Os neandertais desapareceram porque não tinham agasalhos

(dr) Joe McNally, National Geographic

Wilma, uma fêmea reconstituída a partir de DNA neanderthal, era ruiva, de olhos claros, pálida e tinha sardas - como quase todos os neanderthals

Wilma, uma fêmea reconstituída a partir de ADN Neandertal, era ruiva, de olhos claros, pálida e tinha sardas

Um estudo concluiu que os Neandertais, ao contrário dos humanos, não sabiam fazer casacos para se aquecerem, o que contribuiu para a sua eventual extinção.

Segundo investigadores da Universidade Simon Fraser, no Canadá, os Neandertais ou tinham “falta de inteligência” para fazerem roupas de peles de animais, ou deixaram que as tradições culturais os impedissem de tal coisa.

Para identificar os animais que foram usados ​​para criar agasalhos, a equipa recorreu a um banco de dados etnográfico e comparou a frequência da ocorrência desses animais nos depósitos arqueológicos europeus.

De acordo com o Journal of Anthropological Archaeology, os investigadores notaram que, na cultura dos Neandertais, havia uma ausência de animais associados com casacos de pele.

Já nas primeiras fogueiras humanas foram encontrados vários vestígios dos animais – que podem ter sido usados para agasalhos – e outras provas, como agulhas de osso para costura e outras ferramentas utilizadas para raspar peles.

Os investigadores afirmaram que a falta de roupas quentes terá limitado o tempo que os Neandertais tinham para caçar, o que pode ter dado aos seres humanos uma vantagem competitiva.

“As diferenças de roupa podem ter tido um impacto sobre a saúde e talvez até mesmo na sobrevivência dos Neandertais em comparação com os primeiros seres humanos modernos” destacou Mark Collard, o principal autor do estudo.

Os Neandertais desapareceram há 30 mil anos e, antes da sua extinção, coexistiram com os humanos modernos na Europa durante um período de 2.600 a 5.400 anos.

BZR, ZAP

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. E não terá sido por causa disso que os dinossauros desapareceram também ? É que nunca ouvi falar de dinossauros a fazerem casacos !

    • Acredito que existam diferenças biológicas entre as espécies que permitam que uma tenha mais resistência ao frio e outras não. Sabia que foi por isso que o ser humano evoluiu a perder pêlos (por se sentir mais calor devido ao cérebro) e os macacos não? É a mesma coisa.

  2. Com esta pérola ficámos a saber que o êxito para a sobrevivência é saber fazer casacos. Mas souberam deixar o seu património genético na linhagem H. Sapiens… Humm e em contrapartida os H. Sapiens não ensinaram H. neanderthalensis a fazer casacos? Que ingratidão esta :)…

  3. De todas as teorias que já li, esta é a mais disparatada. Mas também disparate é afirmar que os neandertais (Homo Sapiens de Neanderthal) não eram humanos. Penso que ficou a faltar o adjetivo “modernos” ou, mais corretamente, “atuais”.

    • Caro Pedro R,

      Os neandertais eram humanos, mas não eram da espécie Homo Sapiens (à qual pertencemos). A designação da espécie é Homo Neanderthalensis.

  4. so existem ossos, por isso sera prematuro tirar tais conclusões,pouco sabemos da biologia da espécie,se tinham muito mais pelo,outra temperatura corporal etc….

  5. Os últimos neandertais foram parar na península ibérica e talvez isso explique o porquê de sermos mais atrasados que o resto da Europa devido a miscigenação maior por aqui com esses brutos desnudos.

  6. Ora, os Neandertais passaram centenas de milhares de anos vivendo sob um clima europeu ameno e portanto não tinham tradição no uso de roupas. Quando o clima esfriou bruscamente, por volta de 40 mil anos atrás, não conseguiram se adaptar, levando-os gradativamente à extinção!

Responder a ped Cancelar resposta

Depois dos incêndios, Austrália está prestes a experimentar uma "bonança" de aranhas mortais

Depois dos incêndios florestais que assolaram o país, os australianos começaram a implorar por chuva. O bónus de aranhas mortais não estava incluído no pedido, mas os especialistas do Australian Reptile Park acreditam que é …

Governo admite retirar cidadãos nacionais de Wuhan

As autoridades portuguesas estão a cooperar com outros países europeus para reforçar o apoio aos cidadãos nacionais que se encontram em Wuhan, onde ocorreram os primeiros casos do novo coronavírus, admitindo a possibilidade de retirá-los …

Os cogumelos podem ser muito mais antigos do que pensávamos

Os cogumelos podem ser mais antigos do que pensávamos, concluíram cientistas que dataram vestígios de micélio (constituinte dos cogumelos) com 800 milhões de anos, divulgou esta quarta-feira a Universidade Livre de Bruxelas, na Bélgica. Estudos anteriores …

Comer iogurte natural pode ajudar a reduzir o risco de cancro da mama

Uma das causas mais apontadas para o cancro da mama é a inflamação causada por bactérias nocivas. Esta tese ainda não foi provada, mas é apoiada pelas evidências até agora disponíveis de que a inflamação …

Primeiro caso suspeito de infeção por coronavírus detetado em Portugal

Foi detetado o primeiro caso suspeito de infeção infeção pelo novo coronavírus , em Portugal, anunciou este sábado a Direção-Geral de Saúde. “Este doente, regressado hoje [este sábado] da China, onde esteve na cidade de Wuhan …

Slava Semeniuta transforma chuva em atmosfera néon

O artista e fotógrafo russo Slava Semeniuta, também conhecido como Visual Scientist, mistura elementos naturais e faz mágica com eles. Slava Semeniuta, também conhecido como Visual Scientist, retoca fotografias de poças de água para criar composições …

Empresa quer vender dispositivos que extraiem água potável do ar

A empresa israelita Watergen está a planear começar a vender uma versão para o consumidor do seu aparelho que extrai água potável do ar ainda este ano. A tecnologia do gerador atmosférico da empresa está em …

"Sem padrinhos, nem donos". Líder da JP levanta congresso centrista

O candidato à liderança do CDS Francisco Rodrigues dos Santos arrancou este sábado no congresso centrista, que está a decorrer em Aveiro, a maior ovação dos delegados, com um discurso inflamado, em defesa de um …

Quando chegaram à Europa pela primeira vez, as batatas eram "hereges"

Os espanhóis foram os primeiros europeus a encontrar batatas na América do Sul nos anos 1530. Porém, quando foram trazidas para o Velho Continente, não foram bem recebidas por todos. Depois de terem sido encontradas pelos …

Ano vai ser "inevitavelmente" de contestação social, avisa CGTP

O secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, disse esta sexta-feira que este ano vai ser “inevitavelmente” de contestação social se o Governo e as empresas continuarem a insistir num modelo de baixos salários. O líder da intersindical …