Numa Galáxia não muito distante, uma estrela alberga um planeta potencialmente habitável

JPL-Caltech / Ames / NASA

A super-terra Wolf 1061 juntou-se ao pequeno grupo de exo-planetas potencialmente habitáveis

Astrónomos da Universidade de Nova Gales do Sul, na Austrália, descobriram o mais próximo exoplaneta potencialmente habitável, orbitando uma estrela a apenas 14 anos-luz de distância da Terra.

O planeta, com mais de quatro vezes a massa da Terra, é um dos três que a equipa detetou em redor de uma anã vermelha chamada Wolf 1061.

“É uma descoberta particularmente interessante porque todos os três planetas têm massa pequena o suficiente para serem potencialmente rochosos e para terem uma superfície sólida, e o planeta do meio, Wolf 1061c, está situado dentro da zona habitável da estrela, onde é possível a existência de água líquida – e, quem sabe, até vida”, explica Duncan Wright, autor principal do artigo científico que divulga a descoberta.

“É fascinante olhar para a vastidão do espaço e pensar que uma estrela tão perto de nós – um vizinho próximo – pode hospedar um planeta habitável”.

“Enquanto alguns outros planetas já foram descobertos a orbitar estrelas mais próximas de nós que Wolf 1061, esses planetas não são considerados, nem remotamente, habitáveis”, explica o investigador.

Os três planetas recém-detetados orbitam a pequena, relativamente fria e estável estrela a cada 5, 18 e 67 dias, respetivamente. As suas massas são de pelo menos 1,4, 4,3 e 5,3 vezes a da Terra, respetivamente.

O maior e mais exterior dos planetas está mesmo para lá do limite exterior da zona habitável e é também provavelmente rochoso, enquanto o planeta mais pequeno e interior está demasiado perto da estrela para ser habitável.

Wolf 1061 e os seus planetas. A zona habitável tem um tom de verde

A descoberta vai ser publicada na revista The Astrophysical Journal Letters.

A equipa da Universidade de Nova Gales do Sul usou observações de Wolf 1061 recolhidas pelo espectrógrafo HARPS acoplado ao telescópio de 3,6 metros do ESO em La Silla, no Chile.

“A nossa equipa desenvolveu uma nova técnica que melhora a análise dos dados recolhidos por este instrumento preciso e construído para caçar planetas, e estudámos mais de uma década de observações de Wolf 1061”, explica Chris Tinney, líder do grupo de Ciência Exoplanetária da mesma universidade.

“Estes três planetas aqui à nossa porta juntam-se ao pequeno, mas cada vez maior grupo de mundos rochosos potencialmente habitáveis que orbitam estrelas próximas mais frias do que o nosso Sol”.

Sabemos agora que pequenos planetas rochosos como o nosso são abundantes na Galáxia, e os sistemas multiplanetários também parecem ser comuns. No entanto, a maioria dos exoplanetas rochosos descobertos até agora estão a centenas ou milhares de anos-luz de distância.

Uma exceção é Gliese 667Cc que fica a 22 anos-luz da Terra e orbita uma anã vermelha a cada 28 dias e tem pelo menos 4,5 vezes a massa da Terra.

“A proximidade dos planetas no sistema Wolf 1061 significa há uma boa possibilidade de que estes planetas passem em frente à sua estrela. Se tal acontecer, poderá então ser possível estudar as atmosferas destes planetas no futuro para ver se são apropriados para a vida”, conclui o Rob Wittenmyer, membro da equipa.

CCVAlg

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. É assim a humanidade, tanto conhecimento disponível e tanta incapacidade para distinguir o certo do errado o mito da verdade.
    Numa esfera de 15 000 ano luz á nossa volta ainda estamos apenas no nosso braço da nossa grande galáxia,
    Não admira pois que os mitos e o mau conhecimento sejam tão comuns a ajuizar pelo conteúdo dos media em particular pelo que servem as crianças.

RESPONDER

Asteróide que passou recentemente pela Terra não estava sozinho

Astrónomos descobriram que o asteróide 2020 BX12, que passou pela Terra na semana passada, era afinal um sistema binário de asteróides. Estamos a falar do asteróide 2020 BX12, que passou a 4,3 milhões de quilómetros de distância da …

"Parasitas" vai ter uma série na HBO. E já são conhecidos dois nomes do elenco

A produção sul-coreana de Bong Joon Ho, especialmente condecorada pela Academia, merece agora uma adaptação para a televisão pelas mãos da HBO. A série televisiva de "Parasitas" foi anunciada em janeiro e a produção está encarregue …

O carregador do seu smartphone é mais potente do que o computador da Apollo 11

Não restam dúvidas de que a informática deu um passo gigante em termos de evolução nos últimos 50 anos. Agora, um engenheiro de software descobriu que até mesmo o carregador do seu smartphone é mais …

Tribunal suspende construção da Gigafactory na Alemanha

Um tribunal alemão ordenou à Tesla, este domingo, a suspensão das obras da sua fábrica "Gigafactory" por questões ambientais. Em novembro do ano passado, Elon Musk, presidente executivo da Tesla, anunciou que a Alemanha tinha sido …

Novos semáforos da Índia ficam vermelhos quando os condutores buzinam

A Polícia de Mumbai, na Índia, instalou detetores de ruído em vários semáforos de cruzamentos importantes da cidade, visando reduzir a poluição sonora. Agora, quanto mais os condutores buzinam, mais tempo a luz se mantém …

Polícia de Hong Kong procura autores de roubo de papel higiénico

Um camião que transportava papel higiénico foi, esta segunda-feira, alvo de um assalto à mão armada em Hong Kong, onde a escassez do produto motivou uma corrida ao comércio local. As autoridades informaram que um motorista …

Centeno considera gravações de Varoufakis "politicamente lamentáveis"

O presidente do Eurogrupo considerou, esta segunda-feira, a atitude do antigo ministro das Finanças grego, que gravou reuniões do fórum de ministros das Finanças da zona euro, "politicamente lamentável". "Honestamente, não tenho comentários a fazer sobre …

Elton John obrigado a interromper concerto devido a crise de pneumonia

O cantor britânico foi obrigado a interromper um concerto, na Nova Zelândia, devido a um diagnóstico de pneumonia atípica. No último domingo, o cantor britânico Elton John interrompeu um concerto no Auckland’s Mount Stadium, na Nova …

Tancos. Coronel da GNR nega pacto de silêncio

O ex-diretor de investigação criminal da GNR disse, esta segunda-feira, desconhecer qualquer pacto de silêncio com a Polícia Judiciária Militar que envolvesse a colaboração na investigação do furto das armas de Tancos. Na sessão desta segunda-feira …

Anel de curso perdido nos EUA encontrado 47 anos depois na Finlândia

Um anel de curso de um liceu nos Estados Unidos, perdido em 1973, foi agora descoberto numa floresta da Finlândia. De acordo com o The Guardian, Debra McKenna perdeu o anel de curso do marido em …