O número de Dunbar está errado. É possível ter mais de 150 amigos

O número de Dunbar sugere que uma pessoa só consegue manter relações sociais estáveis com 150 pessoas. Um novo estudo vem deitar por terra esta estimativa.

O número de Dunbar define o limite de pessoas com as quais um indivíduo pode manter relações sociais estáveis, ou seja, uma relação onde o indivíduo conhece cada membro do grupo e sabe identificar em que relação cada indivíduo se encontra com os outros indivíduos do grupo. Proposto por Robin Dunbar, esse número varia entre 148 e 150.

A autoridade fiscal sueca, por exemplo, mantém escritórios com menos de 150 pessoas devido ao número de Dunbar. Mas, para surpresa do fisco sueco — e do resto do mundo —, esta estimativa está provavelmente errada.

Um novo estudo publicado na revista Biology Letters sugere que o número de Dunbar pode estar teórica e empiricamente incorreto.

Afinal de contas, como é que Dunbar chegou a este número mágico? O antropólogo britânico observou a razão entre o tamanho do neocórtex em primatas e o tamanho médio dos grupos que eles formam. Essas proporções foram então aplicadas a dados do cérebro humano e o valor médio de cerca de 150 relacionamentos foi determinado, explica o portal Big Think.

Um valor alternativo baseado em estudos empíricos de grupos sociais norte-americanos é muito mais alto: 291. Os investigadores calculam que, em média, cada rede social tem 231 pessoas nela.

Este valor surgiu várias vezes quando os autores do estudo analisaram as redes profissionais e sociais cultivadas por diferentes grupos de pessoas.

Neste novo estudo, os investigadores fizeram cálculos semelhantes aos de Dunbar, mas com informações atualizadas sobre o tamanho dos cérebros dos macacos e das redes sociais das pessoas.

Os autores do novo estudo também argumentam que a ideia de que processamos as informações sociais exatamente como os macacos fazem é uma afirmação ousada e amplamente infundada. Assim, os cientistas discutem a natureza frágil da teoria por trás do número de Dunbar.

O objetivo deste estudo não é substituir o número de Dunbar, mas descartar a noção de que tal número pode ser determinado.

“É a nossa esperança, embora talvez fútil, que este estudo acabe com o uso do ‘número de Dunbar’ na ciência e na media popular. O ‘número de Dunbar’ é um conceito com base teórica limitada e carente de suporte empírico”, escrevem os autores.

Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Cancelo testou positivo à covid-19 e será substituído por Dalot

Diogo Dalot vai substituir João Cancelo, que testou positivo ao novo coronavírus, nos convocados de Portugal, a dois dias da estreia no Euro 2020, informou, este domingo, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). "Diogo Dalot, internacional …

Já é possível prever quais as mulheres que poderão ter complicações graves na gravidez

Os métodos atuais para diagnosticar complicações numa gravidez não são sensíveis nem confiáveis ​​o suficiente para identificar todas as gestações de risco. Agora, cientistas descobriram uma forma de testar os níveis hormonais na placenta para …

Crianças têm dificuldade em entender emoções de pessoas com máscara

Um novo estudo mostra que crianças dos três aos cinco anos só conseguem entender as emoções escondidas por detrás das máscaras em apenas 40% das ocasiões. A equipa de investigação U-Vip (Unidade para Deficientes Visuais), liderada …

Cientistas identificam uma rara "hélice" magnética num sistema binário

De acordo com investigações que serão publicadas na revista The Astrophysical Journal, investigadores da Universidade de Notre Dame identificaram a primeira hélice magnética eclipsante num sistema estelar variável cataclísmico. O sistema estelar, conhecido como J0240, é …

Euro2020, 2º dia: Bélgica e Finlândia vencem em dia marcado pelo colapso de Eriksen

A Bélgica estreou-se hoje no Euro2020 de futebol com uma vitória expressiva sobre a Rússia (3-0), no Grupo B, num dia histórico para a Finlândia, mas manchado pelo colapso do dinamarquês Christian Eriksen, que lançou …

Bélgica 3-0 Rússia | Diabos belgas à solta em São Petersburgo

A Bélgica entrou com tudo nesta fase final do EURO 2020. Na noite deste sábado, os “diabos vermelhos” andaram à solta e silenciaram São Petersburgo. A Bélgica entrou hoje com o pé direito no Campeonato da …

Um braço robótico conseguiu ajudar um paciente a sentir o mundo

Recentemente, um implante neural permitiu que as pessoas escrevessem uma mensagem apenas com o pensamento. Agora, um novo braço robótico controlado por um implante está a criar curiosidade por conseguir enviar feedback tátil para o …

Dinamarca 0-1 Finlândia | Todos a pensar em Eriksen

A Finlândia venceu o seu encontro de estreia em fases finais de Campeonatos da Europa, num jogo em que o mais importante não foi o resultado final, mas sim a luta de Eriksen pela vida. A …

Polícia chinesa prende mais de mil suspeitos de lavagem de dinheiro com criptomoedas

As autoridades chinesas intensificaram o controlo de esquemas que envolvem criptomoedas e prenderam mais de 1.100 suspeitos de usar os ativos digitais para lavagem de fundos ilícitos. A mega operação ocorreu em 23 províncias, regiões e …

#CancelCanadaDay. População quer pôr fim ao Dia do Canadá

Uma cidade canadiana e uma "Primeira Nação" do país cancelaram formalmente o Dia do Canadá alegando que não querem continuar a homenagear a "tentativa de genocídio" contra os povos indígenas. A prefeita da cidade de Victoria, …