Olimpíadas de Tóquio terão robôs a ajudar pessoas em cadeira de rodas

As Olimpíadas de Tóquio, que decorrem em 2020, podem vir a ficar conhecidas como os “Jogos dos Robôs”, devido aos robôs que serão usados ​​no novo Estádio Nacional para ajudar os apoiantes em cadeiras de rodas. Os dispositivos foram apresentados na passada semana pelos organizadores.

De acordo com a Time, para o oficial olímpico de Tóquio, Masaaki Komiya, o Japão é há muito conhecido pela tecnologia associada a robôs, sendo os Jogos Olímpicos de 2020 um bom lugar para mostrar essa inovação.

“Os robôs não devem sobrecarregar as pessoas”, disse Masaaki Komiya, vice-diretor geral da Olimpíada de Tóquio, numa entrevista coletiva. “Têm um relacionamento amigável com os seres humanos e podem trabalhar juntos. Esse é o tipo de robôs que imaginamos”.

Os robôs que serão utilizados nas Olimpíadas de Tóquio são fabricados pela Toyota Motor, o principal patrocinador olímpico. Segundo os responsáveis da marca, serão usados ​​16 robôs de apoio humano, juntamente com outros cinco de suporte.

Para não ficar para trás, a Panasonic – também uma importante patrocinadora olímpica – mostrou o seu “uniforme auxiliar de força”. Quando usada, a roupa oferece apoio para as costas e para a zona do quadril, permitindo que objetos pesados ​​sejam levantados com menos esforço. A empresa informou que 20 desses uniformes serão usados ​​nas Olimpíadas e poderão ajudar os hóspedes com as suas bagagens e com outras tarefas de elevação.

“Através desta ocasião, as pessoas no mundo serão capazes de perceber o quão avançado o Japão é em termos de tecnologia de robôs”, disse Hideyo Hirata, diretor de serviços de tecnologia para as Olimpíadas de Tóquio.

Para Minoru Yamauchi, da Toyota Motor, a empresa está a ramificar-se e a tornar-se uma “empresa de mobilidade”.

“Temos analisado como podemos apoiar as pessoas e desenvolver robôs que possam ser parceiros da vida quotidiana”, disse. “Nas Olimpíadas de Tóquio, haverá muitos convidados em cadeiras de rodas e gostaríamos que os mesmos aproveitassem os jogos sem se preocupar com a sua mobilidade”, salientou.

Já Yoshifumi Uchida, do departamento paraolímpico da Panasonic, disse que a tecnologia de ação assistida da marca foi desenvolvida, em parte, devido ao envelhecimento da população japonesa. “Gostaríamos de ter uma sociedade onde as pessoas possam trabalhar sem se preocupar com diferenças de género ou de idade”, sublinhou.

“Quando carregamos uma mala ou uma caixa pesada, é aí que a roupa auxiliar de energia torna-se valiosa”. O uniforme criado pela empresa melhora a eficiência em cerca de 20%, permitindo que o utilizador levante mais peso, por mais tempo.

A duração da bateria é de cerca de quatro horas e o uniforme dá ao utilizador a capacidade de elevar cerca de 10 quilogramas a mais, com a mesma energia gasta.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Astrónomos descobrem que o fósforo foi gerado na formação de estrelas

Astrónomos descobriram que o fósforo, elemento químico essencial à vida, se constituiu durante a formação de estrelas e sugerem que chegou à Terra através de cometas. Uma equipa de astrónomos detetou monóxido de fósforo na região …

Nova máquina repara e mantém fígados vivos fora do corpo humano durante uma semana

Um novo sistema consegue manter um fígado humano vivo fora do corpo durante sete dias, período no qual o órgão danificado pode ser reparado e preparado para o transplante. As tecnologias convencionais conseguem sustentar um fígado …

Rui Rio vence segunda volta. Líder reeleito quer "estabilidade, lealdade e unidade"

O presidente social-democrata, Rui Rio, afirmou hoje que espera poder “trabalhar com estabilidade e lealdade”, recusou que o PSD esteja “partido” e vincou estar “a iniciar o momento para marcar a unidade” no partido. O líder …

Gatos não se importam de comer pessoas mortas (e há um estudo que mostra como o fazem)

Uma nova investigação analisou como é que dois gatos selvagens se alimentaram de cadáveres humanos. Os animais mostraram preferência por corpos específicos ao longo de vários dias. No Forensic Investigation Research Station, no estado norte-americano do …

"Árvores dinossauro". Bombeiros australianos conseguiram salvar floresta pré-histórica

Os bombeiros australianos conseguiram salvar dos incêndios uma floresta com árvores pré-históricas localizada no sudeste do país, anunciou o Governo. Em causa estão árvores da espécie Wollemia nobilis, vulgarmente conhecidas como Pinheiro de Wollemi, que se …

Príncipe Harry e Meghan renunciam aos títulos da realeza

O Palácio de Buckingham anunciou, este sábado, um acordo em que o príncipe Harry e a sua mulher renunciaram aos respetivos títulos, abandonando os deveres enquanto membros seniores da família real do Reino Unido e …

Polaris Slingshot chega ao mercado com um sistema de transmissão inovador

A nova versão do Polaris Slingshot vem equipado com um sistema de transmissão que mescla a condução do manual com o conforto do automático. Para quem não conhece o Polaris Slingshot, apresentado pela primeira vez em …

Turistas estão a invadir Hallstatt, a aldeia austríaca que terá inspirado "Frozen"

Considerado Património Mundial pela UNESCO desde 1997, Hallstatt, na Áustria, possui apenas 778 moradores e tem uma sequência de casas em estilo alpino. Em 2010, antes do lançamento do primeiro filme da Disney, "Frozen", a cidade …

Teerão vai enviar caixa negra do avião abatido para a Ucrânia

O Irão vai enviar para a Ucrânia as gravações da caixa negra do avião ucraniano que abateu acidentalmente, na semana passada, para que sejam sujeitas a análises adicionais. Hassan Rezaeifer, chefe de investigações de acidentes do …

António Folha já não é treinador do Portimonense

O treinador apresentou a demissão do comando técnico do Portimonense, este sábado, depois de perder na deslocação ao lanterna-vermelha Desportivo das Aves, por 3-0. "Antes de me fazerem qualquer pergunta sobre o jogo, queria transmitir que …