Neuralink divulga vídeo de macaco a jogar videojogo com a mente

A Neuralink, empresa de implantes cerebrais de Elon Musk, divulgou na quinta-feira um vídeo que mostra a tecnologia a funcionar em macacos.

No vídeo, um cientista da Neuralink explica a forma como a empresa implantou um chip no cérebro de um macaco, capturou os padrões de neurónios a disparar enquanto jogava um videojogo e, em seguida, permitiu que o macaco jogasse “mind pong”, controlando o jogo apenas com o cérebro.

“Para controlar, Paige simplesmente pensa em mover a mão para cima ou para baixo”, ouve-se o narrador do vídeo a dizer, enquanto o macaco joga.

“Tem um Neuralink colocado em cada lado do cérebro há cerca de seis semanas. Se olhar com atenção, ainda consegue ver que o pêlo da cabeça não cresceu novamente”, explica o narrador, citado pela Vice. “Os Neuralinks registam mais de 2.000 elétrodos implantados nas regiões do córtex motor de Paige que coordenam os movimentos da mão e do braço.”

De acordo com o vídeo, os investigadores calibraram os movimentos de Paige, gravando a sua atividade neural enquanto brincava com um joystick. Depois, conseguiu jogar o jogo “inteiramente com atividade neural descodificada”.



“O nosso objetivo é permitir que uma pessoa com paralisia use um computador ou telefone apenas com a sua atividade cerebral”, disse o narrador. “Como não seriam capazes de usar um joystick, moveriam o descodificador imaginando os movimentos das mãos.”

Esta não é a primeira vez que a Neuralink coloca chips nos cérebros de animais. Em agosto, o chip de um computador da empresa foi inserido no cérebro de um porco e usado para transmitir a atividade neural do animal em tempo real.

A Neuralink nasceu em 2016 como uma empresa de investigação médica na Califórnia e, entretanto, já angariou mais de 150 milhões de investidores, cerca de 100 milhões diretamente de Musk, e pretende, no futuro, oferecer melhorias cibernéticas às pessoas.

Em 2019, Musk disse que a empresa estava a trabalhar num dispositivo “semelhante a uma máquina de costura” que forneceria uma ligação direta entre um computador e um chip inserido no cérebro.

O dispositivo assemelha-se a uma moeda com fios extremamente finos a sair de um dos lados e foi projetado para ser implantado no crânio, com os fios inseridos alguns milímetros na superfície do cérebro. Esses fios podem detetar quando os neurónios estão a disparar ou mesmo emitir os seus próprios sinais elétricos, para fazer os neurónios disparar.

A esperança é que estes pequenos dispositivos consigam ler e escrever sinais de neurónios, ajudando a tratar problemas médicos com origem no cérebro e na coluna e, talvez, permitir que humanos integrem computadores nos seus cérebros num futuro distante.

No Twitter, Elon Musk disse que espera começar os testes em humanos ainda este ano.

Maria Campos, ZAP //

 

 

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Atlético 0-0 Porto | Dragão não treme no teste de Madrid

MINUTO 79. Renan Lodi e Kondogbia desentenderam-se, Taremi aproveitou, tirou Oblak do caminho e marcou. Porém, a festa nortenha durou poucos segundos. Após auxílio do VAR, o juiz Ovidiu Haţegan anulou o “tento”. Já no período …

Sporting 1-5 Ajax | Poker de Haller chama leão à realidade

O Sporting regressou à Liga dos Campeões da pior maneira. Na recepção ao Ajax, os comandados de Rúben Amorim foram goleados por 5-1, numa partida em que abriram uma autêntica auto-estrada no flanco esquerdo para …

Quintino Aires afastado de programa da TVI depois de comentários homofóbicos

Em causa estão comentários feitos sobre o concorrente Bruno d'Almeida, que levou ao parlamento uma proposta para se acabar com a discriminação aos homossexuais na doação de sangue. O psicólogo Quintino Aires foi afastado do …

Nunca houve tão poucos médicos especialistas em exclusividade no SNS. São menos de 5000

O SNS perdeu 1284 médicos em regime de exclusividade nos últimos cinco anos. Nunca houve tão poucos especialistas a trabalhar de forma exclusiva no Serviço Nacional de Saúde. Segundo avança o jornal Público, nunca houve tão …

Já pode comprar ações de obras de arte como se fosse a bolsa de valores

Já é possível comprar ações de obras de arte como se da bolsa de valores se tratasse. A plataforma Masterworks está a tentar trazer a arte das elites para todos. No outono de 2018, uma obra …

"Vamos lutar até aos portões do inferno". Plano de vacina obrigatória de Biden suscita críticas e processos

O anúncio do plano de vacinação Joe Biden suscitou aplausos do lado Democrata, mas muitas críticas de governadores Republicanos, que estão a processar a administração norte-americana. Ainda não passou uma semana desde o anúncio, mas o …

Constitucional contra saída "desprestigiante" de Lisboa. PS critica eleitoralismo da proposta do PSD

O Tribunal Constitucional caracterizou como "desprestigiante" a saída de Lisboa para Coimbra proposta pelo PSD, o que motivou críticas. A decisão final só vai ser conhecida depois das autárquicas. Em causa está o projecto de lei …

Hospital de Nova Iorque deixa de realizar partos face à demissão do pessoal médico que recusa vacinar-se

Antes de sair de cena Andrew Cuomo emitiu um mandato que visava estabelecer a vacinação obrigatória entre profissionais de saúde do estado de Nova Iorque. Um pequeno hospital do condado de Lewis, no estado de Nova …

"Foi um grande erro". Morte de 1400 golfinhos num dia nas Ilhas Faroé criticada até por adeptos da caça

Quase 1500 golfinhos foram mortos no domingo na caça tradicional das Ilhas Faroé, o que motivou críticas até entre os defensores do ritual. Activistas que defendem o fim da caça afirmam que este foi o …

Teorias da 'Síndrome de Havana' "violam as leis da física", dizem cientistas cubanos

Cuba divulgou um relatório, o mais detalhado até à data, no qual cientistas locais criticam as alegações de que diplomatas norte-americanos e canadianos foram submetidos a ataques misteriosos quando estavam destacados no país. O relatório, desenvolvido …