Nove empresas devem 45 milhões ao fisco

World Bank Photo Collection / Flickr

Nove empresas encerraram o ano de 2014 a dever, no total, mais de 45 milhões de euros às Finanças, segundo informação atualizada no último dia do ano e divulgada pela Autoridade Tributária e Aduaneira (AT).

De acordo com a lista de devedores ao fisco a 31 de dezembro de 2014, publicada na página oficial da AT, são 9 as empresas que acumulam, cada uma, dívidas às Finanças superiores a 5 milhões de euros.

Entre elas está a SAD do Boavista Futebol Clube, bem como várias empresas ligadas a sucatas, reciclagem de metais ou equipamentos eletrónicos.

No final do ano, cerca de 160 empresas, com negócios ligados à construção civil, imobiliário, informática, ou comércio de automóveis, entre outros, deviam entre um milhão e cinco milhões de euros ao fisco.

No caso dos contribuintes singulares, a AT dá conta de 188 que acabaram o ano a dever às Finanças mais de um milhão de euros cada um.

Criada em 2006, a lista pública de devedores à administração fiscal divulga os contribuintes que, “por ter terminado o prazo de pagamento voluntário sem terem cumprido as suas obrigações e, no prazo e termos legais, não tenham prestado garantia ou requerido a sua dispensa, não têm a sua situação tributária regularizada”, lê-se na página da AT.

A AT apresenta a lista separando os contribuintes singulares por seis escalões, consoante o valor da dívida que acumulam nas Finanças. O escalão mais baixo para estes contribuintes é entre os 7.500 e os 25.000 euros e o mais alto diz respeito a contribuintes que devam mas de um milhão de euros.

No caso dos contribuintes coletivos, o fisco apresenta também seis escalões, entre os 10.000 e os 50.000 euros (o mais reduzido) e de mais de cinco milhões de euros (o mais elevado).

“A lista é atualizada permanentemente com a inclusão de novos devedores que se verifique passarem a preencher os requisitos necessários ao efeito e a supressão dos devedores que, designadamente através do pagamento ou prestação de garantia, tiverem entretanto regularizado a sua situação tributária”, refere.

/Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. E pior, os vigaristas das finanças estão a mandar multas para empresas que ja fecharam exigindo dos antigos sócios o pagamento, quando SABEM MUITO BEM que quando uma empresa fecha o fisco ja não tem direito a exigir novas multas e coimas…
    Trata-se de um procedimento de extorsão que deveria ser investigado pelo ministério publico.
    Simplesmente, o Estado Português não é uma entidade honesta.

    • Ai os “sócios” é que ficaram a dever dinheiro e agora as finanças é que são vigararias?!
      Tá bonito…
      Esses sócios vigaristas e caloteiros só tem que pagar o que devem e mais nada!!
      Era só o que faltava; além de serem incompetentes, levaram os lucros e querem deixar as dívidas para os outros…
      Que paguem o que devem (a bem ou a mal)!!!

  2. EU: imagine que a empresa deixa de funcionar e deixa de ter qq atividade logo não existe qq lucro; imagine que poq qq motivo os sócios não fazem a declaração de cessação de atividade e o fisco emite liquidações oficiosas; imagine que muito para lá do prazo regulamemntar de dois anos o Fisco decide declarar a liquidação da empresa; imagine que o Fisco se “esquece” de anular as liquidações oficiosas; imagine que o Fisco resolve cobrar depois o valor das liquidações em falta ( que deviam ter sido anuladas ). Ainda acha que são os sócios que estão a dever ou será que o Fisco inventou uma receita que não tem que ver com a realidade?

RESPONDER

Pessoas que espalham ódio na Internet tendem a ser psicopatas

Os utilizadores da Internet que publicam comentários de ódio sobre outras pessoas tendem a ter traços psicopáticos. Por outro lado, os cientistas não encontraram uma correlação entre essa prática e narcisismo ou maquiavelismo. Estes utilizadores são …

Polícia britânica tingiu de negro uma lagoa azul para afastar visitantes

A Polícia britânica decidiu tingir de negro uma lagoa azul muito procurada na região de Derbyshire, visando assim afastar os visitantes e fazer com que estes cumpram o isolamento social exigido pelas autoridades para travar …

A maior cascata do Equador desapareceu repentinamente

A maior cascata do Equador, com cerca de 150 metros, desapareceu repentinamente por causa de uma dolina. Investigadores ainda não sabem se esta apareceu por causas naturais ou humanas. Em fevereiro, a cascata de San Rafael, …

Aprovada descida de 3% na eletricidade no mercado regulado

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) aprovou uma descida do preço da tarifa aplicada no mercado regulado de cinco euros por megawatt/hora (MWh). Contas feitas, trata-se de uma redução de aproximadamente 3% no total …

Turquemenistão proibiu o uso da palavra "coronavírus"

Enquanto o mundo luta para conter a propagação da pandemia de covid-19, no Turquemenistão os cidadãos podem ser presos só por dizerem a palavra "coronavírus". De acordo com a rádio NPR, que cita a organização não …

EDP oferece desconto de 20% a profissionais e organizações de saúde

Face à pandemia de covid-19, a EDP vai oferecer um desconto de 20% na fatura da eletricidade a profissionais e organizações de saúde, anunciou esta quarta-feira a empresa liderada por António Mexia em comunicado. “A …

Bill Gates deixa três recomendações para os Estados Unidos combaterem a pandemia

Num artigo publicado no jornal norte-americano Washington Post, o fundador da Microsoft, Bill Gates, deixa três recomendações para os Estados Unidos combaterem a pandemia de covid-19, que já fez 43 mil mortes em todo o …

Comissão de Trabalhadores da TAP pede nacionalização da companhia

A Comissão de Trabalhadores (CT) da TAP reforçou esta quarta-feira o apelo para que a transportadora “se torne 100% pública”, depois de a empresa ter anunciado o lay-off da maioria dos trabalhadores, segundo um comunicado. No …

"Posso ir?" Há uma app que lhe diz como estão as filas nos supermercados

A comunidade tecnológica tech4COVID19 criou uma aplicação móvel que permite aos seus utilizadores consultar as filas e as afluências aos supermercados. A app, sob o nome "Posso ir?", pretende orientar os utilizadores nas idas aos …

Conte pede à Alemanha mais solidariedade europeia. “Se somos uma União, está na hora de o provarmos”

O primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, fez esta quarta-feira um apelo solene à Alemanha para que haja mais solidariedade europeia no combate à pandemia da covid-19, que está a afetar severamente o seu país. “Se somos uma …