Nova terapia genética leva as células de cancro ao suicídio

urologysa / Flickr

Terapia de radiação para o cancro da próstata numa unidade hospitalar

Terapia de radiação para o cancro da próstata numa unidade hospitalar

Uma nova terapia genética permite modificar células de cancro de próstata para que o corpo do paciente possa atacá-las e matá-las.

A técnica descoberta por cientistas norte-americanos induz o tumor a autodestruir-se – daí o nome “terapia do gene suicida“.

A pesquisa identificou um aumento de 20% no índice de sobrevivência de pacientes com cancro de próstata após cinco anos de tratamento.

O estudo, conduzido por investigadores do Hospital Metodista de Houston, no Texas, parece mostrar que essa “terapia do gene suicida”, combinada com radioterapia, pode ser um tratamento promissor para o cancro de próstata, o sexto tipo mais comum no mundo e o mais prevalente em homens, representando cerca de 10% do total de cancros.

A técnica, cujos resultados foram detalhados num estudo publicado no Journal of Radiation Oncology, envolve a modificação genética de células cancerosas, que passam a emitir um “sinal” ao sistema imunitário para atacá-las.

Em geral, o corpo não reconhece as células cancerosas como inimigas, já que se desenvolvem a partir de células saudáveis comuns. Assim, diferentemente de uma infecção, que motiva uma reação do corpo, o sistema imunitário não reage para matar as células cancerosas.

Usando um vírus para transportar a terapia genética até o tumor, o resultado é que as células se autodestroem, alertando o sistema imunitário do paciente para lançar um ataque em massa.

Sobrevivência

Em dois grupos de 62 pacientes, um recebeu a terapia genética duas vezes e o outro grupo – todos com uma forma agressiva de cancro de próstata – foi tratado três vezes. Os dois grupos também receberam radioterapia.

As taxas de sobrevivência após cinco anos foram de 97% e 94%, respetivamente. Embora o estudo não tenha tido um grupo de controle, os investigadores dizem que os resultados mostram um avanço de 5% a 20% em relação a estudos anteriores sobre tratamentos de cancro de próstata.

Houston Methodist

Cancro da próstata avançado antes (esq.) e depois (dir.) do tratamento, quando não restam indícios da doença depois da combinação de terapia genética e radioterapia

Cancro da próstata avançado antes (esq.) e depois (dir.) do tratamento, quando não restam indícios da doença depois da combinação de terapia genética e radioterapia

As biópsias realizadas dois anos após o estudo deram negativo em 83% e 79% dos pacientes dos dois grupos.

Brian Butler, da equipa do Hospital Metodista de Houston, afirma que a descoberta poderá mudar a forma como o cancro de próstata é tratado.

“Poderemos injetar o agente diretamente no tumor e deixar o corpo matar as células cancerosas. Uma vez que o sistema imunitário tenha conhecimento das células cancerosas, se elas regressarem, o corpo saberá como matá-las.”

Nova geração

Kevin Harrington, professor de imunoterapia oncológica no Instituto de Investigação do Cancro, em Londres, disse à BBC que os resultados são “muito interessantes”, mas sublinha a necessidade de mais estudos.

“Podemos precisar de um teste aleatório para mostrar se esse tratamento é melhor do que apenas a radioterapia. Os vírus usados nesse estudo não se reproduzem. A nova geração de terapias virais pode replicar-se seletivamente em células cancerosas – algo que pode matar o cancro de forma direta – e também ajudar a espalhar o vírus para células cancerosas vizinhas”, afirmou.

Harrington considerou ainda que seria “interessante” testar o tratamento com vírus que podem se reproduzir, para verificar se os resultados podem ser ainda mais efetivos.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Estudo mostra que os golfinhos também já são resistentes aos antibióticos

Um novo estudo realizado nos Estados Unidos mostra que os golfinhos Tursiops truncatus também já mostram resistência aos antibióticos. Não é segredo que os seres humanos usam demasiados antibióticos, tanto que estamos a desenvolver uma resistência …

Indígenas famosos pela sua saúde cardíaca começaram a usar óleo de cozinha (e a engordar)

O povo Tsimane, que vive na Bolívia, tem permanecido relativamente afastado do mundo exterior durante várias gerações, prosperando da terra e praticando formas tradicionais de caça, pesca, agricultura e recolha de alimentos. Durante vários anos, sabe-se …

Mais de 150 detidos em protestos violentos em Paris. Desta vez, sem coletes amarelos

As autoridades francesas detiveram este sábado mais de 150 pessoas numa nova jornada de protestos em Paris, onde coincidiram uma manifestação dos coletes "amarelos" com outras dois em defesa do clima e contra a reforma …

UE deteta 50 a 80 casos de desinformação e fake news russas por semana

O grupo de trabalho do Serviço Europeu de Ação Externa contra a desinformação russa deteta, semanalmente, entre 50 e 80 casos, num total de mais de 6.300 situações identificadas desde 2015, que têm vindo a …

Moreirense 1-2 Benfica | Rafa abre caminho à reviravolta

O Benfica sofreu a bom sofrer para levar de vencida o Moreirense, em casa deste, por 2-1. Os homens da casa marcaram primeiro, por Luther Singh, logo no arranque do segundo tempo, e estiveram na …

Bernardo Silva faz o primeiro 'hat-trick' da carreira na maior goleada de sempre do City

O avançado português Bernardo Silva fez este sábado o primeiro ‘hat-trick’ da carreira na vitória por 8-0 do Manchester City frente ao Watford, em jogo da sexta jornada da Liga inglesa de futebol. David Silva abriu …

Centenas foram à baixa de Lisboa protestar contra exploração do lítio

Cerca de quatro centenas de manifestantes de diferentes movimentos independentes de defesa do ambiente e de proteção do património rural protestaram hoje em Lisboa, contra a concessão e exploração a céu aberto do lítio em …

Rússia vai permitir que astronautas levem armas em viagens espaciais

Os astronautas russos vão começar a levar consigo uma arma de fogo durante as suas viagens espaciais. O objetivo é poderem afastar animais selvagens quando aterrarem em áreas remotas na Terra. A Rússia começou a armar …

Hotel no Peru vai ser demolido porque destruiu muro da época Inca

A justiça peruana determinou a demolição de um hotel da rede Sheraton que estava em construção em Cusco, por ter destruído, durante as obras, muros incas de 500 anos numa região considerada Património Cultural da …

No Museu do Louvre, os guias turísticos vão ser refugiados sírios e iraquianos

O Museu do Louvre, em Paris, vai treinar refugiados sírios e iraquianos como guias turísticos para os visitantes que solicitam um tour em árabe. Para os refugiados e requerentes de asilo, é agora gratuito entrar no …