Neandertais ocuparam ilhas do Mediterrâneo dezenas de milhares de anos antes do que se pensava

(dr) Johannes Krause / Museum of the Krapina Neanderthals

Cientistas descobriram provas de que a ilha de Naxos, na Grécia, já era habitada por neandertais há 200.000 anos, dezenas de milhares de anos antes do que se pensava até agora.

Um estudo publicado esta quinta-feira na revista Science Advances, apresenta conclusões de vários anos de escavações e põem em causa o que se pensava sobre as movimentações humanas na região, que era considerada inacessível para os homens de Neandertal (Homo neanderthalensis), espécie que coexistiu com os humanos modernos (Homo sapiens).

As novas descobertas levaram a que os investigadores reconsiderassem as rotas que a antiga espécie humana seguiu na disseminação da espécie de África para a Europa e demonstram a capacidade de adaptação dos neandertais a desafios ambientais.

“Até recentemente, essa parte do mundo era vista como irrelevante para os estudos com seres humanos, mas estes resultados obrigam-nos a repensar a história das ilhas do Mediterrâneo”, disse Tristan Carter, professor associado de Antropologia da Universidade McMaster, no Canadá, e principal autor do estudo, que contou com a participação de Dimitris Athanasoulis, chefe de Arqueologia do Cycladic Ephorate of Antiquities, do Ministério da Cultura da Grécia.

Embora se soubesse que os caçadores da Idade da Pedra viviam na Europa continental há mais de um milhão de anos, acreditava-se que as ilhas do Mediterrâneo só tinham sido colonizadas há 9.000 anos, por agricultores.

Os estudiosos acreditavam que o mar Egeu, que separava a Anatólia ocidental [Ásia menor] da Grécia continental, era intransponível para os neandertais, sendo a ponte terrestre da Trácia, no sudoeste da Europa, a única passagem.

As novas investigações sugerem agora que o mar Egeu era acessível muito antes do que se pensava. Em certos momentos da Idade do Gelo o mar era mais baixo, expondo uma rota terrestre entre os continentes, permitindo que as populações pré-históricas passassem a pé até Stelida, perto da ilha de Naxos, uma rota de migração alternativa que liga África à Europa. Os investigadores consideram que a área teria sido atraente devido à abundância de matérias-primas para a construção de ferramentas e de água doce.

No entanto, “ao entrar nesta região, as novas populações teriam enfrentado um ambiente novo e desafiador, com diferentes animais, plantas e doenças, exigindo novas estratégias adaptativas”, disse Tristan Carter. A equipa encontrou vestígios de atividade humana de 200.000 anos em Stelida, onde desenterrou várias ferramentas e armas de caça.

Os dados científicos recolhidos no local contribuem para o debate acerca da importância das rotas costeiras e marinhas para a disseminação das espécies humanas. Embora os dados sugiram que o mar Egeu tenha sido atravessado a pé, os autores também não descuram a hipótese de que os neandertais possam ter construído embarcações.

A investigação agora publicada faz parte do Projeto Arqueológico Stelida Naxos, colaboração que envolve vários investigadores que trabalham no local desde 2013.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Um quarto da população portuguesa tem imunidade à covid-19

O Painel Serológico Longitudinal Covid-19 estima em 27% a taxa de imunidade à covid-19 para a população em Portugal. Até março, 13% da população teria sido infetada Um estudo hoje divulgado estima que 13% da população …

Pfizer admite que deverá ser necessária uma terceira dose (e ser vacinado anualmente)

O CEO da Pfizer, Albert Bourla, disse que as pessoas vão precisar “provavelmente” de uma dose de reforço da vacina contra a covid-19 12 meses após serem totalmente vacinadas. “Um cenário provável é que haja necessidade …

Ninguém quer "a batata quente" do caso Sócrates. Ivo Rosa e Carlos Alexandre com nota máxima

Os juízes Ivo Rosa e Carlos Alexandre foram avaliados com a nota máxima de "Muito Bom" pelo Conselho Superior da Magistratura em inspecções realizadas entre 2013 e 2018, ou seja, abarcando o período da investigação …

Clubes alemães atentos a Tiago Dantas depois da sua estreia como titular

A titularidade do jovem português na equipa do Bayern, no último sábado, despertou a atenção dos clubes alemães para o médio cedido pelo Benfica. Tiago Dantas, de 20 anos, fez a sua estreia como titular do …

Chega aposta em Hugo Ernano, o militar que atingiu mortalmente rapaz de 13 anos

O cabeça-de-lista do Chega para a Câmara Municipal de Odivelas vai ser o líder do núcleo local, Nuno Beirão, e o militar da Guarda Nacional Republicana (GNR) Hugo Ernano candidata-se à Assembleia Municipal. Hugo Hernano, candidato …

Taarabt reencontrou a sua boa forma, mas o Benfica quer vendê-lo

O Benfica está disposto a ouvir propostas que cheguem por Adel Taarabt, o marroquino que tem dado cartas no meio-campo das 'águias'. A caminho dos 32 anos de idade, Taarabt não vai para novo, mas tem …

Vacina russa Sputnik V pode vir a ser produzida em Sintra

O Presidente da câmara de Cascais fez de intermediário para que viesse para Portugal uma licença de produção da Sputnik V. António Costa não se opõe, mas lembra que a vacina ainda não foi aprovada …

FC Porto admite batalha legal com o Sporting devido ao caso Palhinha

Os azuis e brancos contestam a utilização de João Palhinha no jogo frente ao Benfica, a contar para a 16.ª jornada da Liga, e admitem uma batalha legal. A polémica está relacionada com a utilização …

Supremo recusa levantar arresto de bens a Rui Rangel e Fátima Galante

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) rejeitou, esta quinta-feira, recursos dos ex-juízes, arguidos no processo "Operação Lex", que contestavam o arresto dos seus bens. No acórdão proferido, a que a agência Lusa teve acesso, o Supremo …

Portugueses a partir dos 60 anos vão ter segunda dose AstraZeneca

Após os casos de coágulos, a DGS só vai mudar o esquema vacinal aos mais jovens, sendo que a população com mais de 60 anos que tomou a vacina da Astrazeneca irá receber a segunda …