O material mais caro do mundo custa 135 mil milhões por quilo

ox.ac.uk

Kyriakos Porfyrakis, undador da Designer Carbon Materials, com um modelo de uma bucky-ball

Kyriakos Porfyrakis, undador da Designer Carbon Materials, com um modelo de uma bucky-ball

Se pensava que a prata, ouro, ou até mesmo a platina eram caras, espere só para saber quanto custa um único grama deste material milagroso que está a ser desenvolvido pelos cientistas para revolucionar o nosso mundo.

Actualmente, custa 135 milhões de euros por grama e é mais um material da família dos nanotubos de carbono, mas desta vez trata-se de átomos de carbono numa estrutura esférica – as chamadas bucky-balls – com um átomo de azoto no seu interior.

O buckminsterfulereno, ou bucky-ball, é um composto de carbono com fórmula C60, em que os átomos se organizam em forma de “gaiolas esféricas”, feito de vinte hexágonos e doze pentágonos.

Foi assim baptizado em homenagem ao arquitecto e inventor americano Buckminster Fuller, conhecido pelo seu design baseado em cúpulas geodésicas com estrutura semelhante à do C60. Agora, quer as moléculas de C60 quer as cúpulas do arquitecto são conhecidas como bucky-balls.

Até agora, a aplicação mais conhecida do design de uma bucky-ball é no fabrico de bolas de futebol de alta competição, que usam precisamente gomos de vinte hexágonos e doze pentágonos.

Leyo, Benjah-bmm27 / Wikimedia

Bucky-ball: esquema do arranjo dos átomo uma molécula de C60, o buckminsterfulereno

Bucky-ball: esquema do arranjo dos átomo uma molécula de C60, buckminsterfulereno

Mas as bucky-balls estão agora a ser usadas como base para o desenvolvimento de um novo material, que pode revolucionar algumas áreas da tecnologia.

O novo material, o “fulereno endoédrico“, é essencialmente uma bucky ball com átomos de azoto no interior, e está a ser criado pela Designer Carbon Materials, uma spin-off da Universidade de Oxford que se especializou no desenvolvimento de nanomateriais avançados.

O fulereno endoédrico está em desenvolvimento há mais de uma década, e irá ser usado para construir um relógio atómico em formato microscópico, que possa ser integrado em simples smartphones ou qualquer outro dispositivo.

Actualmente, um relógio atómico usa materiais que ocupam grande parte de uma sala. Com o novo material, poderemos vir a ter um relógio atómico de pulso.

Embora a perspectiva de manter o registo de tempo com ainda mais precisão pareça inconsequente, há pelo menos uma aplicação que torna essa capacidade bem aparente em termos práticos: a do posicionamento por GPS.

A posição determinada por um sistema GPS está directamente relacionada com a capacidade de se medir com precisão o tempo da chegada dos sinais dos satélites, coisa que actualmente só nos permite ter uma precisão na ordem dos 15 metros, no caso dos produtos comerciais genéricos.

Com este novo material, essa precisão permitiria criar aparelhos de GPS capazes de localizar o seu posicionamento com precisão de 1 mm.

“Imagine um relógio atómico que pode ter no pulso”, diz ao Telegraph Kyriakos Porfyrakis, director do Departamento de Nanomateriais de Carbono da Universidade de Oxford e fundador da Designer Carbon Materials.

“Esta é a próxima revolução na indústria das tecnologias móveis”, diz Porfyrakis.

“Há imensas aplicações práticas revolucionárias para este material”, diz por seu turno Lucius Cary, director do Oxford Technology SEIS, o fundo de investimento da Universidade de Oxford.

“Mas a aplicação mais óbvia é o controlo de automóveis autónomos“, afirma Cary.

Resta-nos esperar que as experiências sejam bem sucedidas e que, acima de tudo, o custo de produção deste material possa ser reduzido para níveis que permitam a sua utilização comercial em grande escala.

ZAP / Aberto até de Madrugada

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. O material mais caro é a antimatéria com um custo estimado de 25 biliões de euros por grama. Nota: 1 bilião = 10 levantado à potencia de 12 (10^12) = 1 milhão de milhões.

RESPONDER

OE. Costa promete salário mínimo de 850 euros em 2025 e aumento de pensões em janeiro

O secretário-geral do PS, António Costa, afirmou esta sexta-feira que é intenção do Governo elevar o salário mínimo aos 850 euros em 2025 e aumentar o mínimo de existência no próximo ano, isentando de IRS …

Cientistas portugueses ajudam a descobrir novo mecanismo para regeneração muscular

O músculo é conhecido por se regenerar através de um processo complexo que envolve várias etapas e depende de células-tronco. Mas uma nova pesquisa apresenta um novo mecanismo. Um novo estudo liderado por investigadores do Instituto …

Investigadores de Harvard utilizam corantes para armazenar dados

Na era digital, quase tudo é possível. Uma equipa de químicos de Harvard desenvolveu um novo sistema que utiliza misturas de sete corantes fluorescentes disponíveis comercialmente para armazenar ficheiros de dados. É comum pensarmos no armazenamento …

Uma impressão artística de um impacto gigantesco no sistema estelar HD 17255

Dois planetas envolveram-se num choque tão violento que um deles perdeu a atmosfera

Uma equipa de astrónomos encontrou provas de uma gigantesca colisão entre dois planetas num sistema planetário jovem, localizado a 95 anos-luz da Terra. A poeira à volta da jovem estrela HD 172555, de 23 milhões de …

Rorhwerk, o maior instrumento musical do mundo

Rohrwerk, uma obra de arte efémera, é a maior "fábrica do som" do mundo

Uma espécie de "pavilhão do som". Alunos da Escola Politécnica de Lausanne (EPFL), na Suíça, criaram um novo instrumento musical, o maior alguma vez construído. Com 45 metros de altura, a obra de arte imponente …

Costa já pediu desculpas às confederações patronais. "Houve um lapso"

O primeiro-ministro afirmou, esta sexta-feira, que já apresentou um pedido de desculpas às confederações patronais por o Governo ter aprovado duas medidas na área do trabalho sem antes as ter apresentado em Concertação Social. À chegada …

Luxemburgo torna-se o primeiro país da Europa a legalizar o cultivo e consumo de canábis

O Governo luxemburguês anunciou, esta sexta-feira, que o país será a primeira nação do Velho Continente a legalizar o cultivo e o consumo de canábis. De acordo com a nova legislação, explica o jornal The …

Prisão preventiva para suspeitos da morte de jovem no metro das Laranjeiras

Os quatro suspeitos da morte de um jovem, na quarta-feira, na estação de metro das Laranjeiras, em Lisboa, ficaram em prisão preventiva, depois de presentes a primeiro interrogatório judicial. Os quatro arguidos, com idades entre os …

Cristiano vs. Salah: Klopp não queria comparar mas comparou

Treinador do Liverpool não acredita que vai encontrar um adversário debilitado: "Eles são capazes de fazer coisas incríveis". É o grande jogo de futebol no Reino Unido e um dos mais aguardados em todos os países: …

Bastonário dos Médicos considera direção executiva do SNS "um disparate"

O bastonário da Ordem dos Médicos considera que a criação da direção executiva do Serviço Nacional de Saúde, proposta no Estatuto do SNS aprovado esta quinta-feira, é "um disparate" e que há estruturas que podem …