Os neandertais tinham Sistema de Saúde

Os neandertais desenvolveram cuidados médicos eficientes e eficazes, ao ponto de agora se considerar que a compaixão os ajudou a aumentar a sua longevidade.

Já se sabia que os neandertais cuidavam dos seus feridos. No entanto, um novo estudo, publicado recentemente na World Archaelogy, sugere que se importavam genuinamente com os seus pares, independentemente da doença ou gravidade da lesão, em vez de os ajudar por interesse próprio.

“A nossas descobertas sugerem que os neanderais não pensavam como é que os outros os podiam reembolsar, apenas respondiam aos seus próprios sentimentos quando viam um ente querido a sofrer”, explicou o autor principal, Penny Spikins, arqueóloga da Universidade de York, no Reino Unido.

De acordo com o Sci-News, os investigadores afirmam que muitos deles tiveram lesões graves ou patologias que lhes causam condições debilitantes. Contudo, em muitos casos, as lesões aconteceram muito antes de terem morrido, o que demonstra que os doentes foram cuidados e devidamente monitorizados pelos seus pares.

Por exemplo, uma análise de um indivíduo neandertal de 50.000 a 60.000 anos revelou que sofria de uma doença degenerativa da coluna vertebral e dos ombros. A sua condição debilitou-o no seu último ano de vida, restringindo severamente a sua capacidade de contribuir e ajudar o grupo.

No entanto, isso não fez com que o resto do grupo o pusesse de parte. Pelo contrário, os autores do estudo argumentam que este indivíduo neandertal permaneceu como parte integrante do grupo, tendo os seus restos, inclusivamente, sido enterrados cuidadosamente quando faleceu.

Spikins considera que “a importância social do padrão mais amplo de cuidados médicos foi negligenciada e as interpretações de uma resposta limitada foram influenciadas pelos preconceitos” que tínhamos em relação aos neandertais, por considerarmos que eram “diferentes e até mesmo brutais“.

A autora diz que a consideração da evidência no seu contexto social e cultural revela uma imagem diferente daquela que tínhamos acerca dos neandertais.

“Os cuidados de saúde organizados, informados e afetuosos, como os conhecemos, não são exclusivos de nossa espécie. Descobrimos agora que têm uma longa história evolutiva”, conclui.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Não há muitos anos estavam convencidos que os ditos cujos se tinham extinguido e não tinha deixado qualquer ADN nos homo sapiens. Mais tarde vieram dizer que, afinal, temos 3 ou 4% de ADN deles. Há poucas semanas publicaram que os neandertais também faziam pinturas e não eram tão estúpidos como isso. Agora esta. Qualquer dia ainda vão descobrir que eles não se extinguiram e ainda andam por aí. Não me surpreenderia…!

  2. AFINAL sempre tinha razao ,uma especie que sobreviveu tanto tempo e a tantas mudanças radicais,nao podia ser selvagem e estupida,como alguns cientistas ( formados aos domingos ) especulavam com um sentimento algo racista ou religioso ,de sermos o terminus da evoluçao e termos atingido uma a perfeiçao utopica

RESPONDER

Vídeo de criança vítima de bullying gera onda de apoio global

Internautas de todo o mundo, inclusive celebridades, uniram-se para dar apoio ao menino australiano, de nove anos, que sofre de bullying por causa da sua aparência. De acordo com a BBC, Yarraka Bayles partilhou o vídeo …

Descoberta nova quasipartícula: o π-ton

Foi descoberta uma nova quasipartícula no Instituto de Tecnologia de Viena. Os cientistas batizaram-na de π-ton, uma quasipartícula que contém dois eletrões e duas lacunas. Existem diferentes tipos de partículas. Um deles, as quasipartículas, são excitações …

É oficial. Friends está de volta para um episódio especial

As preces dos fãs foram finalmente ouvidas. O elenco de Friends vai reunir-se para um episódio especial exclusivo na HBO Max. Jennifer Aniston, Courteney Cox, Lisa Kudrow, Matt LeBlanc, Matthew Perry e David Schwimmer voltarão ao …

Dieta ocidental está a deixar as pessoas menos inteligentes

Uma dieta pouco saudável, à base de hambúrgueres e doces está literalmente a deixar as pessoas menos inteligentes apenas no espaço de uma semana. Esta foi a conclusão de um estudo de investigadores da Universidade …

Pedro Proença: Sociedade deve atuar no combate ao racismo

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) disse, esta sexta-feira, que a sociedade portuguesa deve atuar no combate ao racismo, violência, xenofobia e intolerância. A Liga vai lançar, durante este fim-de-semana, uma campanha com …

Na última década, Coreia do Norte gastou mais de meio milhão de dólares em cavalos russos

A Coreia do Norte gastou recentemente dezenas de milhares de dólares na aquisição de 12 cavalos provenientes da Rússia, de acordo com os dados alfandegários. A Coreia do Norte gastou quase meio milhão de dólares (584.302 …

O caranguejo "supervilão" do Canadá vai ser transformado em plástico biodegradável

Uma equipa de cientistas no Canadá desenvolveu um plano para transformar uma espécie invasora de crustáceo - conhecida como como caranguejo supervilão - em copos e talheres  de "plástico", usando as suas carapaças para criar …

Covid-19. Tripulante de navio japonês pode ser o primeiro português infetado

Um português que é tripulante do navio Princess Cruises, atracado no porto de Yokohama, no Japão, pode ter sido diagnosticado "positivo" com o novo coronavírus. Contactada pela agência Lusa, a diretora-geral de Saúde, Graça Freitas, afirma …

Harry e Meghan vão deixar de poder usar a marca Sussex Royal

O duque e a duquesa de Sussex vão deixar de poder usar a marca Sussex Royal, anunciou, esta sexta-feira, um porta-voz da casa real. "Estando o duque e a duquesa focados nos seus planos de estabelecer …

Messi marca quatro e embala Barcelona para o topo da La Liga

Um póquer de Lionel Messi embalou o FC Barcelona, este sábado, para a liderança da Liga espanhola, com uma "mão cheia" de golos na receção ao Eibar (5-0). Os catalães subiram ao topo de La Liga …