NASA quer criar um avião supersónico (que também é super silencioso)

A agência espacial norte-americana quer desenvolver um avião supersónico para transporte de passageiros que não faça tanto barulho como os exemplares anteriores.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O regresso aos voos supersónicos para transporte de passageiros pode estar mais perto do que se pensava, agora que a NASA decidiu criar um avião que pode pôr um ponto final ao principal problema destas aeronaves.

A agência espacial norte-americana quer criar um avião deste género mas que não produza o chamado “sonic boom”, o barulho ensurdecedor característico destes aviões.

Os aviões supersónicos já foram uma realidade mas acabaram por ser ‘banidos’ exatamente por este problema, que causava grande incómodo às pessoas aquando da sua passagem.

Para tentar ultrapassar este entrave, a NASA apresentou recentemente a QueSST – Quiet Supersonic Techonology (ou Tecnologia Supersónica Silenciosa em português).

A nova tecnologia pretende que os aviões que atingem uma velocidade superior à do som produzam um barulho quase impercetível para quem os vê a partir do chão.

“A NASA está a trabalhar arduamente para tornar os voos mais verdes, seguros e menos ruidosos – ao mesmo tempo está a desenvolver aeronaves mais rápidos e um sistema de aviação mais eficiente”, afirmou Charles Bolden, o administrador da agência.

Também no mesmo projeto está a empresa Lockheed Martin, que acabou de celebrar um contrato com a agência espacial de 20 milhões de dólares para financiar a QueSST.

O projeto ainda está numa fase inicial e o próximo passo é a realização de testes com um destes novos X-planes, o primeiro modelo equipado com esta nova tecnologia. Se tudo correr como previsto, o primeiro voo comercial pode acontecer já no ano de 2020.

  ZAP // CanalTech

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.