NASA reduziu propositadamente a qualidade das primeiras fotos da Lua

Ainda antes das missões tripuladas, a NASA enviou várias sondas para fotografar a Lua de forma a determinar o melhor local para a aterragem. Na época, as imagens de qualidade reduzida ficaram associadas às capacidades tecnológicas limitadas. Mas, na verdade, a NASA reduziu a qualidade propositadamente.

Em plena guerra fria, a agência espacial não queria revelar as capacidades dos sistemas de observação norte-americanos. As tecnologias usadas nas sondas Lunar Orbiter eram também utilizadas nos satélites-espião.

Apesar das imagens lunares fotografas em 1976 parecerem ter uma qualidade reduzida, a verdade é que as imagens originais tinham uma qualidade muito superior, que ainda hoje seria considerada excelente.

Estas sondas já captavam fotos em película de 70mm, que eram depois reveledas e digitalizadas com uma resolução de 200 linhas por milímetro para serem transmitidas para a Terra, através da compressão loss-less analógica.

Há cerca de uma década, um grupo de entusiastas decidiu recuperar as imagens originais – ainda guardadas em fita magnética – antes que fosse tarde demais. Desde então, as imagens originais encontram-se publicadas no site da NASA.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

ASAE encontra carne estragada e falsificada em talhos portugueses

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) detetou carne estragada, falsificada ou abatida de forma clandestina à venda em talhos nacionais, avançou o Jornal de Notícias (JN). A notícia do JN, citada pelo Público …

Detidos dois suspeitos do ataque em Lyon

A polícia francesa deteve dois suspeitos de envolvimento na explosão no centro de Lyon que feriu 13 pessoas na sexta-feira passada, disse esta segunda-feira a Procuradoria de Paris. Anteriormente, o ministro do Interior, Christophe Castaner, anunciava, …

Isabel dos Santos diz que tem pagamento à CGD "em dia"

A filha do ex-presidente de Angola usou o Twitter para garantir que tem todos os pagamentos do empréstimo de 125 milhões de euros concedido pela Caixa Geral de Depósitos (CGD) em 2009 “em dia”. A reacção, …

Há cinco concelhos com risco máximo de incêndio

Esta segunda-feira, o dia vai ser quente. A subida das temperaturas para os próximos dias aumenta o risco máximo de incêndio em Faro, Portalegre, Santarém e Castelo Branco. Cinco concelhos dos distritos de Faro, Portalegre, Santarém …

Donald Trump é o primeiro governante estrangeiro a ser recebido pelo novo imperador do Japão

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, tornou-se no primeiro governante estrangeiro a ser recebido pelo novo imperador do Japão, Naruhito, que subiu ao trono a 01 de maio após a abdicação do pai, …

Antropólogos descobriram quando é que os humanos aprenderam a cozinhar

O hidratos de carbono amido ainda é um elemento pouco compreendido da dieta humana moderna e a nossa dieta de amido do passado pode dar uma ajuda nas investigações futuras. Apesar de uma narrativa arqueológica que …

Tsipras anuncia eleições antecipadas após derrota pesada nas europeias

O primeiro-ministro grego Alexis Tsipras anunciou este domingo que vai apelar à realização de eleições legislativas antecipadas “imediatamente” após a segunda volta das municipais, em 2 de junho, após os maus resultados obtidos pelo Syriza …

ADSE perdeu 1807 prestadores privados em 2018

Em 2018, o número de prestadores de saúde procurados pelos beneficiários da ADSE no regime livre ou com convenção com o subsistema de saúde dos funcionários públicos diminuiu. Ao todo, a este subsistema de saúde …

Civilizações avançadas podem estar a comunicar através de feixes de neutrinos

Uma nova investigação, liderada pelo cientista Albert Jackson, sugere que civilizações avançadas no Universo podem ser capazes de se comunicar através de feixes de neutrinos que seriam transmitidos por constelações de satélites localizadas em torno de …

Presidente da Liga de Bombeiros acusa Ministério da Saúde de ser “caloteiro”

O presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP), Jaime Marta Soares, acusou este domingo o Ministério da Saúde de ser “caloteiro” por ainda não ter liquidado a dívida de “mais de 35 milhões de euros” …