Já se sabe qual a ocasião mais perdida do ano devido à pandemia (e há uma campanha para compensar)

Tomar um café com um amigo ou um familiar é o momento mais perdido do último ano devido à pandemia de covid-19. Nos últimos 12 meses, e em todas as cidades europeias, estima-se ter havido cerca de 13 mil milhões de ocasiões perdidas.

Uma investigação com 4.000 adultos que vivem em cidades europeias revelou, recentemente, que, durante a pandemia, mais de dois terços perderam o hábito de se encontrarem num café com um amigo ou um familiar, segundo a marca de cafés premium Julius Meinl.

A maioria dos inquiridos perdeu o contacto social e 81% disseram que conversar com um amigo ou até um estranho teve um impacto positivo no seu bem-estar.

O estudo, cujos resultados são avançados pelo EuropaPress, foi conduzido pela marca de café e pela OnePoll nas cidades de Londres, Viena, Milão e Bucareste, em abril deste ano.

Entre março de 2020 e março de 2021, os habitantes das cidades europeias perderam, em média, um quarto das conversas que costumavam ter com estranhos.

Os londrinos, por exemplo, perderam 6,3 milhões de oportunidades de conhecer alguém novo, enquanto os vienenses perderam 2,5 milhões. Já os habitantes de Milão perderam 2,1 milhões de oportunidades de conhecer novas pessoas.

A Julius Meinl perguntou aos moradores das cidades se a postura deles em relação a desconhecidos havia mudado durante a pandemia e, entre os entrevistados, 36% disseram que atualmente são mais propensos a dizer “olá” a um desconhecido do que eram antes da pandemia.

Um em cada dez inquiridos disse que estaria muito mais propenso a dizer “olá”, alegando que agora se sentia “mais conectado” com outras pessoas em consequência da crise mundial.

Apenas 20% disseram estar menos propensos a dizer “olá”. Entre as restrições para iniciar uma nova conversa estão a falta de confiança, o nervosismo ao falar com as pessoas e o medo da propagação do vírus.

Ainda assim, os londrinos são os mais sociáveis, uma vez que quase a metade (48%) afirmou que estaria mais propenso a dizer “olá” e um em cada cinco (20%) estaria muito mais propenso.

Apenas 12% disseram que estariam menos propensos em comparação com um quarto daqueles que vivem em Bucareste e Milão.

O EuropaPress escreve ainda que um em cada cinco entrevistados disse que o lugar mais provável onde iniciariam uma nova conversa seria num café.

Para apoiar cafés, hotéis e restaurantes de todo o mundo à medida que começam a reabrir, a Julius Meinl vai aumentar as conexões em torno do café com a campanhaDiga Olá“.

A partir de 1 de junho de 2021, os consumidores desta marca de café serão incentivados a “Dizer Olá” a um amigo ou desconhecido, presenteá-los com uma chávena de café e partilhar um momento juntos.

Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Candidato do PS a Viseu internado nos cuidados intensivos

João Azevedo, o candidato que vai encabeçar a lista do PS à Câmara de Viseu, está internado nos cuidados intensivos do Centro Hospitalar Tondela-Viseu. João Azevedo está internado nos cuidados intensivos do Centro Hospitalar Tondela-Viseu. O …

Comunidade ucraniana pondera queixa-crime contra Câmara de Lisboa

No final da semana passada, a Associação dos Ucranianos em Portugal enviou um email ao presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, a exigir que a autarquia lhe dê garantias de que os dados …

Maiores de 40 anos vão poder agendar vacinação ainda esta segunda-feira

Os cidadãos com mais de 40 anos vão poder fazer o auto-agendamento para serem vacinados contra a covid-19 ainda esta segunda-feira. O auto-agendamento da vacina contra a covid-19 vai estar disponível a partir desta segunda-feira para …

Escócia 0-2 República Checa | Chapéu Schick deslumbra Glasgow

Um bis de Patrick Schick, rematado com um golo pouco à frente da linha do meio-campo, valeu hoje à República Checa o triunfo sobre a Escócia por 2-0, na primeira jornada do Grupo D do …

Dadores de sangue querem dispensa do trabalho no dia da dádiva

Os dadores de sangue devem voltar a ter direito à dispensa laboral no dia da dádiva, reivindicou esta segunda-feira a federação portuguesa que os representa, alertando que o país perdeu 40 mil dadores regulares entre …

Tiago Barbosa Ribeiro é o candidato do PS à Câmara do Porto

Tiago Barbosa Ribeiro, deputado e presidente da comissão política concelhia do PS-Porto, vai liderar a lista do partido à presidência da Câmara do Porto nas eleições autárquicas. Depois das desistências do secretário de Estado da …

Portugal com mais 625 novos casos e sem registo de mortes

Num dia em que Portugal não regista qualquer óbito, a Direção-Geral da Saúde (DGS) dá conta de que há 625 novos casos confirmados. De acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde, não houve nenhuma …

Vacina da Novavax com eficácia de 90% comprovada em estudo

A empresa de biotecnologia Novavax anunciou, esta segunda-feira, que a sua vacina contra a covid-19 mostrou uma eficácia de 90%, em geral, num ensaio clínico de fase três com quase 30 mil participantes nos Estados …

Caso dos ativistas anti-Putin: "Ninguém tem dúvidas sobre a posição de Portugal em relação à Rússia"

Esta segunda-feira, à chegada à cimeira da NATO, o primeiro-ministro português, António Costa, pronunciou-se pela primeira vez sobre a polémica dos dados pessoais de ativistas anti-Putin enviados às autoridades russas pela Câmara Municipal de Lisboa. À …

Vereador de Gondomar acusado de usar carro para fins pessoais

O vereador da Câmara de Gondomar José Fernando Moreira está a ser vigiado pela PSP, por usufruir de uma viatura alugada para uso oficial, combustível, portagens e estacionamento. O vereador da Câmara de Gondomar foi acusado, …