Olaria negra de Bisalhães é Património Imaterial da Unesco

Henrique Matos / Wikimedia

Barro preto de Bisalhães, município de Vila Real

Barro preto de Bisalhães, município de Vila Real

O processo de fabrico do barro preto de Bisalhães, em Vila Real, foi esta terça-feira inscrito na lista do Património Cultural Imaterial que necessita de salvaguarda urgente da Unesco, anunciou fonte do município.

A decisão foi tomada hoje, durante a 11.ª reunião do Comité Intergovernamental para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, que está a decorrer em Adis Abeba, capital da Etiópia.

A Câmara de Vila Real avançou com a candidatura do processo de fabrico do barro negro de Bisalhães à lista do património cultural imaterial que necessita de salvaguarda urgente, precisamente por esta ser uma atividade em vias de extinção.

O município disse que se tratou de um “processo complexo que demorou mais de um ano a ser completado”.

A fonte referiu que “este reconhecimento internacional possibilitará partilhar o conhecimento ancestral dos oleiros de Bisalhães com o mundo”.

A inscrição na lista da Unesco vai ainda “motivar a implementação de um amplo plano de salvaguarda que o município de Vila Real idealizou, que vai desde a formação de oleiros, passando pela certificação do processo e até ao incentivo do surgimento de novas utilizações e designs para este material único”.

O principal problema desta atividade é o envelhecimento dos oleiros. Atualmente, são cinco os que fazem desta arte a sua atividade principal e a maioria tem mais de 75 anos.

Este é considerado um ofício duro, exigente, com recurso a processos que remontam, pelo menos, ao século XVI.

O processo de fabrico inclui desde o tratamento inicial que se dá ao barro até à cozedura.

As peças que nascem pelas mãos destes artesãos são depois cozidas em velhinhos fornos abertos na terra, onde são queimadas giestas, caruma, carquejas e abafadas depois com terra escura, a mesma que lhe vai dar a cor negra.

“O processo é bastante antigo, com características muito peculiares e próprias desta aldeia de Bisalhães e que tem vindo a ser mantido com muito sacrifício por parte dos oleiros atuais”, salientou o coordenador técnico da candidatura, João Ribeiro da Silva.

O responsável referiu que esta candidatura pretendeu dar “visibilidade à olaria e preservar a forma de fazer”.

Em março de 2015, o processo de confeção do barro negro de Bisalhães foi reconhecido como Património Cultural Nacional.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Primeiro não flutuava, e agora o novo submarino espanhol não cabe nas docas

Primeiro não flutuava, por excesso de peso, e agora, não cabe nas docas. O novo submarino da Marinha Espanhola é um embaraço para a Defesa do país vizinho e um caso flagrante de derrapagem, com …

Prisão preventiva para 39 dos 58 arguidos dos Hells Angels

O Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa determinou prisão preventiva para 39 dos 58 arguidos como medidas de coação no âmbito do processo do grupo Hells Angels e apresentações periódicas às autoridades para os restantes. Segundo …

Bruxelas aplica multa recorde de 4,3 mil milhões de euros à Google

A Comissão Europeia aplicou, esta quarta-feira, uma multa com valor recorde de 4,3 mil milhões de euros ao gigante norte-americano Google por abuso de posição no mercado devido ao sistema Android. Esta sanção, destinada a punir …

Rapazes salvos na Tailândia saíram do hospital e recordam "milagre"

As 12 crianças e o treinador de futebol que ficaram presos numa gruta inundada na Tailândia e que estavam internados desde a semana passada receberam esta quarta-feira alta hospitalar e falaram pela primeira vez desde …

Hotel processa sobreviventes do massacre de Las Vegas

A empresa que detém o hotel Mandalay Bay, em Las Vegas –  onde Stephen Paddock disparou sobre uma multidão num festival de música country –, processou mil de vítimas do ataque, argumentando não ter "qualquer …

Jesus pediu a Cintra para anular cláusula de confidencialidade

Nas primeiras entrevistas após a sua saída do Sporting e das agressões em Alcochete, o Jorge Jesus disse que a equipa não devia ter jogado a final da Taça de Portugal e que Sousa Cintra …

Trump "traidor" recua e diz que, afinal, a Rússia pode ter manipulado eleições

Donald Trump cedeu à pressão e afirmou, esta terça-feira, que acredita nas conclusões dos serviços secretos de que houve, de facto, ingerência russa das presidenciais de 2016. O Presidente dos Estados Unidos disse esta terça-feira que …

Cientistas alcançam recorde impressionante de entrelaçamento quântico

Um grupo de cientistas da Universidade de Ciência e Tecnologia da China conseguiu armazenar 18 qubits - a unidade básica da computação quântica - em apenas seis fotões entrelaçados. O feito inédito de três qubits emaranhados …

Sistema informático lança caos nas escolas no último dia de matrículas

Hoje é o último dia para efectuar as matrículas no próximo ano lectivo, mas as demoras e falhas no portal electrónico onde o processo tem que ser realizado estão a lançar o caos nas escolas. …

Militares da GNR revoltados com castigos para quem passa poucas multas

"Desmotivados e apavorados." É assim que 14 dos 18 militares do posto da GNR no Sameiro, em Braga, se queixam de sofrerem pressões do sargento que comanda a unidade para passarem multas aos automobilistas. O desabafo …