Netflix tem uma nova funcionalidade. Os cegos e os surdos agradecem

A nova funcionalidade da Netflix permite alterar a velocidade de reprodução dos seus filmes e séries. Esta é uma novidade bem recebida por espetadores cegos e surdos.

A Netflix tem uma nova funcionalidade que permite que os clientes alterem a velocidade de reprodução dos filmes e séries do serviço de streaming. Enquanto para alguns pode roçar a inutilidade, para os amantes da sétima arte cegos ou surdos é um grande favor.

Ser capaz de reproduzir filmes e séries mais devagar (a metade da velocidade ou na velocidade de 0,75) ou mais rápido (na velocidade de 1,25 ou 1,5) é uma vantagem para os espetadores cegos e surdos.

De acordo com a NPR, para aqueles que são cegos, a vantagem alia-se a uma outra funcionalidade chamada “descrição áudio”, normalmente apenas disponível em inglês.

“Basicamente, quando não há diálogo entre os atores, um narrador surge e descreve o que está a acontecer na cena e o que está acontecer na série, para que se perceba”, diz Everette Bacon, membro do conselho da Federação Nacional dos Cegos dos EUA.

A Netlfix introduziu esta funcionalidade apenas em 2015, estreando-a em “Daredevil”, uma série sobre um super-herói cego. O contexto não poderia ser mais apropriado.

Os cegos, mais do que as outras pessoas, conseguem entender palavras faladas a taxas muito mais rápidas. Como tal, a velocidade normal dos programas da Netflix pode parecer demasiado lenta para os espetadores cegos.

Para os surdos, o cenário é invertido. Idealmente, alguns espetadores surdos preferem ter mais tempo para ler as legendas e compreender melhor o filme ou série. A opção “cria mais acessibilidade, inclusive para surdos e deficientes auditivos”, disse o CEO da Associação Nacional de Surdos, Howard A. Rosenblum, à NPR.

Para já, esta funcionalidade só estará disponível em Android, com a Netflix a testá-la em iOS e na versão de website.

O realizador Judd Apatow é um dos elementos da indústria cinematográfica que se opõe a esta nova funcionalidade, argumentando que pode comprometer a visão da criativa do criador.

“Os distribuidores não podem mudar a forma como o conteúdo é apresentado”, escreveu na rede social Twitter.

Bacon discorda e justifica a sua opinião: “Há tanta informação que eles colocaram no seu conteúdo que a audiodescrição permite-me, como um indivíduo cego, compreender e observar”.

“E ter esse recurso de velocidade, só me permite entender e compreender melhor o que eles estavam a tentar retratar na sua criação. Adoro muito o trabalho de Judd Apatow e acho que se ele me perceber como um indivíduo cego e como eu consumo conteúdo, ele aplaudiria este novo recurso da Netflix”, acrescentou.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Os sinais de vida em Marte podem ter sido "apagados" por ácidos

Fluidos ácidos podem ter destruído há muito as evidências de vida biológica passada dentro da argila marciana - possivelmente explicando, assim, por que é tão difícil encontrar evidências de vida antiga no Planeta Vermelho. Em pouco …

Faca feita de fezes entre os vencedores deste ano dos prémios Ig Nobel

Uma faca feita com fezes congeladas e um jacaré a arrotar são alguns dos vencedores dos prémis Ig Nobel, que distinguem as invenções mais incomuns. Os prémios Ig Nobel – uma paródia dos prémios atribuídos pelas …

O hemisfério norte teve o verão mais quente de que há registo (e isso é um sinal de alerta para a Terra)

O hemisfério teve em 2020 o verão mais quente de que há registo. No geral, o Planeta Terra teve três dos meses mais quentes, e o mês de agosto foi o segundo mais quente que …

Há uma nova explicação para o naufrágio do Titanic: Uma fantástica Aurora Boreal

Todos conhecemos a história do Titanic. Também todos sabemos que o seu naufrágio aconteceu após o grande navio ter embatido num iceberg. Contudo, um investigador americano põe novas hipóteses em cima da mesa. E se …

Famalicão 1-5 Benfica | "Águia" faminta com nota artística

Após a desilusão de Salónica, que ditou um adeus precoce dos milhões da fase de grupos da Liga dos Campeões, o Benfica goleou na noite desta sexta-feira o Famalicão por 5-1, numa espécie de redenção. Neste …

O anonimato de Banksy teve um custo. Perdeu os direitos sobre uma das suas obras mais icónicas

O famoso artista de rua britânico Banksy perdeu uma longa batalha judicial pelos direitos autorais da obra "The Flower Thrower", contra a Full Colour Black, empresa que produz postais de felicitações. Banksy, o misterioso artista que, …

Reino Unido e Espanha aumentam restrições. Itália e Alemanha com quase dois mil casos

Madrid restringe movimentos de 850 mil pessoas, Itália regista um aumento dos casos de infeção nas últimas 24 horas, britânicos enfrentam novas restrições no país e Alemanha com dois mil novos casos de covid-19. A região …

Trump novamente acusado de assédio sexual. "Enfiou a língua na minha garganta", disse Amy Doris

O Presidente dos EUA, Donald Trump, foi acusado esta quinta-feira de agressão sexual por uma ex-modelo, num episódio que alegadamente terá ocorrido num torneio de ténis, em 1997. A ex-modelo Amy Dorris relatou ao jornal britânico …

Ventura pondera suspender mandato para se dedicar à campanha presidencial

O presidente do Chega afirmou hoje que o seu partido "está a analisar" no plano jurídico a questão da suspensão temporária do seu mandato de deputado para se dedicar às campanhas dos Açores e presidenciais. Em …

Schumacher está em estado vegetativo e dificilmente recupera, avisa neurologista

Um neurologista ouvido num documentário da RMC Sport diz que o ex-piloto de Fórmula 1 Michael Schumacher está em estado vegetativo e dificilmente recuperará. Já passaram quase sete anos desde que Michael Schumacher sofreu um acidente …