Os neandertais tinham Sistema de Saúde

Os neandertais desenvolveram cuidados médicos eficientes e eficazes, ao ponto de agora se considerar que a compaixão os ajudou a aumentar a sua longevidade.

Já se sabia que os neandertais cuidavam dos seus feridos. No entanto, um novo estudo, publicado recentemente na World Archaelogy, sugere que se importavam genuinamente com os seus pares, independentemente da doença ou gravidade da lesão, em vez de os ajudar por interesse próprio.

“A nossas descobertas sugerem que os neanderais não pensavam como é que os outros os podiam reembolsar, apenas respondiam aos seus próprios sentimentos quando viam um ente querido a sofrer”, explicou o autor principal, Penny Spikins, arqueóloga da Universidade de York, no Reino Unido.

De acordo com o Sci-News, os investigadores afirmam que muitos deles tiveram lesões graves ou patologias que lhes causam condições debilitantes. Contudo, em muitos casos, as lesões aconteceram muito antes de terem morrido, o que demonstra que os doentes foram cuidados e devidamente monitorizados pelos seus pares.

Por exemplo, uma análise de um indivíduo neandertal de 50.000 a 60.000 anos revelou que sofria de uma doença degenerativa da coluna vertebral e dos ombros. A sua condição debilitou-o no seu último ano de vida, restringindo severamente a sua capacidade de contribuir e ajudar o grupo.

No entanto, isso não fez com que o resto do grupo o pusesse de parte. Pelo contrário, os autores do estudo argumentam que este indivíduo neandertal permaneceu como parte integrante do grupo, tendo os seus restos, inclusivamente, sido enterrados cuidadosamente quando faleceu.

Spikins considera que “a importância social do padrão mais amplo de cuidados médicos foi negligenciada e as interpretações de uma resposta limitada foram influenciadas pelos preconceitos” que tínhamos em relação aos neandertais, por considerarmos que eram “diferentes e até mesmo brutais“.

A autora diz que a consideração da evidência no seu contexto social e cultural revela uma imagem diferente daquela que tínhamos acerca dos neandertais.

“Os cuidados de saúde organizados, informados e afetuosos, como os conhecemos, não são exclusivos de nossa espécie. Descobrimos agora que têm uma longa história evolutiva”, conclui.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Não há muitos anos estavam convencidos que os ditos cujos se tinham extinguido e não tinha deixado qualquer ADN nos homo sapiens. Mais tarde vieram dizer que, afinal, temos 3 ou 4% de ADN deles. Há poucas semanas publicaram que os neandertais também faziam pinturas e não eram tão estúpidos como isso. Agora esta. Qualquer dia ainda vão descobrir que eles não se extinguiram e ainda andam por aí. Não me surpreenderia…!

  2. AFINAL sempre tinha razao ,uma especie que sobreviveu tanto tempo e a tantas mudanças radicais,nao podia ser selvagem e estupida,como alguns cientistas ( formados aos domingos ) especulavam com um sentimento algo racista ou religioso ,de sermos o terminus da evoluçao e termos atingido uma a perfeiçao utopica

RESPONDER

Lítio pode reverter malefícios de radiação no cérebro

Cientistas concluíram numa experiência com ratos que o lítio pode reverter os malefícios da radiação no cérebro, podendo o seu uso ser promissor para tratar crianças que foram sujeitas a radioterapia e desenvolveram posteriormente défices …

Um em cada dez sites de compras online usa táticas maliciosas nos clientes

https://vimeo.com/373176205 Um em cada dez sites de compras online usa táticas maliciosas para enganar, iludir ou persuadir os clientes. A tendência é que o recurso a estas práticas aumente nos próximos anos. Um estudo apresentado na semana …

Eurovisão procura voluntários para trabalhar 18 dias seguidos sem vencimento

A procura de voluntários para o Festival Eurovisão de 2020 está a gerar polémica. A organização quer disponibilidade total durante 18 dias, não oferecendo qualquer vencimento, nem pagando despesas de viagem ou estadia. O Festival Eurovisão …

Portugal 6 vs 0 Lituânia | Ronaldo e Cia destroem lituanos

Portugal goleou a Lituânia esta quinta-feira no Estádio Algarve, por 6-0, e está a uma vitória de garantir o apuramento para o Euro 2020, decisão que está marcada para o próximo domingo, quando a seleção …

Um “caixão” nuclear da Guerra Fria pode estar prestes a colapsar

Durante a Guerra Fria, os EUA lançaram 67 bombas atómicas nas Ilhas Marshall, no oceano Pacífico. No fim nos anos 70, os detritos expostos à radiação nas seis ilhas foram transportados para um poço gigante …

App usada para ler dados biométricos de europeus no Reino Unido pode ser pirateada

A aplicação digital criada pelo governo britânico para recolher dados biométricos dos europeus candidatos ao estatuto de residente no Reino Unido, obrigatório depois do Brexit e pedido por 210 mil portugueses, pode ser pirateada, alertou …

Bruxelas abre processo de infração contra Reino Unido por não nomear comissário europeu

A Comissão Europeia anunciou esta quinta-feira a abertura de um procedimento de infração contra o Reino Unido por este Estado-membro, que está em processo de saída da União Europeia (UE), não ter nomeado um comissário. “Enquanto …

Urgência pediátrica do Garcia de Orta encerra à noite a partir de segunda-feira

O serviço de urgência pediátrica do Hospital Garcia de Orta, em Almada, vai fechar à noite a partir de segunda-feira, disse a ministra da Saúde, que prolongou o horário de duas unidades de saúde para …

Hipercarro elétrico da Aspark pulveriza recorde de aceleração

O novo hipercarro elétrico Aspark Owl vai começar a sua produção já no próximo ano e conta já com o recorde de aceleração. O carro vai dos 0 aos 100 km/h em 1,69 segundos. Depois de …

Pelé desafia Ronaldo a bater o seu recorde de 1.283 golos

O ex-futebolista internacional brasileiro Pelé desafiou esta quinta-feira o avançado português Cristiano Ronaldo a superar o seu recorde de 1.283 golos. “Espero que, com a quantidade de golos que já marcou, e foram muitos, tenha saúde …