Hitler planeava raptar o papa Pio XII

Recuerdos de Pandora / Flickr

O jornalista Mario del Ballo afirma que Adolf Hitler, no verão de 1942, em plena II Guerra Mundial, projetou raptar o papa Pio XII. Mario del Ballo apresenta esta tese na obra de investigação “Quando Hitler quis raptar o papa. Os segredos revelados do Arquivo Secreto do Vaticano”, publicada pelas Edições Paulinas.

“De facto, ao que parece, Adolf Hitler tinha projetado invadir o pequeno Estado [do Vaticano] e até prender e deportar o pontífice [Pio XII]”, afirma Ballo.

Todavia, como afirma o autor, o projeto foi suspenso “quando já faltava muito pouco para o executar”. A ideia de Hitler era “uma conjura antipapal, um plano como o que tinha acontecido há mais de um século, com Napoleão contra Pio V e Pio VI”, escreve o autor.

Adolf Hitler dirigia os destinos de uma Alemanha em expansão bélica, que já ocupara a Áustria, a Checoslováquia e outros países como a França, a Bélgica e a Holanda. O motivo da “irritação” do líder nazi com o pontífice terá sido a publicação da encíclica “Mit brennender Sorge” (“Com profunda preocupação“), na qual se denuncia “a repressão da liberdade religiosa, [e] o culto idolátrico da raça”.

“Dissemos vigorosamente que nós, os católicos, não podemos banir os sábios ensinamentos do Antigo Testamento”, afirmou Pio XII, citado por Ballo. “‘Espiritualmente, somos todos semitas‘, dirá o papa alguns meses depois”, remata o autor.

“Mit brennender Sorge” foi publicada em março de 1937, e é uma das raras encíclicas publicadas em alemão, tendo sido impressa secretamente na Alemanha e lida em todos os templos católicos, o que motivou perseguições a vários religiosos e seguidores da Igreja de Roma.

“Tenho de agir pela paz, mesmo correndo um risco como este [a conjura contra Hitler] para eliminar a loucura nazi”, escreveu Pio XII, citado por Ballo. O papa reagiu também de forma “fria” e com relutância à capitulação dos bispos austríacos, que três dias depois da entrada pacífica de Hitler na Áustria, assinaram uma declaração de apoio ao que se apresentou como “a integração austríaca no Reich germânico”.

O cardeal-arcebispo de Viena, Teodoro Innitzer, líder da Igreja austríaca, acrescentou à sua assinatura uma saudação nazi, tendo sido de imediato chamado ao Vaticano, e motivou uma forte repreensão e repulsa de Pio XII que o acusou de “ingénuo”, e questionou se nunca lera “uma página” da obra “Mein Kampf”, na qual Hitler expõe a sua doutrina nacional-socialista.

Antes de cingir a tiara papal, tinha sido núncio apostólico em Munique e em Berlim, precisamente no período da I Grande Guerra (1914-1918), altura em que Adolf Hitler, austríaco, recusado pelo Exército do seu país, se alistou no alemão e ganhou fama de “invulnerável”, depois de se ter esquivado a vários ataques do inimigo, tendo até sido condecorado com a Cruz de Ferro.

Com a subida a chancelar do ex-soldado do 16.º Regimento de Infantaria da reserva do reino da Baviera (Alemanha), “o papa cria que Hitler estava possesso pelo demónio; por isso fazia exorcismos à distância na sua capela, como contavam o sobrinho Carlo Pacelli e outras testemunhas; um episódio foi verificado pelo jesuíta Peter Gumpel, relator da causa de beatificação” de Pio XII.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Portugal Continental não vai ter quarentena para turistas

O primeiro-ministro, António Costa, garantiu esta sexta-feira que Portugal continental não vai aplicar normas de quarentena para quem vier de fora do país. No final de um Conselho de Ministros de quase oito horas, que se …

Jovem de 19 anos morre atingido por disparos durante protesto pela morte de George Floyd

Um jovem de 19 anos morreu depois de alguém que seguia num carro ter disparado sobre uma multidão de pessoas que protestavam contra o homicídio do afro-americano George Floyd, indicou uma porta-voz da polícia de …

O campo magnético da Terra está a enfraquecer misteriosamente

Novos dados de satélite da Agência Espacial Europeia (ESA) mostram que o campo magnético da Terra está a enfraquecer entre África e a América do Sul. O enfraquecimento do campo magnético da Terra está relacionado com …

Morreram os primeiros dois capacetes azuis vítimas da covid-19

Dois militares da força de manutenção da paz das Nações Unidas no Mali morreram devido à covid-19, os primeiros entre cerca de 100.000 soldados e polícias destacados em 15 missões no mundo. "Infelizmente, ontem [quinta-feira] e …

Asteróide que dizimou os dinossauros atingiu a Terra no "mais mortífero ângulo possível"

O asteróide que dizimou os asteróides e 75% de todas espécies à face da Terra há 65 milhões de anos atingiu a Terra no "mais mortífero ângulo possível", concluiu uma investigação do Imperial College de …

O Sol pode ser fruto de um acidente galáctico entre a Via Láctea e uma galáxia anã

Uma pequena galáxia, chamada Sagitário, moldou a Via Láctea há milhares de milhões de anos: cada vez que passou perto da nossa galáxia, causou fortes explosões de formação estelar que podem até ter originado o …

Se diplomacia falhar, China admite uso de força militar para controlar Taiwan

A China vai atacar Taiwan se não houver outra maneira de impedir que este Estado se torne independente, disse Li Zuocheng, um dos mais importantes generais do país, esta sexta-feira. Esta será uma opção de …

Encontrada canábis e incenso em templo bíblico de Israel. Foram usados em ritos religiosos antigos

A análise do material em dois altares da Idade do Ferro descobertos na entrada do santuário "santo dos santos" em Tel Arad, no vale de Beer-sheba, Israel, contém canábis e incenso. Escavações anteriores revelaram duas fortalezas …

Funerárias de Nova Iorque processadas por guardarem cadáveres em camiões

Devido ao elevado número de mortes causadas pela covid-19, as agências Andrew T. Cleckley, DeKalb e Armistead Burial armazenavam os corpos nos camiões frigoríficos até ser possível realizar os funerais. Três processos foram movidos por, pelo …

"Never again". Estudantes nos EUA vão aprender mais sobre o Holocausto

Estudantes norte-americanos vão passar a aprender mais coisas sobre o Holocausto, numa altura em que os Estados Unidos enfrentam níveis cada vez mais altos de antissemitismo. De acordo com a revista Newsweek, o Presidente norte-americano, Donald …