Nepotismo e “filé mignon”. Bolsonaro admite beneficiar filho para cargo diplomático

O presidente brasileiro admitiu, na quinta-feira, que “pretende beneficiar” o terceiro filho, o deputado Eduardo Bolsonaro, indicado para embaixador nos Estados Unidos, mas garantiu tratar-se apenas de uma estratégia de política externa.

“Pretendo beneficiar um filho meu, sim. Pretendo, está certo. Se puder dar um filé mignon ao meu filho, eu dou. Mas não tem nada a ver com filé mignon essa história aí. É aprofundar um relacionamento com um país que é a maior potência económica e militar do mundo”, reconheceu Jair Bolsonaro, numa transmissão em direto na rede social Facebook.

– LIVE SEMANAL 18 DE JULHO DE 2019:

Publicado por Jair Messias Bolsonaro em Quinta-feira, 18 de julho de 2019

O chefe de Estado brasileiro rebateu as críticas de que tem sido alvo por nomear o filho para o cargo de embaixador, acrescentando que podia nomear Eduardo Bolsonaro como ministro das Relações Exteriores e enviar o atual detentor da pasta, Ernesto Araújo, para a embaixada em Washington.

“Se eu quiser, mas jamais farei isso, chamo o Ernesto Araújo, e digo para ele ir para Washington, para eu colocar o Eduardo no Ministério da Relações Exteriores”, afirmou.

Bolsonaro reforçou ainda que a indicação do filho “não é nepotismo” e deixou uma mensagem para os eleitores que se incomodaram com a iniciativa.

Pretendo encaminhá-lo, sim. Quem diz que não vai votar mais em mim, paciência. (…) Em algumas coisas, vou desagradar-vos”, alertou.

Na quinta-feira, durante uma cerimónia alusiva aos 200 dias do seu Governo, em Brasília, Bolsonaro afirmou que o trabalho de um embaixador é ser um “cartão de visitas”, defendendo a nomeação do terceiro filho, Eduardo Bolsonaro, para o cargo de embaixador do Brasil em Washington.

“O trabalho de quem é embaixador, um dos mais importantes, é ser cartão de visitas. (…) Imaginem se o Macri [Mauricio Macri, presidente da Argentina] tivesse um filho embaixador aqui. Ele telefonava para mim. Eu atenderia agora ou pediria ao ajudante de ordem para marcar uma data futura? Atenderia agora”, argumentou.

A possibilidade de Eduardo Bolsonaro ser indicado como novo embaixador nos Estados Unidos, país com o qual o Brasil fortaleceu os laços quando Jair Bolsonaro tomou posse como Presidente, tornou-se pública na semana passada e tem gerado grande polémica.

Opositores acusaram o chefe de Estado brasileiro de usar o cargo para favorecer o filho de forma ilegal.

A representação do Brasil em Washington não tem embaixador desde abril passado, quando o diplomata Sergio Amaral, no cargo desde 2016, foi transferido para um escritório em São Paulo.

Na ocasião, Bolsonaro disse que havia solicitado a mudança de embaixadores em 15 países devido à má imagem do Brasil no exterior e por alguns dos atuais diplomatas brasileiros não defenderem o atual presidente quando é apresentado fora do Brasil como um ditador, racista e homofóbico.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Físicos explicam por que as mudanças do campo magnético da Terra são mais fracas no Pacífico

Uma nova investigação levada a cabo por físicos da Universidade de Alberta, no Canadá, apresenta uma explicação para o facto de as mudanças no campo magnético da Terra serem mais fracas na região do Pacífico. …

Chovem diamantes no interior de Neptuno e Urano (e já se sabe porquê)

Podem estar a chover diamantes dentro dos corações de Neptuno e Urano. Agora, os cientistas descobriram novas evidências experimentais que mostram como é que isso poderia ser possível. Neptuno e Urano são os planetas mais mal …

Descobertas duas super-Terras na zona habitável de uma das estrelas mais próximas do Sistema Solar

Uma equipa internacional de cientistas encontrou duas super-Terras a orbitar uma das estrelas mais próximas do Sistema Solar. Conduzida pela Universidade de Göttingen, na Alemanha, a equipa de especialistas localizou um sistema formado por pelo …

Sporting 2-1 Gil Vicente | Leão de Plata só sabe vencer

O Sporting cumpriu na recepção ao Gil Vicente, no fecho da 29ª jornada da Liga NOS, e venceu por 2-1, num jogo que pareceu sempre controlado, mas que terminou com emoção. Os “leões” dominaram por completo …

Leões marinhos decapitados estão a dar à costa no Canadá (e ninguém sabe porquê)

Os corpos decapitados de pelo menos cinco leões-marinhos encontrados nas costas de Vancouver, no Canadá, nos últimos meses sugerem que pode haver um serial killer de mamíferos marinhos à solta. O LiveScience relata que pelo menos …

Este japonês é a única pessoa no mundo a ter um mestrado em Estudos Ninja

Um homem japonês tornou-se a primeira pessoa no mundo a ter um mestrado em Estudos Ninja depois de concluir um curso de pós-graduação que envolvia a aprendizagem de artes marciais básicas e escalada de montanhas. De …

Cátio Baldé acusado de comprar vistos para jogadores do Benfica

Cátio Baldé está a ser acusado de corrupção passiva por ter pagado a um funcionário da embaixada portuguesa em Bissau para conseguir vistos para jogadores do Benfica. O empresário admite o crime, mas nega o …

Ex-polícia admite ser "Assassino de Golden State" e declara-se culpado de 13 homicídios

O ex-polícia norte-americano Joseph DeAngelo declarou-se, esta segunda-feira, culpado de 13 homicídios. Mais conhecido como o "Assassino de Golden State", DeAngelo foi preso em 2018, após 40 anos de investigação. A identificação do criminoso apenas foi …

Infarmed garante ter stock de remdesivir, apesar da compra massiva dos EUA

Depois da notícia de que os EUA compraram à empresa Gilead Sciences praticamente toda a reserva para três meses do medicamento remdesivir, o primeiro aprovado no país no tratamento de covid-19, o Infarmed garante que …

Orfão, capturado e apresentado à rainha. A história da mais antiga fotografia de um indígena da Nova Zelândia

Um daguerreótipo - primeiro processo fotográfico do mundo - mantido na Biblioteca Nacional da Austrália é o mais antigo retrato fotográfico conhecido de um indígena maori da Nova Zelândia. Na imagem antiga, um adolescente aparece vestido …