NASA vai acordar a New Horizons e enviá-la à misteriosa “terceira zona”

JHUAPL / NASA

A New Horizons à chegada a Plutão, conceito artístico

A nave espacial da NASA New Horizons vai partir em breve para a misteriosa “terceira zona”, também conhecida como Cintura de Kuiper, uma região gelada de asteróides que contém objectos localizados muito longe das órbitas dos planetas longínquos – e que se suspeita ter resultado da explosão de um antigo planeta.

A sonda não tripulada New Horizons é a mais rápida nave espacial construída até agora, tendo a sua missão ficado famosa pelas belas imagens de Plutão que transmitiu para a Terra em julho de 2015.

Quando em 2006 a New Horizons partiu da Terra, Plutão ainda era um planeta, o nono do Sistema Solar, estatuto que perdeu poucos meses mais tarde, passando desde então a ser considerado um planeta anão com a designação oficial de “asteróide número 134340”, ou “planeta-anão 134340 Plutão”.

De acordo com o The Telegraph, após cinco meses em estado de hibernação para poupar energia, a New Horizons está de volta ao trabalho. A 11 de setembro, a nave voltará a funcionar, para realizar uma viagem de 16 meses a MU69, um objecto no Cinturão de Kuiper, que teria estado presente durante o nascimento do Sistema Solar.

“É muito provável que estejamos a caminho de um binário primordial no Cinturão de Kuiper, um vestígio com quatro mil milhões de anos da formação do Sistema Solar e um componente exótico de planetas pequenos do Cinturão de Kuiper, como Plutão, explicou Alan Stern, investigador principal da NASA na missão New Horizons.

Alex Parker /J HUAPL / SwRI / NASA

Conceito artístico do binário MU69, na Cintura de Kuiper

Ainda de acordo com o jornal britânico, depois desta viagem ao Cinturão de Kuiper é provável que a nave deixe o Sistema Solar, uma marca até agora só ultrapassada pela Voyager.

“Novas explorações nos esperam. A viagem promete ser próspera”, diz Stern. A missão está já a mais de 6 mil milhões de quilómetros da Terra, e poderá vir a fazer a mais longa viagem da história da aventura espacial.

A New Horizons leva a bordo cinzas de Clyde Tombaugh, o cientista que descobriu Plutão. Falecido em janeiro de 1997, o seu último pedido foi que pelo menos uma parte das suas cinzas fosse enviada para o espaço.

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. A designação de Plutão não é “asteróide número 134340”, mas sim “planeta-anão 134340 Plutão”. A New Horizons não teve qualquer relevância na alteração da classificação de Plutão, pois esta ocorreu em 2006 e a sonda só lá chegou em 2015. Antes pelo contrário, os dados da New Horizons colocaram em causa essa despromoção de Plutão para planeta-anão. Além disso a New Horizons não é certamente a “viagem espacial mais distante até hoje”. A Voyager 1 está 3x mais longe da Terra do que a New Horizons, como aliás é deixado a entender de forma contraditória no fim da notícia.

RESPONDER

Tribunal japonês suspende atividade de reator nuclear que tinha recebido luz verde

Um tribunal no Japão ordenou esta sexta-feira que o reator nuclear da central de Ikata (oeste do país) pare por razões de segurança, numa decisão que revoga uma anterior que deu luz verde ao seu …

Panamá. Sete corpos encontrados em vala comum em área indígena controlada por seita religiosa

Os corpos de sete pessoas foram encontrados na quinta-feira numa vala comum numa área indígena do Panamá controlada por uma seita religiosa, entre eles o de uma grávida e cinco dos seus filhos. Outras 15 …

Deixar de dar aulas com mais de 60 anos só no pré-escolar e 1.º ciclo

A possibilidade de os professores com mais de 60 anos deixarem de dar aulas para "desempenhar outras atividades", prevista no Orçamento do Estado de 2020, será apenas aplicada ao pré-escolar e 1.º ciclo, esclareceu o …

Aumento extra de dez euros pode beneficiar 1,6 milhões de pensionistas

O aumento extra de dez euros nas reformas até 658,2 euros, confirmado esta quinta-feira pelo secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, pode vir a beneficiar cerca de 1,6 milhões de pensionistas. A estimativa é avançada …

Rui Pinto vai a julgamento por 93 crimes

A juíza do Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa decidiu que Rui Pinto vai ser julgado por 93 crimes, e não 147 como estava acusado. O Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa decidiu esta sexta-feira levar …

Um "palhaço" que vai apunhalar os iranianos nas costas. Líder supremo do Irão arrasa Trump

O líder supremo do Irão classificou esta sexta-feira o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, como "um palhaço" que finge querer ajudar os iranianos, mas vai atacá-los pelas costas com "um punhal envenenado". As declarações do …

"Lava que se farta". Justiça dá razão a Ana Gomes no processo movido por Isabel dos Santos

A ex-eurodeputada Ana Gomes venceu um dos processos que foi movido contra ela por Isabel dos Santos. Em causa estão publicações no Twitter, onde a diplomata acusava a empresária angolana de estar a usar Portugal …

Secretário da Cultura brasileiro vai ser demitido depois de se inspirar em discurso nazi de Goebbels

Roberto Alvim, secretário da Cultura brasileiro, fez um discurso esta quinta-feira copiando um discurso muito conhecido do ministro da propaganda de Adolf Hitler, Joseph Goebbels. O secretário da Cultura do Brasil, Roberto Alvim, divulgou um vídeo …

Presidente da Guatemala anuncia corte de relações com Venezuela

O novo Presidente da Guatemala, Alejandro Giammattei, anunciou na quinta-feira que ordenou o corte de relações com a Venezuela e o encerramento da embaixada neste país. Alejandro Giammattei, médico e ex-diretor do Sistema Penitenciário da Guatemala, …

Bolsonaro vai manter secretário acusado de irregularidades no Governo

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, defendeu hoje o titular da Secretaria Especial da Comunicação Social (Secom, órgão da Presidência), Fabio Wajngarten, acusado de alegadas irregularidades em contratos, garantindo que o manterá no cargo. “Pelo que eu …