ONU oferece proteção a ‘Julieta da Arábia’

Aslan Media / Flickr

foto: Peter Hagyo-Kovacs / wikimedia

foto: Peter Hagyo-Kovacs / wikimedia

A história de Huda al-Niran, 22 anos, e do namorado, o iemenita Arafat Mohammed Tahar, 25, evoca a de Romeu e Julieta e tem motivado campanhas online e protestos de rua. Huda fugiu do seu país com o namorado e recebeu agora protecção da ONU enquanto tenta obter asilo.

Huda conheceu Arafat há três anos atrás, numa loja de telemóveis na Arábia Saudita, e os dois apaixonaram-se.  Arafat pediu a mão de Huda em casamento, mas o pedido foi negado pelo pai de Huda.

A minha família queria que eu me casasse com um outro homem“, diz Huda, “mas recusei-me. Disse que ninguém me tocaria senão Arafat. Foi aí que pensei que tinha que fugir.

Huda saiu de casa e cruzou a fronteira entre a Arábia Saudita e o Iémen, disfarçada de trabalhadora iemenita.

Segundo um comunicado da ONG Human Rights Watch, que conversou com o advogado do casal, Arafat também fugiu; planeavam casar-se no Iémen, mas foram ambos detidos na fronteira. Hura foi acusada de imigração ilegal.

Asilo

A Human Rights Watch diz que a Arábia Saudita está a pressionar o Iémen pela deportação de Huda, mas alertou que a jovem correria risco de sofrer violência por parte de sua própria família.

No domingo passado, representantes da Acnur, o braço da ONU para os refugiados, afirmaram à BBC que foi aberto um pedido de asilo para a jovem, aceitando a ideia de que a sua vida correria risco se ela voltasse para casa.

Enquanto o pedido é estudado, Huda está sob protecção da ONU e não pode ser deportada. A Acnur revelou à BBC que é grande a possibilidade de que ela receba o status de refugiada nos próximos dias – o que significaria que ela e Arafat ficariam livres para se casar.

Apoio

A história do casal teve grande repercussão no Facebook no Iémen, e diversas páginas foram criadas para apoiar os jovens apaixonados. Dezenas de pessoas saíram às ruas da capital do país, Sanaa, para protestar a favor de Huda e Arafat.

Muitos iemenitas têm apoiado a causa não apenas por ser uma história de amor, mas porque o caso desafia a Arábia Saudita – país vizinho com o qual o Iêmen tem relações por vezes tensas.

Segundo a France Presse, a Justiça iemenita ainda não decidiu sobre o caso. Uma nova audiência será realizada no dia 1 de dezembro.

As acusações que recaíam sobre Arafat foram retiradas, mas ele recusou-se a deixar a prisão onde está Huda. O casal encontra-se uma vez por semana, durante as audiências.

A empatia com Huda é porque ela se revoltou contra a sua cultura“, diz Fahad, funcionário público de 33 anos que organizou um dos protestos de apoio ao casal, que acrescenta que “ela enfrentou uma sociedade patriarcal que lhe ordenava que se casasse. Isso mostra a necessidade de termos Estados modernos, com liberdades e direitos e onde as pessoas possam, por exemplo, escolher com quem querem se casar.”

A história de Romeu Montéquio e Julieta Capuleto não terminou propriamente bem. Será que Julieta da Arábia e Romeu do Iémen vão ter direito a um final feliz?

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Rui Pinto vai a julgamento por 93 crimes

A juíza do Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa decidiu que Rui Pinto vai ser julgado por 93 crimes, e não 147 como estava acusado. O Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa decidiu esta sexta-feira levar …

Um "palhaço" que vai apunhalar os iranianos nas costas. Líder supremo do Irão arrasa Trump

O líder supremo do Irão classificou esta sexta-feira o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, como "um palhaço" que finge querer ajudar os iranianos, mas vai atacá-los pelas costas com "um punhal envenenado". As declarações do …

"Lava que se farta". Justiça dá razão a Ana Gomes no processo movido por Isabel dos Santos

A ex-eurodeputada Ana Gomes venceu um dos processos que foi movido contra ela por Isabel dos Santos. Em causa estão publicações no Twitter, onde a diplomata acusava a empresária angolana de estar a usar Portugal …

Secretário da Cultura brasileiro vai ser demitido depois de se inspirar em discurso nazi de Goebbels

Roberto Alvim, secretário da Cultura brasileiro, fez um discurso esta quinta-feira copiando um discurso muito conhecido do ministro da propaganda de Adolf Hitler, Joseph Goebbels. O secretário da Cultura do Brasil, Roberto Alvim, divulgou um vídeo …

Presidente da Guatemala anuncia corte de relações com Venezuela

O novo Presidente da Guatemala, Alejandro Giammattei, anunciou na quinta-feira que ordenou o corte de relações com a Venezuela e o encerramento da embaixada neste país. Alejandro Giammattei, médico e ex-diretor do Sistema Penitenciário da Guatemala, …

Bolsonaro vai manter secretário acusado de irregularidades no Governo

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, defendeu hoje o titular da Secretaria Especial da Comunicação Social (Secom, órgão da Presidência), Fabio Wajngarten, acusado de alegadas irregularidades em contratos, garantindo que o manterá no cargo. “Pelo que eu …

FC Porto empresta Waris ao Estrasburgo com opção de compra obrigatória

O avançado ganês foi emprestado pelo FC Porto ao Estrasburgo até ao final da temporada, num negócio que inclui uma cláusula de opção de compra obrigatória. No final do empréstimo, o Estrasburgo fica obrigado a contratar …

Miguel Guimarães reeleito bastonário da Ordem dos Médicos

O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, foi eleito esta quinta-feira para um segundo mandato, com 93% dos votos. De acordo com os resultados provisórios avançados pela Ordem, estando contados 16.723 votos, Miguel Guimarães foi …

Governante sugere "chazinhos e bolos" para acabar com agressões nas salas de espera dos hospitais

"Salas de espera com bom aspecto, com televisão, revistas" e com "chazinhos e bolos" podem ajudar a reduzir o "clima de tensão" que se vive em alguns hospitais, contribuindo para acabar com as agressões a …

Detidos cinco suspeitos da morte de jovem cabo-verdiano em Bragança

A Polícia Judiciária anunciou, esta sexta-feira, que foram detidos cinco homens, suspeitos de estarem envolvidos na morte do estudante cabo-verdiano, em Bragança. A Polícia Judiciária (PJ) anunciou, em comunicado, que procedeu, esta quinta-feira, a "buscas domiciliárias, …