Novo Banco vendeu 13 mil imóveis, deu crédito e foi compensado pelo Estado pelas perdas

Na alienação de 13 mil imóveis do portefólio Viriato, realizada em 2018, o Novo Banco foi o vendedor e, ao mesmo tempo, o financiador de um fundo de investidores anónimos nas ilhas Caimão.

O Novo Banco vendeu 13 mil imóveis do portefólio Viriato a um fundo de investimento com sede nas ilhas Caimão, cuja identidade dos proprietário é desconhecida. O banco financiou o fundo de investimento na compra dos imóveis, mas este negócio gerou perdas. Estas foram compensadas pelo Fundo de Resolução, avança o Público esta terça-feira.

O fundo de investidores anónimos nas ilhas Caimão comprou milhares de casas em Portugal e Espanha, a um preço baixo, sendo que não arriscou os mais de mil milhões de dólares dos seus investidores porque a compra que fez ao Novo Banco foi garantida por um empréstimo do próprio banco vendedor.

Apesar de estarem avaliados em 631 milhões de euros, os 5.552 imóveis e 8.791 frações foram vendidos por 364 milhões.

Em março do ano passado, a Helena Roseta criticou esta operação, classificando-a de “pechincha”. A deputada defendia que, aquele preço, o imobiliário não estratégico do Novo Banco deveria ficar na posse do Estado.

O prejuízo contabilístico do negócio foi coberto pelo Fundo de Resolução que, adianta o Público, se compromete a injetar dinheiro sempre que as contas do Novo Banco fiquem ameaçadas.

O diário refere ainda que este foi o maior negócio imobiliário realizado em Portugal nos últimos anos e o segundo maior da Península Ibérica.

Recorde-se que, esta segunda-feira, a instituição liderada por António Ramalho entregou à Procuradoria-Geral da República (PGR) a documentação relativa aos grandes pacotes de vendas de imóveis. Os projetos Viriato e Sertorius foram os mais desastrosos.

O banco antecipa-se, assim, ao pedido de António Costa para que o Novo Banco fosse impedido de realizar mais alienações até que fosse divulgada a auditoria aos seus atos de gestão.

ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. O Novo Banco é mais um desastre para todos nós, que estamos a pagar os fundos de resolução e o desgoverno a injector dinheiro nosso, para depois fazerem negócios desastrosos, como está aqui dito. Acabem com esse banco de ladrões. Já….

  2. E a historia continua. Até quando vão os contribuintes PAGAR este tipo de disparates ? E não venham dizer que é o Fundo de Resolução que paga, porque no FINAL de tudo quem PAGA é o contribuinte… BANDALHOS

  3. Isto é uma vergonha a todos os níveis, e de uma desfaçatez e arrogância máximos, estamos a falar de negociatas que além de mexer e abusar diretamente do dinheiro de todos os contribuintes ainda vão causar danos colaterais ao manipular e especular o mercado imobiliário acabando por prejudicar duplamente quem compra e aluga habitação nestas cidades. Uma vergonha absoluta e que deveria ter consequências políticas sérias.

  4. Pronto aí estão eles em bicos de pés! há quantos anos andam a fechar os olhos, já não deve haver nada para sacar? Chamem a Polícia.

  5. Isto vai lindo e nem Banco de Portugal, nem governo dão por nada, só se apercebem quando o mesmo Banco nos pede mais dinheirinho e aí sim! São ouvidos e atendidos. Agora vamos ter um governador do BP que, na prática, tem andado metido no meio de toda esta tramoia, estamos tramados!

    • Hahahaaa…
      O governo do Passos e o anterior governador do BdP criam o Novo Banco (o tal banco bom, como lhe chamaram!!), mas o Centeno, que é governador BdP há dias, é que “tem andado metido no meio de toda esta tramoia”??
      Brilhante!…

  6. Para quando o fim deste cancro nacional que é a corrupção descarada que se encontra instalada?Já não hà vergonha?Basta!Isto não pode continuar…o que andam a fazer as entidades competentes?O sr salgado ainda não foi condenado porquê? Quando é que Portugal se torna um país decente e como deve ser?Se o pais é ingovernável, então chamem alguém da União Europeia para colocar ordem nesta bandalheira total, soberania qual soberania? Já não importa…o povo Português não merece isto…estes bandalhos estão a gamar os Portugueses diariamente…só nos resta rezar e esperar um milagre…

  7. Continuo fascinado com a doutrina de Bruxelas e por acréscimo Portugal em relação a uma entidade comercial com cunho e acionistas privados. Eu tenho um curso direito e como tal sou uma pessoa informada legalmente. O princípio da empresa comercial quando ch3ga a este estado so tem de chamar os acionistas, salvam a empresa ou fecham a empresa. O estado não deveria ser chamado. Isto não é uma empresa estatal e muito menos estratégica. Continuam a delapidar o dinheiro do povo com estas injecoes de dinheiro intermináveis. Quando se diz que Bruxelas aprovou ou alguns países aprovaram… quer dizer que o povo vai pagar a factura + estudos+ supervisores + mais juros + troikas = a penhora das futuras gerações. O nosso pais perdeu a independência e os nossos politicos não batem o pé a esta sangria. Isto so posso chamar de incompetência. E a ilegalidade da suposta ajuda a Portugal por Bruxelas quando veio a Troika foi completamente ilegal passar o fardo bancário e empresas de credito para o contribuinte. Simplesmente tínhamos fechado todas as empresas de crédito ou empresas estatais não estratégicas imediatamente. Temos o exemplo da Islandia…vejam a sua economia hoje e foi um exemplo de prisões que foram efectuadas.

RESPONDER

Sporting investiu forte no ataque, mas os golos escasseiam

O Sporting CP marcou apenas 49 golos esta temporada, embora tenha investido 21 milhões de euros na frente de ataque. A saída de Bruno Fernandes foi um duro golpe na capacidade goleadora. Nas últimas duas temporadas, …

Portugal é um dos cinco países da Europa onde a pandemia está a recuar

Portugal é um dos cinco países da Europa onde a pandemia está a recuar, de acordo com o mais recente relatório do Centro Europeu de Controlo e Prevenção de Doenças (ECDC) esta terça-feira divulgado. O …

Ryanair desregulou escalas dos trabalhadores que rejeitaram cortes em Portugal

A Ryanair desregulou o regime de escalas habitual à "pequena minoria" de trabalhadores que recusou os cortes da empresa na sequência da pandemia de covid-19, retirando-lhes qualquer direito a bónus, segundo documentos a que a …

Vieira quer oferecer Bruno Henrique a Jorge Jesus

Embora Jorge Jesus não tenha pedido a contratação de Bruno Henrique, o presidente benfiquista quer comprar o avançado brasileiro como prenda para o novo treinador. Luís Filipe Vieira está a estudar a contratação de Bruno Henrique, …

"Dimensão ética". Presidente do Novo Banco enviou uma carta a Marques Mendes a explicar o seu silêncio

Debaixo de fogo depois de serem reveladas as perdas avultadas relacionadas com a venda da carteira de imóveis do Novo Banco, António Ramalho enviou uma carta a Luís Marques Mendes, comentador da SIC, a explicar …

Ministério Público quer Jorge Jesus a testemunhar contra Rui Pinto

O Ministério Público (MP) quer que o treinador português Jorge Jesus testemunhe em tribunal contra o "pirata informático" Rui Pinto, que esta semana deixou a prisão domiciliária com a obrigação de se apresentar semanalmente à …

Guarda-redes do Atlético de Madrid já não escapa ao Sporting

O Sporting conseguiu, nas últimas horas, ultimar os detalhes do contrato que trará o guarda-redes espanhol António Adán para Alvalade. O jornal desportivo Record avança esta terça-feira que o contrato está a ser ultimado, adiantando que …

Dois agentes da PSP detidos em flagrante por tráfico de cocaína escondida em contentores de bananas

As autoridades portuguesas detiveram em flagrante quatro cidadãos nacionais por tráfico de droga, dois dos quais eram agentes da PSP em Faro. Fonte do gabinete de relações públicas da PSP adiantou à agência Lusa, que …

"Formiga do inferno." Descoberto fóssil preservado em âmbar com 99 milhões de anos

Uma equipa internacional de cientistas encontrou um fóssil preservado em âmbar que ilustra o exato momento em que uma formiga pré-histórica devora a sua presa. De acordo com o artigo científico, publicado recentemente na Current Biology, …

Isabel dos Santos deixa administração da operadora angolana Unitel

A empresária angolana Isabel dos Santos anunciou esta terça-feira que vai deixar o seu lugar na administração da operadora de telecomunicações Unitel. “Após 20 anos dedicados à criação, ao desenvolvimento e ao sucesso da Unitel, optei …