Ondas gravitacionais de Einstein deram Nobel da Física a três cientistas

Shawn Thew / EPA

Rainer Weiss (à esquerda) e Kip Thorne (à direita), dois dos vencedores do Prémio Nobel da Física 2017 pelas descobertas sobre ondas gravitacionais

O prémio Nobel da Física 2017 foi atribuído a três cientistas por descobertas sobre ondas gravitacionais, ondulações do espaço-tempo, antecipadas há um século por Albert Einstein na sua Teoria da Relatividade Geral.

Os astrofísicos norte-americanos Rainer Weiss, Kip Thorne e Barry Barish partilham o Prémio Nobel da Física pelos seus contributos decisivos para a observação de ondas gravitacionais, que abrem uma nova janela para o conhecimento do universo.

Os três cientistas são responsáveis pelo Observatório de Interferometria Laser de Ondas Gravitacionais (LIGO, na sigla inglesa), que tem como principal missão observar ondas gravitacionais de origem cósmica.

O júri do Prémio Nobel destacou os seus “contributos decisivos” para a observação de ondas gravitacionais, que são considerados um avanço fundamental na investigação que vem confirmar o que antecipou Albert Einstein na sua Teoria da Relatividade Geral.

Os três cientistas foram fundamentais para a primeira observação de ondas gravitacionais em setembro de 2015. Quando a descoberta foi anunciada vários meses depois, foi considerada uma descoberta que abalou o mundo científico.

As ondas gravitacionais são ondulações extremamente fracas no tecido do espaço e do tempo, geradas por alguns dos eventos mais violentos do universo. As ondas foram detetadas pelos laureados na sequência de uma colisão de dois buracos negros a cerca de 1,3 mil milhões de anos-luz de distância.

Rainer Weiss recebe metade do montante do Prémio Nobel, no valor total de quase um milhão de euros, e Thorne e Barish dividirão a outra metade.

Os três físicos tinham sido este ano distinguidos com o Prémio Princesa das Astúrias para a Investigação Científica e Técnica.

Rainer Weiss, que nasceu em Berlim, Alemanha, trabalha no MIT – Instituto Tecnológico de Massachusetts, enquanto Barry Barish e Kip Thorpe, ambos nascidos nos EUA, trabalham no Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech).

No ano passado, o Nobel da Física distinguiu os britânicos David Thouless, Duncan Haldane e Michael Kosterlitz “pelas descobertas teóricas das transições das fases topológicas da matéria”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Não acredito na existência de ondas gravitacionais. Tem de ser fluxos de partículas subatómicas ultra leves. Ondulações subtis no tecido espacial? O espaço alberga matéria, não é uma entidade material; logo, não tem ondulações, distorções, alongamentos ou contrações. É apenas o teatro de operações onde se movimenta toda a matéria. O tecido espacial é uma invenção de Einstein, não é uma certeza absoluta. A gravidade ainda não se fundiu com a teoria padrão porque se insiste que a gravidade é apenas curvatura espacial. O gravitão há de ser descoberto e então a unificação das quatro forças fundamentais ocorrerá com naturalidade. Para isso é necessário desenvolver uma teoria unificadora das quatro forças. Tenho a sensação que os físicos teóricos, astrofísicos e astrónomos, são um bocadinho obcecados pela teoria da relatividade.

RESPONDER

Mais nove mortes e 328 casos confirmados em Portugal

Portugal regista hoje mais nove óbitos por covid-19, em relação a sábado, e mais 328 casos de infeção confirmados, dos quais 254 na região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo os dados da Direção-Geral …

Cientistas criam miniatura de ondas de choque de supernovas (e quase desvendam um mistério)

Esta versão em miniatura das ondas de choque das supernovas pode ter ajudado os cientistas a chegar muito perto da resolução de um antigo mistério cósmico. Uma equipa de investigadores do Departamento de Energia do Centro …

Na Indonésia, são os recém-licenciados quem mais vai sofrer com o impacto económico da covid-19

A covid-19 continua a desacelerar a economia na Indonésia e pode causar graves impactos nos recém-licenciados que entram no mercado de trabalho pela primeira vez. Na Indonésia, o crescimento económico diminuiu para 2,97% durante o primeiro …

Mudanças climáticas ameaçam 60% das espécies de peixes do mundo

Uma nova investigação levada a cabo por cientistas do Instituto Alfred Wegener, na Alemanha, sugere que as mudanças climáticas podem destruir mais espécies de peixes do que se pensavam anteriormente. Se as temperaturas globais subirem …

Engenheiros desenvolvem célula de combustível duas vezes mais eficiente do que a de hidrogénio

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, desenvolveu um novo processo para uma célula de combustível que funciona com o dobro da tensão das células a combustível tradicionais de hidrogénio. O novo …

Preços das bebidas concertados durante anos. Seis supermercados sob suspeita de cartel

Seis grupos de distribuição alimentar e dois fornecedores de sumos, vinhos e outras bebidas, foram acusados pela Autoridade da Concorrência de concertarem preços durante vários anos em prejuízo do consumidor. "Após investigação, a Autoridade da Concorrência, …

Sindicato denuncia mobilização forçada de médicos para tratar surto de Reguengos de Monsaraz

O Sindicado dos Médicos da Zona Sul (SMZS) denunciou hoje o que diz ser uma “mobilização forçada de médicos” pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo para o combate ao surto de covid-19 de …

Novo comboio-bala entra ao serviço na linha Tóquio-Osaka

O mais novo modelo de comboio-bala do Japão - o N700S - entrou ao serviço no dia 1 de julho, numa jornada inaugural de Tóquio a Osaka. A série N700S (sendo que o "S" significa "Supreme") …

Kanye West anuncia candidatura à Presidência dos EUA

O músico norte-americano Kanye West anunciou este sábado, Dia da Independência dos Estados Unidos, a sua candidatura à Casa Branca, depois de ter apoiado anteriormente o atual Presidente e candidato à reeleição, Donald Trump. "Agora devemos …

Vídeo revela, pela primeira vez, como é que o cérebro se livra dos neurónios mortos

Uma equipa de cientistas conseguiu usar, pela primeira vez, uma técnica que "mata" uma célula cerebral isolada e permite observar o processo de limpeza do sistema nervoso em tempo real. A equipa de investigadores conseguiu registar …