“Juneteenth”. Novo feriado americano comemora o fim da escravatura

Erik S. Lesser / EPA

Este sábado comemora-se o mais recente feriado nacional a ser instituído nos Estados Unidos da América.

É o chamado Juneteenth, um termo que funde as palavras “june” (junho) e “nineteenth” (dezanove), e representa a data em que os últimos escravos do país foram informados de que eram livres.

Quase 200 anos depois, institui-se como feriado nacional o 19 de junho, uma data que começou por ser comemorada no Texas, mas a comemoração estendeu-se entretanto a dezenas de outros estados.

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, promulgou, na quinta-feira, a lei que cria um novo feriado federal para comemorar o fim da escravatura no país.

A primeira mulher afro-descendente a chegar a vice-presidete dos Estados Unidos destacou a importância do feriado: “Ao comemorarmos a história do Juneteenth, como fizemos há algumas semanas com o massacre racial de Tulsa, devemos aprender com a nossa história e devemos ensiná-la aos nossos filhos, porque é parte da nossa história como nação”, afirmou Kamala Harris, citada pela EuroNews.

A Câmara dos Representantes aprovou o projeto de lei com 415 votos a favor e 14 contra, com o apoio dos líderes democratas e republicanos.

A Proclamação de Emancipação tinha sido emitida pelo presidente Abraham Lincoln em 1862, ao fim de mais de dois anos de guerra civil, e no ano seguinte o Congresso formalizá-la-ia na 13ª Emenda, que aboliu a escravatura.

ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

E se o mundo entrasse em colapso? Cientistas descobrem qual o país onde há maior probabilidade de sobreviver

Caso a civilização entre em colapso - uma possível consequência das alterações climáticas - os cientistas já descobriram qual o lugar do mundo onde há maior probabilidade de sobreviver: é na Nova Zelândia. Numa pesquisa, dois …

"Dança quem está na roda", responde Marcelo sobre ausência de Bolsonaro

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse este sábado que "dança quem está na roda" quando questionado pelos jornalistas sobre a ausência do homólogo brasileiro, Jair Bolsonaro, da cerimónia de reinauguração do Museu …

Todos os anos, esta cidade italiana entrega sal ao Papa em mãos

O Sal de Cervia, também conhecido como "sal do Papa", é-lhe entregue todos os anos em mãos. A tradição sofreu algumas interrupções até ter sido recuperada pelo Bispo Mario Marini, que serviu no Pontificado de …

A colisão secreta entre navios soviéticos e britânicos podia ter tido um desfecho drástico

Colisão aconteceu durante um dos períodos mais quentes da Guerra Fria e foi camuflado pela marinha britânica, que tratou de fazer regressar a sua embarcação à base de Devonport durante a noite para evitar dar …

Esta garrafa de tequila demorou seis anos para ser desenvolvida (e contém ouro)

A Clase Azul Spirits é uma empresa que comercializa tequila e está a preparar uma edição limitada para homenagear o legado artesanal do México - de onde a bebida é originária. A 2 de agosto, a …

Covid-19. Milhares de franceses protestam contra passe sanitário

Milhares de pessoas concentraram-se este sábado em Paris para protestar contra o passe sanitário — certificado de vacinação contra a covid-19 que passa a ser obrigatório para entrar em vários locais —, tendo a polícia …

"Toque de Midas" científico. Químicos transformam água purificada em metal dourado

Esta nova descoberta ajuda a entender o estado de transição da água e pode vir a ser importante no estudo de planetas como Neptuno ou Urano. Numa experiência alucinante, cientistas conseguiram transformar água purificada num metal …

Dispositivo movido a energia solar vai transformar água salgada em potável no Quénia

Transformar água do mar em água potável é um processo muito caro e poluente, mas o Climate Fund Manager e a Solar Water Solutions querem mudar isso. A nova solução revolucionária tem uma pegada de …

EUA impõem sanções contra a Polícia cubana pela “repressão” dos protestos

Os Estados Unidos impuseram novas sanções à Polícia Nacional Revolucionária cubana e a dois altos funcionários da instituição, com o Presidente Joe Biden a admitir mais medidas caso não exista uma mudança “drástica” em Cuba. Questionado …

Aumento dos custos de produção. Depois da Unilever, Nestlé anuncia que vai subir os preços

A maior produtora de comida e bebidas do mundo vai aumentar os preços. A Nestlé justifica a decisão com a subida dos custos de produção das mercadorias e dos transportes. A empresa suíça revelou na Quinta-Feira …