Novo Banco precisa de mais dinheiro e vai pedir valor recorde de mil milhões de euros

André Kosters / Lusa

O Novo Banco está a preparar mais um pedido de capital ao Fundo de Resolução, desta vez num valor superior a mil milhões de euros. A verba constitui um recorde e fica muito acima dos 850 milhões de euros que o Governo inscreveu para o efeito no Orçamento de Estado.

O reforço de capital do Novo Banco com mais de mil milhões de euros deverá ser feito em Março, segundo apurou o Jornal Económico.

Este pedido surge no âmbito do Mecanismo de Capital Contingente que ficou acordado aquando da venda de 75% do Novo Banco ao fundo norte-americano Lone Star. Assim, sempre que o banco apresente perdas com reflexos na sua estabilidade financeira, o Fundo de Resolução fica obrigado a efectuar uma injecção de capital.

A confirmar-se este cenário, subirá para 1,8 mil milhões de euros o valor das ajudas recebidas pelo Novo Banco do Mecanismo de Capital Contingente. Em 2018, o Novo Banco recebeu 791,7 milhões de euros.

No Orçamento de Estado para 2019, o Governo tem prevista uma verba máxima de 850 milhões de euros definida para este âmbito.

Em Janeiro passado, o presidente do Novo Banco, António Ramalho, tinha já admitido que a instituição ia precisar de receber mais fundos públicos, sem contudo adiantar qualquer valor.

“Estavam previstas as injecções de capital e essas injecções de capital terão lugar, criar uma expectativa errada sobre o tema é um erro, devemos ser claros”, sustentou António Ramalho à margem do Fórum Capitalizar, organizado em Lisboa pelo Jornal Económico e pelo Novo Banco.

O Novo Banco, que ficou com parte da actividade bancária do BES, resgatado em 2014, é desde Outubro de 2017 detido em 75% pelo Lone Star, sendo os restantes 25% propriedade do Fundo de Resolução bancário (entidade da esfera pública gerida pelo Banco de Portugal).

A Lone Star não pagou qualquer preço pela compra do banco, tendo acordado injectar 1.000 milhões de euros no Novo Banco, e negociando um mecanismo que prevê que, durante 8 anos, o Fundo de Resolução injecte até 3,89 mil milhões de euros por perdas que venha a registar num conjunto de activos ‘tóxicos’ e alienações de operações não estratégicas (caso ponham em causa os rácios de capital da instituição).

Em 2017, perante prejuízos recorde de 1.395,4 milhões de euros (num ano em que constituiu mais de 2.000 milhões de euros de provisões), o Novo Banco activou esse mecanismo e o Fundo de Resolução recapitalizou-o em 792 milhões de euros. O Tesouro público emprestou os restantes 430 milhões de euros.

Sobre o ano de 2018 apenas são conhecidos os resultados até Setembro, período em que teve prejuízos de 419,6 milhões de euros, que comparam com os 419,2 milhões de euros do período homólogo de 2017.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

16 COMENTÁRIOS

  1. Ainda não consegui perceber porque é que não deixaram falir a porcaria deste banco (BES)… alguém deve estar a mamar largo com estas manobras…

  2. Quem pega no dinheiro que não é seu e dá a quem o dono do dinheiro não pretende que seja beneficiário incorre no crime de “abuso de confiança”. Quero saber quando é que esses nossos governantes vão prestar contas à justiça por estarem a dizimar o dinheiro do povo, dinheiro que não é deles. Ok, vou ficar “esperando sentado”…

  3. como quem paga são os mesmos de sempre, pedir é fácil!

    enquanto isso vão brincando com os milhões que pedem a enviar a informática para a India, agora já acham que não deve ser e já está de volta para a IBM PT, enfim, nós pagamos.

  4. Então se está um fundo previsto é lógica básica que seja acionado. Eles não são tolos. O Centeno que permitiu esta pouca vergonha é que devia ser condenado.

        • Quem é que falou em Lone Star?!
          Eu falei no Novo Banco – criado pelo Gaspar /Passos/BCE (“que não iria ter custos para o contribuinte”!), que nos deixaram esta “prenda” (além do Banif, CGD, etc)…
          O Cem-tino não foi tido nem achado e, quando isto lhe chegou às mãos, já estava tudo a “arder”!…

  5. Anda toda a gente com a cabeça feita em água, por causa de um crowdfunding voluntário, que já mete ASAE, etc..
    Quando os contribuintes Sao alvo de parasitas financeiro, para montantes, de muitos dígitos, não parece haver sequer, o mesmo nível de revolta

  6. Eu não quero pagar. Fechem o banco. CHEGA. Este dinheiro que estão a pedir não é mais do que uma maneira de distribuir mais dinheiro pelos amiguinhos, pelos corruptos. Fechem a porcaria do banco. Não mais recapitualizacoes de bancos. Não têm dinhheiro encerrem como qualquer empresa. A empresa onde trabalhava fechou e não foi recapitalizadao, PORQUÊ???

  7. Deito foguetes quando algum destes gatunos que estão fartos roubar Portugal e os portugueses for abatido e ponham um cartaz: A justiça nada fez, assim está feita.

  8. O ditado diz: Quem quer dinheiro vai ao Totta. Para construir a minha casa, tive de pedir ao banco.
    Que o peçam a quem os roubou, penhorem-lhes os bens, …
    Mas que não foi o governo nem os portugueses.

RESPONDER

Bloco apoia travão ao desconfinamento na região de Lisboa

O Bloco de Esquerda apoiou o adiamento do levantamento de restrições impostas pela pandemia na região de Lisboa e Vale do Tejo, destacando que é importante aumentar a vigilância nas empresas de construção e trabalho …

Descoberto "cemitério" de mamutes nos arredores da Cidade do México

Investigadores descobriram um "cemitério" com cerca de 60 mamutes nos arredores da Cidade do México, avança o Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH) do país. De acordo com o site Live Science, a descoberta aconteceu, …

David Luiz confirma rumores. Regresso "vai acontecer se o presidente permitir e os adeptos quiserem"

David Luiz confirmou este sábado os rumores que davam conta que o Benfica e o jogador estavam a negociar um eventual regresso do brasileiro à Luz. Em entrevista ao desportivo Record, David Luiz confirmou a …

Cães treinados para proteger animais selvagens salvam 45 rinocerontes

Há inúmeras razões que explicam o motivo pelo qual os cães são conhecidos como o melhor amigo do Homem. Além de leais e inteligentes, dão sempre o corpo às balas, mesmo nos piores momentos. Quarenta e …

Fez-se história. Foguetão da SpaceX lançado com sucesso rumo à EEI

O primeiro foguetão concebido e construído por uma empresa privada, a SpaceX, de Elon Musk, levando a bordo dois astronautas foi lançado este sábado na presença do Presidente do Estados Unidos, Donald Trump. O lançamento decorreu …

"A Rússia não permitirá a privatização da Lua", avisa Roscosmos

A Rússia não permitirá a privatização da Lua, independentemente de quem avance a iniciativa, avisou o chefe da agência espacial russa (Roscosmos), Dmitri Rogozin, em entrevista ao jornal Komsomólskaya Pravda. "Não permitiremos que ninguém privatize a …

Plataforma flutuante extrai energia das ondas, do vento e do Sol

A empresa alemã Sinn Power criou uma plataforma marítima flutuante capaz de gerar energia renovável a partir de ondas, vento e energia solar. A plataforma híbrida combina turbinas eólicas, painéis solares e coletores de energia das …

Balneários proibidos e 3 metros de distância. As regras da DGS para a prática de exercício físico

A Direção-Geral da Saúde (DGS) recomenda uma distância mínima de três metros entre pessoas que pratiquem exercício físico, no âmbito das medidas de prevenção da pandemia de covid-19. A orientação, intitulada “Procedimentos de Prevenção e Controlo …

Astronautas da NASA já se preparam para voo histórico a bordo do foguetão da Space X

Dois astronautas da NASA já estão a equipar-se para o lançamento histórico de um foguetão concebido e construído pela empresa SpaceX, de Elon Musk, apesar de as previsões meteorológicas indicarem mais tempestades. Com o voo já …

Há dez anos, Portugal adotou a lei que permitiu o casamento entre pessoas do mesmo sexo

Portugal adotou há 10 anos a lei que permitiu o casamento entre pessoas do mesmo sexo, após um debate fraturante que remeteu para mais tarde a adoção de crianças por estes casais, possível apenas desde …