OMS investiga morte de 12 bebés vacinados na China

World Bank / Flickr

-

Um recém-nascido na China morreu nas últimas horas depois de lhe ter sido administrada a vacina da hepatite B, subindo para 12 o número de bebés mortos após receberem a mesma vacina desde novembro.

A morte dos bebés já fez despoletar uma investigação na qual participam técnicos da Organização Mundial de Saúde.

O último caso conhecido foi registado na cidade de Lingao, na ilha de Hainão, e é o terceiro bebé a morrer depois de ter recebido a vacina produzida pela farmacêutica chinesa Beijing Tiantan, revelou a agência Xinhua.

Outras quatro crianças foram administradas com o mesmo tipo de vacina, mas produzido pela BioKangtai, a maior produtora de vacinas da hepatite B que tem sede em Shenzhen, Zona Económica Especial chinesa adjacente a Hong Kong.

Outros casos de morte com ligação suspeita às vacinas da hepatite B tinham o produto produzido pela Dalian Hissen, do nordeste da China, empresa que suspendeu a produção até que sejam concluídas as inspeções à qualidade do produto.

O programa de imunização nacional exige que a vacina da hepatite B seja administrada nas primeiras 24 horas de vida dos bebés e ao fim de seis meses.

As autoridades sanitárias chinesas continuam a investigar as causas das mortes.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Computador quântico ajuda a criar um computador quântico melhor

Um computador quântico foi usado para projetar um qubit aprimorado que poderá alimentar a próxima geração de computadores quânticos mais pequenos, de alto desempenho e mais confiáveis. Da mesma forma que um bit binário é a …

Em apenas três anos, a Austrália perdeu um terço dos seus coalas

A seca, os incêndios florestais e a desflorestação na Austrália levaram o país a perder um terço dos seus coalas nos últimos três anos. A Austrália perdeu cerca de 30% dos seus coalas nos últimos …

Há modelos matemáticos que preveem se uma música vai ser viral — os mesmos utilizados com a covid-19

O uso de modelos matemáticos para antecipar o nível de sucesso de uma música pode começar a ser usado, a partir da publicação do presente estudo, por artistas e editoras para melhorar o desempenho dos …

Alemanha. Funcionário de posto de combustível abatido a tiro por cliente que se recusou a usar máscara

Um homem de 49 anos matou um funcionário de um posto de combustível na Alemanha, após tentar comprar cerveja sem utilizar a máscara. No país, o uso deste equipamento de proteção é obrigatório para entrar …

Um violino gigante flutuou no Grande Canal de Veneza (ao som de Vivaldi)

No passado fim de semana, um violino gigante, com quase 12 metros de comprimento, desceu o Grande Canal de Veneza. A bordo estava um quarteto de cordas, que tocou Four Seasons de Vivaldi. O Noah's Violin …

Assembleia de credores aprova recuperação da Groundforce

Esta quarta-feira, os credores da Groundforce aprovaram a recuperação da empresa. Em causa está uma dívida de 154 milhões de euros. Os credores da Groundforce, reunidos esta quarta-feira em assembleia de credores, no tribunal de Monsanto, …

Europeus acreditam numa "guerra fria" entre os EUA e a China e Rússia

A maioria dos cidadãos da União Europeia (UE), 62%, considera que os Estados Unidos (EUA), com apoio das instituições comunitárias, estão numa nova "guerra fria" com a China, mas recusam envolvimento nacional, revelou um inquérito …

Desenho de Van Gogh esteve guardado mais de 100 anos. Agora, é exibido pela primeira vez

O Museu de Amesterdão, nos Países Baixos, ganhou um novo inquilino: Study for 'Worn Out', um desenho recém-descoberto de Vincent van Gogh. O holandês Vincent van Gogh ainda continua a impressionar o mundo inteiro com a …

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã, com receio de que os avanços dos últimos 20 anos tenham sido conquistados em vão. A Vice falou com algumas professoras afegãs que garantem continuar …

Apenas um terço das crianças em 91 países tem acesso a uma alimentação adequada, alerta UNICEF

Apenas um terço das crianças com menos de dois anos em 91 países em desenvolvimento têm acesso aos alimentos que necessitam para um crescimento saudável, revelou um relatório da UNICEF, apontando que nenhum progresso foi …