Há 5 anos que aparecem maços de notas nas ruas de uma aldeia inglesa (e ninguém sabe porquê)

Durham Constabulary / Facebook

Em Blackhall Colliery, no condado de Durham, no nordeste da Inglaterra, andam a aparecer maços de notas nas ruas desde 2014.

Os residentes de uma aldeia inglesa andam a descobrir maços de notas nas ruas desde 2014. Um mistério que, até agora, ninguém conseguiu explicar. Mas há várias teorias e uma envolve o Pai Natal!

O dinheiro tem sido encontrado em vários locais de Blackhall Colliery, no condado de Durham, no nordeste de Inglaterra, desde 2014 e sem que haja uma explicação para o fenómeno.

Às mãos das autoridades chegaram 13 maços de notas no valor de 26 mil libras (mais de 30 mil euros), mas não se sabe se os habitantes locais terão encontrado mais, guardando o dinheiro para si.

O último maço a ser entregue à polícia, a 18 de Novembro passado, continha 100 notas de 20 libras (cerca de 23 euros) e foi o quarto maço entregue à polícia neste ano, de acordo com dados do The Guardian.

O mistério tem deixado as autoridades de cabelos em pé. Já fizeram interrogatórios aos habitantes, particularmente aos funcionários do Banco local e dos Correios, e até procuraram impressões digitais nas notas, mas sem sucesso.

“O dinheiro é, quase sempre, composto por 2000 libras (cerca de 2300 euros), encontra-se sempre num maço de notas de 20 libras e é sempre deixado à vista, ainda que em diferentes lugares”, refere a polícia local no Facebook.

Mas “as circunstâncias” do aparecimento do dinheiro “continuam a ser um mistério, pelo que agradeceríamos qualquer informação que nos ajude a chegar ao fundo destes incidentes aleatórios”, aponta ao The Guardian o detective John Forster que elogia “os residentes que têm demonstrado um incrível espírito de comunidade ao entregar” os maços.

O detective quer acreditar que o fenómeno será obra de “um bom samaritano”, mas há muitas teorias sobre o mistério.

Há quem acredite que o dinheiro pode ser proveniente de um traficante de drogas local, mas alguns habitantes acreditam que é de um milionário que só quer ajudar os outros, eventualmente de um benfeitor que já tenha vivido na localidade e que, sem família, resolveu ajudar as pessoas, ou de alguém que tenha ganho a lotaria ou o euromilhões.

Também há quem ache que o caso pode ser um estratagema qualquer, com o intuito de chamar a atenção, com algum tipo de finalidade.

Para alguns é, simplesmente, um “misterioso Pai Natal de Blackhall”, como já dizem alguns residentes de uma localidade que tem vivido tempos difíceis, com um alto nível de desemprego que é três vezes superior à média nacional, segundo o The Guardian.

Em Blackhall Colliery, uma em três pessoas está classificada como “economicamente inactiva”, com muitos habitantes reformados ou de baixa prolongada por doença, frisa o mesmo jornal.

Quanto ao destino do dinheiro que tem sido entregue às autoridades, “é retido por duas semanas para dar ao dono a oportunidade de aparecer e depois devolvido a quem o descobriu”, explica a polícia de Durham.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Afinal, Irão já não vai pedir ajuda para analisar caixas negras do avião

O Irão recuou na intenção de enviar para análise as gravações da caixa negra do avião ucraniano, que abateu acidentalmente na semana passada, para que sejam sujeitas a análises adicionais, revelou a agência noticiosa iraniana. Citado …

Bruno Fialho sucede a Marinho e Pinto na liderança do PDR

Bruno Fialho é o novo presidente do Partido Democrático Republicano (PDR), ao obter 75% dos votos na eleição deste sábado para escolher o sucessor de António Marinho e Pinto, que anunciou o abandono do cargo …

Legislador russo culpa "arma climática" dos EUA pelo inverno quente de Moscovo

Alexei Zhuravlyov, membro da câmara baixa do Parlamento da Rússia (Duma), culpou uma alegada "arma climática" secreta dos Estados Unidos pelas anómalas temperaturas que se fizeram sentir este inverno em Moscovo.  Em declarações à estação de …

Nova espécie de louva-a-deus empala as suas presas como se fossem fondue

O Carrikerella simpira, uma nova espécie de louva-a-deus, caça as suas presas perfurando-as de um lado ao outro com as suas patas em forma de tridente. Cientistas descobriram uma nova espécie de louva-a-deus com uma característica …

Astrónomos descobrem que o fósforo foi gerado na formação de estrelas

Astrónomos descobriram que o fósforo, elemento químico essencial à vida, se constituiu durante a formação de estrelas e sugerem que chegou à Terra através de cometas. Uma equipa de astrónomos detetou monóxido de fósforo na região …

Nova máquina repara e mantém fígados vivos fora do corpo humano durante uma semana

Um novo sistema consegue manter um fígado humano vivo fora do corpo durante sete dias, período no qual o órgão danificado pode ser reparado e preparado para o transplante. As tecnologias convencionais conseguem sustentar um fígado …

Rui Rio vence segunda volta. Líder reeleito quer "estabilidade, lealdade e unidade"

O presidente social-democrata, Rui Rio, afirmou hoje que espera poder “trabalhar com estabilidade e lealdade”, recusou que o PSD esteja “partido” e vincou estar “a iniciar o momento para marcar a unidade” no partido. O líder …

Gatos não se importam de comer pessoas mortas (e há um estudo que mostra como o fazem)

Uma nova investigação analisou como é que dois gatos selvagens se alimentaram de cadáveres humanos. Os animais mostraram preferência por corpos específicos ao longo de vários dias. No Forensic Investigation Research Station, no estado norte-americano do …

"Árvores dinossauro". Bombeiros australianos conseguiram salvar floresta pré-histórica

Os bombeiros australianos conseguiram salvar dos incêndios uma floresta com árvores pré-históricas localizada no sudeste do país, anunciou o Governo. Em causa estão árvores da espécie Wollemia nobilis, vulgarmente conhecidas como Pinheiro de Wollemi, que se …

Príncipe Harry e Meghan renunciam aos títulos da realeza

O Palácio de Buckingham anunciou, este sábado, um acordo em que o príncipe Harry e a sua mulher renunciaram aos respetivos títulos, abandonando os deveres enquanto membros seniores da família real do Reino Unido e …