O ADN pode ser apanhado do ar

Os cientistas conseguiram, pela primeira vez, recolher ADN ambiental (eDNA) do ar. A prática, ainda nos estágios iniciais, pode revolucionar a ciência forense, a antropologia e até a medicina.

O ADN ambiental (eDNA) é um material genético depositado no meio ambiente por organismos vivos, frequentemente encontrado de modo fragmentado: cabelos, pele, urina e outros tipos de resíduos.

Neste estudo, conta o Interesting Engineering, os investigadores exploraram se o eDNA poderia ser recolhido de amostras de ar e usado para identificar espécies animais.



Os cientistas recolheram amostras de ar de uma sala que abrigava ratos-toupeira-nus e mostraram que a amostragem poderia detetar com sucesso o ADN do animal. Além disso, identificaram ADN humano nas amostras de ar.

Com algumas pesquisas adicionais, a equipa chegou à conclusão de que o material genético humano estava a afastar-se da fonte original e a espalhar-se pelo ar, seguindo várias direções no meio ambiente.

“O uso de eDNA tornou-se um tópico de interesse crescente dentro da comunidade científica, especialmente para ecologistas ou conservacionistas em busca de formas eficientes e não invasivas para monitorizar ambientes biológicos”, começou por dizer Elizabeth Clare, da Queen Mary University de Londres, em comunicado.

“Nós fornecemos a primeira evidência publicada para mostrar que o eDNA animal pode ser recolhido do ar, abrindo novas oportunidades para investigar comunidades de animais em ambientes de difícil acesso, como cavernas e tocas”, completou.

A investigadora acrescentou que a técnica pode ajudar os cientistas a entender melhor a transmissão de doenças pelo ar, como a covid-19.

“Atualmente, as diretrizes de distanciamento social são baseadas na física e estimativas, mas com esta técnica poderíamos realmente recolher amostras do ar e evidências do mundo real para apoiar essas diretrizes”, explicou Clare.

O artigo científico foi publicado no dia 31 de março na PeerJ.

Liliana Malainho Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Gangue detido por falsificar a especiaria mais cara do mundo

As autoridades espanholas detiveram um gangue que fazia milhões de euros por ano a falsificar a especiaria mais cara do mundo: o açafrão. Os 17 membros da quadrilha foram detidos na região de Castela-Mancha. Os criminosos …

Santuário medieval recebe escultura em pedra que usa máscara contra a covid-19

Uma catedral histórica do Reino Unido renovou um santuário do século XIV, acrescentando um detalhe que coloca em evidência o momento pandémico que o mundo vive. Agora, a nova escultura está a usar uma máscara …

Aos 10 anos, Adewumi chegou à elite mundial do xadrez (e fugiu ao Boko Haram)

Tanitoluwa Adewumi foi perseguido pelo Boko Haram, fugiu da Nigéria e foi sem-abrigo nos Estados Unidos. Agora, com apenas 10 anos, chegou à elite mundial do xadrez. Grande Mestre é um dos títulos vitalícios concedidos pela …

Hegemonia económica da China cada vez mais longe. Queda demográfica coloca Pequim sob pressão

O objetivo do país é tornar-se na maior potência económica do mundo nos próximos anos, mas a corrida pela hegemonia - disputada com os EUA - pode não ser uma meta fácil de alcançar. O …

Miss Universo 2021. Concorrente da Singapura usa roupa com o slogan "Stop Asian Hate"

Bernadette Belle Ong, uma concorrente do Miss Universo 2021, vestiu uma roupa com as cores de Singapura que continha as palavras Stop Asian Hate ("parem com o ódio contra os asiáticos"). Bernadette Belle Ong aproveitou o …

A Índia está a tornar quase impossível a vacinação dos sem-abrigo

A Índia está a dificultar o processo de vacinação dos sem-abrigo, uma vez que o programa requer um número de telemóvel e uma morada residencial. Muitas pessoas não têm nem um, nem outro.  Na Índia, quase …

Violência contra as mulheres é "uma pandemia", alerta ONU

Uma década após a criação da Convenção de Istambul, o marco dos tratados de direitos humanos para acabar com a violência de género, as mulheres enfrentam um ataque global aos seus direitos e segurança, alertaram …

Já se sabe qual a ocasião mais perdida do ano devido à pandemia (e há uma campanha para compensar)

Tomar um café com um amigo ou um familiar é o momento mais perdido do último ano devido à pandemia de covid-19. Nos últimos 12 meses, e em todas as cidades europeias, estima-se ter havido …

Reino Unido quer reconhecer animais como seres com sentimentos

O Governo britânico anunciou um amplo plano de defesa dos animais que inclui medidas como o reconhecimento dos animais como seres com sentimentos, a proibição da exportação de animais vivos e da importação de troféus …

PAN rejeita "via verde" para o Governo (e admite travar próximo Orçamento "se necessário")

O PAN não pretende oferecer “uma via verde para o Governo fazer o que bem entender” e admite mesmo travar o Orçamento de Estado "se for necessário". As palavras são da presidente do Grupo Parlamentar do …