Já há provas: Homem de Neandertal ocupou Vale do Côa antes do Homo sapiens sapiens

Uma equipa multidisciplinar colocou a descoberto, no Vale do Côa, provas que mostram “com clareza” que o homem de Neandertal ocupou de forma continuada aquele território antes da chegada do Homo sapiens sapiens.

“A presença continuada do homem de Neandertal, em acampamento ao ar livre, no Vale do Côa, ficou comprovada com este registo arqueológico, composto para sondagens arqueológicas, o que torna este sítio único na Europa”, disse esta segunda-feira à Lusa o arqueólogo Thierry Aubry, um dos especialistas da Fundação Côa Parque envolvidos na investigação.

Depois de se percorrer cerca de 25 quilómetros por estradas sinuosas, chega-se ao sítio arqueológico do Salto do Boi/Cardina, nas proximidades da aldeia de Chãs, onde foi descoberta, através de um conjunto de sondagens, esta “novidade para a arqueologia“.

Para os investigadores, ao longo das várias camadas evidenciadas nas sondagens arqueológicas feitas no lugar do Salto do Boi/Cardina, é possível perceber que o homem de Neandertal e o Homo sapiens sapiens ocuparam o mesmo sítio durante milhares de anos, de forma contínua, o que permite comparar o seu modo de vida e dar um contexto à arte rupestre do Côa.

No lugar do Salto do Boi, com o rio Côa a seus pés, arqueólogos e outros técnicos escavaram ao longo dos últimos dois meses mais de cinco de metros em profundidade, para chegar à conclusão de que parte dos vestígios encontrados pertence à época da ocupação dos Neandertais, 350.000 a 35.000 a.C..

“Até agora, sabíamos que os últimos Neandertais ocuparam o Vale do Côa no período entre 60.000 e 35.000 a.C.. No entanto, no fim desta última campanha ultrapassamos aos cinco metros de profundidade onde foram encontrados vestígios de ocupações mais antigas e sucessivas dos sítios pelos Neandertais”, vincou o arqueólogo.

Segundo Thierry Aubry, no interior da Península Ibérica há pouco sítios arqueológicos datados do Paleolítico Médio, e o que se conhece são ocupações únicas e não continuadas.

“Neste lugar, temos dezenas de níveis que mostram uma ocupação contínua dos caçadores-recolectores do Côa que conseguimos demonstrar com o estudo do material recolhido. É possível descodificar a transição entre os últimos Neandertais e os primeiros homens modernos, os artistas do Vale do Côa, que ocuparam a Península Ibérica”, enfatizou o arqueólogo.

Neste momento, segundo o arqueólogo, há “dados arqueológicos que vão permitir estabelecer que os artistas do Côa chegam a este lugar, após uma longa tradição de ocupação humana com mais de 90 mil anos no sítio do Salto do Boi/Cardina”.

“Nestas escavações, a ideia não era a de encontrar peças bonitas, mas sim informação que nos permitisse perceber como as pessoas viviam, o que faziam, por onde passaram ou o efetivo do grupo nestas paragens”, indicam os investigadores envolvidos nos estudos arqueológicos do Vale do Côa.

Agora, o desafio que se coloca aos investigadores é perceber o porquê de os Neandertais e os seus descendentes escolherem o território do Côa para perpetuar a sua arte rupestre e continuar as escavações de forma mais abrangente.

O núcleo duro desta equipa de investigadores é composto pelos quadros da Fundação Côa Parque, aos quais se juntam elementos de diversas universidades. O projeto de escavações no sítio do Salto do Boi/Cardina conta com o financiamento da Fundação para a Ciência e Tecnologia e a cooperação das universidades de Coimbra, Barcelona e Lisboa.

PARTILHAR

RESPONDER

A Segurança Social tem nova App que permite consultar valor e data de pagamento de prestações

A Segurança Social tem uma nova aplicação móvel que permite aos cidadãos e empresas acederem a vários serviços, como consultar o valor e a data de pagamento de várias prestações sociais. Segundo o Ministério do Trabalho, …

Enfermeiros querem angariar um total de 700 mil euros para financiar greve

Na greve em curso, os enfermeiros angariaram 300 mil euros, conseguindo mesmo ultrapassar o objetivo ao recolherem 360 mil euros até 22 de novembro. Para uma nova greve estabeleceram a meta de 400 mil euros …

Roménia quer adotar o euro até 2024

A Roménia espera adotar o euro até 2024 e pretende contribuir durante a sua presidência da União Europeia, que começa a 1 de janeiro, para reduzir as distâncias entre antigos e novos membros. "O nosso objetivo …

Há risco de irrealismo no preço das casas em Lisboa e Porto, alerta a Moody's

A Moody's prevê que os preços das casas continuem a subir em Portugal, mas adianta que em algumas zonas os aumentos não foram normais. De acordo com a agência de rating Moody's, os preços das casas …

PSD quer cortar metade do IRS dos senhorios nos contratos com mais de 10 anos

O PSD leva esta quinta-feira à Assembleia da República dez projetos-lei sobre habitação e arredamento. Um dos projetos que vai a votos propõe que se reduza a taxa de IRS para senhorios em metade nos …

Antiga Feira Popular dá "jackpot" à Câmara de Lisboa. Medina quer gastar em casas acessíveis

A Câmara de Lisboa arrecadou esta quarta-feira mais 85,5 milhões do que estimava no leilão dos terrenos de Entrecampos, dinheiro que será investido em habitação a custos acessíveis, adiantou o presidente, Fernando Medina "O resultado desta …

Um cometa verde vai passar pela Terra na segunda-feira (e qualquer pessoa vai poder vê-lo)

A cada 5,4 anos, o cometa 46P/Wirtanen orbita o Sol, passando pelos céus da Terra durante o caminho. Este ano, a sua visita é este mês. Geralmente, o cometa 46P/Wirtanen está demasiado longe para o podermos …

May consegue adiar a sua queda, mas não tira o Brexit da corda bamba

Mais de treze horas de incerteza em que o coração de Theresa May voltou a bater depressa demais. A primeira-ministra sobreviveu à moção de censura, mas tem pela frente mais um osso duro de roer: …

Ministra da Saúde reage às demissões no D. Estefânia (e acaba por criticar a sua secretária de Estado)

A ministra da Saúde, Marta Temido, assumiu esta quarta-feira que o Hospital pediátrico D. Estefânia é “uma das jóias da coroa” e não pode ser desfalcado, mas lembrou que “não abundam pediatras no país” e …

Sócios do Sporting vão decidir em AG se Bruno de Carvalho continua suspenso

Os sócios do Sporting vão decidir no sábado em Assembleia Geral se Bruno de Carvalho vai permanecer suspenso, na apreciação do recurso do ex-presidente do clube. Da ordem de trabalho para a reunião magna, marcada para …