hugo Chávez.

A 28 de maio, o “alto comando político” da revolução bolivariana acusou vários dirigentes políticos opositores de, com o apoio de um banqueiro, estarem a preparar um golpe de Estado e um atentado contra Nicolás Maduro.

“Temos todas as provas do plano de magnicídio e do golpe de Estado (…) O que estamos apresentando faz parte de uma investigação penal que envolve setores da direita venezuelana”, disse o dirigente do PSUV, Jorge Rodríguez.

Segundo aquele responsável os planos conspirativos começaram antes das eleições municipais de 08 de dezembro de 2013 e contemplam o incentivo à violência nas ruas.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas explicam porque trabalhar à noite faz mal aos intestinos

As pessoas que trabalham à noite têm mais probabilidades de desenvolver inflamações intestinais, porque há células que contribuem para a saúde intestinal que deixam de receber informações vitais do cérebro, indica um estudo divulgado esta …

Marinha dos EUA admite que vídeos de OVNI's são verdadeiros (e não era suposto ninguém saber)

A Marinha dos EUA confirmou que imagens de OVNIs que surgiram nos últimos anos são reais e que nunca pretenderam que o vídeo fosse visto pelo público. As imagens que apareceram pela primeira vez online em …

O Pólo Norte vai ter um hotel de luxo (iluminado pelas auroras boreais)

https://vimeo.com/360873720 O hotel "mais a norte do mundo" só existirá durante um mês e o glamping de luxo será para muito poucos: o custo é de 95 mil euros por pessoa por três dias. Em 2020, o …

Whitney Houston vai regressar aos palcos (em holograma)

Whitney Houston vai "regressar" aos palcos, em formato holograma. Foi anunciada uma digressão da cantora por várias salas do Reino Unido, em 2020. Os planos para uma digressão de holograma de Whitney Houston têm sido discutidos …

Victor Vescovo diz que chegou ao ponto mais profundo dos oceanos. James Cameron não concorda

James Cameron levantou dúvidas sobre as recentes declarações de Victor Vescovo sobre ter quebrado o recorde do mergulho mais profundo no oceano, dizendo que o empresário não pode ter descido mais, uma vez que não …

Par de patinadores no gelo mais medalhado de sempre anuncia fim da carreira

Os canadianos Tessa Virtue e Scott Moir, o par de patinadores no gelo mais medalhado da história do olimpismo, anunciaram esta quarta-feira o fim da carreira. “Olá a todos. Temos novidades para todos os que nos …

Elon Musk é o líder mais inspirador da tecnologia da atualidade

Elon Musk foi nomeado o líder mais inspirador no setor da tecnologia, de acordo com um estudo publicado pela Hired, uma plataforma para contratação de pessoal em 14 cidades em todo o mundo. O estudo, chamado …

De portas abertas para quem precisa. Frigoríficos solidários crescem em Paris

A Cantina do 18.º bairro parisiense foi o primeiro espaço deste projeto solidário, inaugurado há dois anos. Atualmente existem 38 restaurantes em França que acolhem os frigoríficos solidários. Em dois anos, o projeto dos frigoríficos solidários …

Imigrante do Bangladesh em Itália encontra e devolve carteira com 2 mil euros

Mossan Rasal, um bangladeshiano de 23 anos que vive em Roma, encontrou na rua uma carteira com dois mil euros, documentos de identificação, cartões de crédito, carta de condução. Em vez de retirar o dinheiro e …

Austrália conclui que China foi responsável por ciberataque ao parlamento

A agência de inteligência cibernética da Austrália (ASD) concluiu que a China foi a responsável por um ataque informático, no início deste ano, contra o parlamento nacional. Os serviços de inteligência australianos (Australian Signals Directorate) concluíram …