Nazis em fuga após a 2.ª Guerra Mundial moldaram a política austríaca. Extremismo importado mantém-se durante gerações

(dv) AP / Markus Schreiber

Um novo estudo sugere as regiões da Áustria que tiveram um maior afluxo de nazis, em fuga aos soviéticos, têm mais tendência a apoiar o populismo de extrema direita do que outras partes do país, facto que não se verificava antes da Segunda Guerra Mundial.

Este estudo, publicado pela Oxford University Press no Economic Journal, revela que os migrantes extremistas podem ter moldado os desenvolvimentos políticos nas suas regiões de destino durante gerações.

Segundo avançou o Phys Org, há uma longa história de radicais ideológicos que emigraram e espalharam as suas opiniões políticas, desde o anarquista Mikhail Bakunin, passando pelo revolucionário Che Guevara, até aos combatentes jihadistas.

Para desenvolver o estudo, os investigadores utilizaram os dados sobre a ocupação da Áustria após a Segunda Guerra Mundial. No verão de 1945, as zonas de ocupação no estado federal austríaco foram divididas entre os Estados Unidos (EUA) e os soviéticos. A região ao norte do rio Danúbio foi entregue aos soviéticos, enquanto a margem sul permaneceu sob controle norte-americano.

Imediatamente, um grande número de pessoas começou a fugir para a zona dos EUA. Temendo a punição soviética, as elites nazis migraram também para a margem sul do Danúbio. A separação ao longo do rio dividiu a região, até então económica e culturalmente homogénea, em duas áreas: uma com uma alta concentração de membros da elite nazi e outra com uma concentração relativamente baixa.

A longa tradição austríaca de populismo de extrema direita permitiu aos autores rastrear os efeitos das elites nazis migrantes desde o final da década de 1940 até aos dias de hoje. Os resultados apontam para um aumento substancial e persistente nas atitudes de extrema direita nos locais onde esses extremistas se estabeleceram. Setenta anos volvidos, o número de votos nos partidos de extrema direita ainda é muito maior nesses lugares.

De acordo com os autores, existem duas explicações principais para a persistência a longo prazo dos valores de extrema direita: as instituições locais e os laços familiares. Os migrantes nazis fundaram e penetraram nas filiais dos partidos nos seus locais de destino, fazendo com que essas instituições multiplicassem o seu impacto e o número de votos.

Outra explicação para a persistência é a transmissão entre gerações. Com base nos dados das listas telefónicas, a equipa constatou que os nomes dos políticos de extrema direita ainda refletem a migração de longa data das elites nazis após a guerra. Esses resultados mantiveram-se quando a equipa incluiu as variantes socioeconómicas e geográficas ao longo do tempo.

Os resultados do estudo, continuou o Phys Org, demonstram que as preferências políticas parecem ser transmitidas de geração em geração. Mesmo depois de três ou quatro gerações, as atitudes e crenças das famílias e comunidades migrantes nazis persistem.

“Ficamos surpreendidos ao perceber que o extremismo importado pode sobreviver por gerações, sem desaparecer”, disse o principal autor do artigo, Felix Roesel. “A boa notícia é que os valores liberais e democráticos se espalham de maneira muito semelhante. Isso é o que mostram as novas pesquisas. O populismo não é mais contagioso do que outras ideias políticas”, concluiu o investigador.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. E a maioria das altas patentes militares, cientistas, médicos, e colaboradores, nacional-socialistas foram salvos e resgatados pelo regime da Inglaterra e os Estados Unidos da América do Norte (EUA) que os evacuaram da Europa, dando-lhes protecção e novas identidades para que pudessem seguir a sua vida normalmente.

    • Mas ninguém fala dos outros. Aqueles que foram para o outro sítio e passaram a mandar no mundo. E depois dizem que é esta ou aquela sociedade secreta. E a terra não é redonda! Pois, eu bem sei onde é que eles querem chegar. Ao outro lado do coiso. E sempre a direito… se fosse redondo era mais complicado. Acham que o covida19 vem de onde? Vem de lá, de onde eles estão. Que não é para lá do que aquilo que muitos pensam que não é. Sobre isto ninguém diz nada. Eu percebo.

  2. os 3 grandes da WWII, pq alguns tb foram para a URSS.

    no entanto a enorme maioria foi para os EUA, aliás a NASA criada logo após é um exemplo disso.

RESPONDER

"Não me sinto seguro sem uma". Venda de armas aumentou drasticamente nos EUA

Os EUA continuam a ser um dos países onde os cidadãos comuns têm mais facilidade em comprar armas de fogo. Esta é uma prática recorrente, e mais de um terço das famílias norte-americanas têm uma …

Pássaros de São Francisco aprenderam uma nova (e mais complexa) melodia durante a pandemia

Uma nova investigação científica relata que os pardais-de-coroa-branca de São Francisco, ave que vive nas zonas urbanas e rurais da cidade norte-americana, aprenderam uma nova e mais complexa melodia durante a pandemia. De acordo com …

Enorme espinha dorsal de tubarão-branco dá à costa em Massachusetts depois de uma tempestade

A espinha dorsal que se acredita pertencer a um espécime de tubarão-branco (Carcharodon carcharias) deu à costa numa praia em Massachusetts, nos Estados Unidos, depois de uma tempestade ter atingido a região. A espinha foi encontrada …

A China está a tornar-se o país com maior influência na ONU

Há dez anos, a China começou uma operação que lhe tem vindo a garantir mais influência nas Nações Unidas. Agora, o poder que possui na organização mundial protege o país asiático do escrutínio internacional. De acordo …

Uma droga pode tratar o nanismo (mas há quem defenda o "orgulho anão")

Um estudo vem agora revelar que uma droga pode tratar o nanismo. Porém, a possibilidade de haver um tratamento para esta condição clínica não é consensual. Um novo estudo, financiado pela BioMarin Pharmaceutical e publicado no …

Meghan Markle perde batalha judicial. Em causa está carta que enviou ao pai (divulgada por jornal britânico)

Depois de no passado mês de agosto, Meghan Marke vencer uma batalha judicial contra o Mail on Sunday, desta vez a Duquesa de Sussex não pode festejar mais uma vitória. A norte-americana perdeu a última …

Após acidente, robô-piloto voltou a levantar voo (e pilotou avião durante 2 horas)

O ROBOpilot, um piloto robótico não tripulado, levantou voo pela primeira vez no ano passado, mas sofreu danos durante um dos seus voos. Agora, está apto para voar novamente. No ano passado, um acidente forçou o Laboratório …

David Attenborough bateu um recorde mundial no Instagram (e destronou Jennifer Aniston)

O naturalista britânico David Attenborough destronou a atriz norte-americana Jennifer Aniston e tornou-se a pessoa a alcançar mais rapidamente um milhão de seguidores no Instagram, segundo os números do Guinness. David Attenborough, de 94 anos, …

Indonésia planeia atração turística com dragões de Komodo ao estilo de Jurassic Park

A Indonésia planeia construir uma atração ao estilo da saga Jurassic Park para que os turistas possam ver os famosos dragões de Komodo. De acordo com a revista Vice, em causa está uma proposta de …

Daniel Alves: uma camisola origina duas controvérsias

Internacional brasileiro vai defrontar o River Plate e apareceu com uma camisola do Boca Juniors. Poderá ter quebrado as regras da Conmebol. River Plate e São Paulo vão entrar em campo na próxima madrugada, para um …