Viagens ao Espaço têm um novo perigo desconhecido para os astronautas

NASA

Há um perigo inerente às longas viagens espaciais dos astronautas desconhecido até aos dias de hoje. Um novo estudo aponta que os cosmonautas podem ver o seu fluxo sanguíneo revertido na parte superior do corpo.

A gravidade não só afeta a vida na Terra, como também a falta dela pode representar um problema para os astronautas no Espaço. Como não há gravidade para puxar o sangue para a parte inferior dos nossos corpos, a cabeça e o peito ficam mais rosados e inchados.

Além disso, um novo estudo publicado esta semana na revista científica JAMA Netw Open, aponta que a circulação sanguínea pode reverter-se na parte superior do corpo dos astronautas.

A presença durante um longo período de tempo no Espaço, de acordo com o estudo divulgado pelo Tech Explorist, pode ter influência na forma como o sangue circula em várias artérias do corpo dos cosmonautas. Este representa um problema de saúde perigoso que era desconhecido até então.

Para chegarem a esta conclusão, os investigadores trabalharam de perto com 11 astronautas da Estação Espacial Internacional. Ao fim de 50 dias de missão, sete membros da tripulação apresentaram um fluxo sanguíneo estagnado ou invertido na veia jugular interna esquerda — responsável por levar sangue ao cérebro, à cara e ao pescoço. Um dos astronautas até desenvolveu um trombo na veia durante o voo.

“Esta foi uma descoberta inesperada. Não esperávamos ver estase e fluxo invertido. Isso é muito incomum. Na Terra, suspeitar-se-ia imediatamente de uma trombose, um tumor ou algo assim”, explicou Michael B. Stenger, autor principal do estudo.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

30 COMENTÁRIOS

    • Já percebo porque é que “estas em todas”, cospes no prato que comes pelos vistos, o que seria de ti (EU) se não fosse o ZAP?
      Certamente mais um badameco qualquer, pelos menos, Graças ao ZAP, não és um badameco qualquer, já és um Sr. Badameco, daqueles que criticam o professor mas que depois, “cá fora no recreio”, passa por expert por usar o que o professor ensina 😉
      Se és tão contra o ZAP faz-te à pista 😉 o Zap, eu e tantos outros não precisamos de ti (EU) nem dos teus comentarios, o ZAP é tão serio que até permite os teus tristes e lamentaveis comentarios, chama-se altruismo, imparcialidade, transparencia e respeito pela opinião de todos…já tu, não passas sem aqui vir e tambem apesar de tanto criticares…
      E isto não é uma critica, nem tão pouco algo em que eu acredito, isto é tudo factos comprováveis 😉

      OBS – não te esqueças do que te falei sobre os teus pais 😉 Olha que …”Quando se ganha dinheiro a contar estorias, a imaginação é o limite!”… 😉

      • O Eu! empurra o país para a frente todos os dias na construção de barcos em Viana do Castelo! É um sustentáculo da economia nacional e aqui do ZAP.
        Ainda hei de ir a Viana almoçar com este gajo… desde que seja ele a pagar!

  1. Há 50 anos não havia nada disso quando os ianques foram à Lua e Marte e Júpiter. Hoje é que é tudo muito mais complicado. Ah espera as idas foram apenas encenadas em estúdio.

    • Há 50 anos não havia nada disso porque as visgens eram muito mais curtas, no tempo, e os efeitos menos acentuados.
      De resto, tem toda a razão, a Terra é plana e o Sol, esse grande servo, anda à sua volta, pois.

      • A Terra não é lá muito plana, tem umas montanhas até bastante altas e rochosas e a isto soma-se uns mares profundos. Já o Sol dizem alguns cientistas que é um calhau meio perdido.

        • A Terra é côncava e eu já o repeti imensas vezes nas minhas aulas. Quantas vezes vou ter de me repetir o mesmo? Vá deixem-me trabalhar eu tenho de dar mais uns golpes.

    • Lá está o tolinho anti-ciência a comentar em meu nome. Dizer e fazer “parvoíces” é o apanágio de quem não tem argumentos para comentar seja o que for. É bastante triste na realidade, mas todos os comentários desta pessoa de muitos nicks apontam para uma existência invejosa, preguiçosa, incapaz e infeliz.
      Cumprimentos.

        • Então Alex? Novo pseudónimo? E argumentos? Estamos a zero ainda? Estudar custa não é? Já foste ver a palavra “parvoíce” ao dicionário?
          Grande abraço e força nisso

          • Entao murcona da seita do cientismo andas sempre a mudar de alcunha oh te riala uane andas agora a dar uma de emigrante ianque? E alex e a coisa da tua prima. Carrega mais na erva murcona

            • Argumentos sólidos caro cientismo. Agora sim convenceste os leitores de que tens toda a razão, a ciência é um embuste e a tecnologia que te permite apresentar tão belos argumentos na Internet deve ter sido inventada por algum deus ou algo do género.
              Novamente, desejo-te muita força para saíres desse lugar onde te encontras. Estudar ajuda. Abraço.

            • Não tenho nada a ver com esse tal (the real one) que deve sofrer de graves perturbações mentais. O coitado ou coitada deve ser uma pessoa muito infeliz mas que se faz pelos vistos passar por vários nomes.

          • Foste apanhado. Ora és o Democracia precisa-se ora és o Enfim ora és Nuno Alves ora és o este e aquele. Não tens mesmo mais nada para fazer?

            • É de facto patético, e foi de facto apanhado, pois essa pessoa de multi-pseudónimos-para-parecerem-muitas-pessoas é pelo menos consistente nas parvoíces que diz.
              Está na hora do ZAP permitir apenas utilizadores registados a comentar para evitar parte desta trollice que aqui vai.

            • Sim o the real one foi apanhado e eu vou continuar com o meu nome independentemente de todos os nomes que esse patético the real onde possa arranjar.

  2. Há 50 anos não havia nada disso porque as visgens eram muito mais curtas, no tempo, e os efeitos menos acentuados.
    De resto, tem toda a razão, a Terra é plana e o Sol, esse grande servo, anda à sua volta, pois.

  3. Nossa como o povo é inocentel né ? o carlos disse ali, a falta de gravidade só afeta depois de um tempo? absurdo, afeta na hora é uma coisa obvia….E o cinturão de van halen? só sendo muito gado mesmo pra acreditar no homem na lua…

  4. Quanto a mim mais vale esperar que os extraterrestres venham até cá do que arriscar e ficar por lá sem nunca mais encontrar o caminho de casa que no fundo ninguém desejará perder apesar de tão mal tratada.

RESPONDER

Bomba junto a escola em Cabul, no Afeganistão, causa 25 mortos e 50 feridos

A explosão de uma bomba junto a uma escola na zona ocidental de Cabul provocou hoje pelo menos 25 mortes, muitos deles jovens estudantes, e 50 feridos, adiantou uma fonte do Governo do Afeganistão. Segundo avança …

Tamám Shud. Exumação de corpo pode resolver um estranho mistério com 70 anos

As autoridades da Austrália aprovaram uma exumação do corpo de Tamám Shud - ou "Homem de Somerton" - e, em breve, o mistério de 70 anos pode estar resolvido. Em 30 de novembro de 1948, vários …

Costa, Von der Leyen na Cimeira Social no Porto

Vacinação no bom caminho com 25% da população da UE vacina

A Comissão Europeia anunciou este sábado que 200 milhões de doses de vacinas anticovid-19 chegaram já à União Europeia (UE) e 160 milhões de europeus já receberem a primeira dose, levando a que a vacinação …

Libertados nos EUA os primeiros mosquitos geneticamente modificados

Foi a primeira vez que mosquitos geneticamente modificados foram libertados nos Estados Unidos. O objetivo é suprimir populações de mosquitos transmissores de doenças. De acordo com o site Live Science, a empresa de biotecnologia Oxitec lançou …

Descobertos os restos de nove Neandertais numa gruta em Itália

Os restos de nove Neandertais foram descobertos na Gruta de Guattari, em San Felice Circeo, na costa entre Roma e Nápoles, onde já tinham sido encontrados vestígios da presença Neandertal, anunciou este sábado o ministro …

Leis draconianas na Malásia. Fahmi Reza foi detido por insultar a rainha com playlist no Spotify

A sátira desempenha um importante papel na sociedade. Na Malásia, as leis draconianas estão a reacender o debate em torno da liberdade de expressão. Fahmi Reza, um artista gráfico e ativista social malaio, foi detido no …

António Barreto

Portugal vai ter "um problema de cor de pele" (por muitos anos e com conflitos)

O sociólogo António Barreto considera que Portugal vai "ter um problema" de "cor de pele" e "por muitos anos". Uma ideia defendida numa entrevista onde se reporta para "o que se passa em toda a …

Um laboratório vivo. Há residentes "superimunes" à covid-19 numa pequena cidade italiana

A pequena cidade de Vo, no norte de Itália, tornou-se um dos primeiros locais com um surto de covid-19 da Europa em fevereiro de 2020. Agora, os cientistas descobriram que a cidade abriga um número …

Portugal com duas mortes e 406 novos casos nas últimas 24 horas

Portugal registou hoje duas mortes atribuídas à covid-19, 406 novos casos de infeção pelo coronavírus e nova descida no número de internamentos em enfermaria e em cuidados intensivos, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo …

Portugal "tem nível de rendimentos baixíssimo". Muitos municípios que perdem população desde o final II Guerra

Portugal tem municípios que perdem população desde o final da II Guerra Mundial e dificilmente fenómenos como o teletrabalho irão alterar esta paisagem, na opinião do geógrafo Álvaro Domingues, da Universidade do Porto. Em entrevista à …