NASA mais perto de desvendar o mistério das tatuagens da Lua

NASA LRO WAC science team

As chamadas tatuagens da Lua, padrões de manchas escuras e claras que se repetem na superfície lunar, continuam a intrigar cientistas da NASA. Mas novas observações aproximam-nos de uma resposta quanto à sua origem.

Estas tatuagens lunares foram localizadas em mais de 100 locais distintos, repetindo-se em manchas claras e escuras, em padrões em redemoinho. Parecem “quase pintados na superfície da Lua”, explica John Keller, cientista da NASA que integra a missão Órbita de Reconhecimento Lunar (LRO) que primeiro detectou estas manchas intrigantes.

“São únicas; só vimos estas características na Lua e a sua origem permanece um mistério desde a sua descoberta“, acrescenta o investigador.

Anteriores observações revelaram que estes padrões que podem ter vários quilómetros de distância e aparecer em grupos ou isolados surgem “onde estão incrustados na crosta lunar antigos pedaços do campo magnético”, realça a NASA, esclarecendo que “as áreas claras das espirais parecem ser menos desgastadas do que as que as rodeiam”.

Estas indicações ajudam os investigadores a relevar a hipótese de estas tatuagens lunares serem provocadas pelo escudo magnético.

Novos estudos efectuados com modelos de computador reforçam esta ideia, concluindo que “o campo magnético pode criar um campo eléctrico forte quando o vento solar tenta passar” e que “é este potencial eléctrico forte com muitas centenas de volts que pode desviar e atrasar as partículas do vento solar”, o que “reduziria o desgaste do vento solar, deixando regiões mais claras sobre áreas protegidas”, descreve a NASA.

Os resultados destas novas observações foram publicadas em dois artigos distintos na publicação científica Icarus, no início do ano, assinados por Brett Denevi, do Laboratório de Física Aplicada da Universidade Johns Hopkins, com o título “A distribuição e extensão das espirais lunares“, e por Amanda Hendrix, do Instituto Planetário de Ciência, com o título “Espirais lunares: Características Ultravioletas-Distantes“.

“O problema da ideia do escudo magnético é que os campos magnéticos embebidos na Lua são muito fracos – cerca de 300 vezes mais fracos do que o campo magnético da Terra. É difícil ver como teriam a força para desviar os iões do vento solar”, realça Bill Farrell do Centro de Voo Espacial Goddard da NASA em Greenbelt, Maryland.

A NASA vai assim, continuar a estudar o assunto, nomeadamente para perceber como é que o escudo magnético responde a forças diferentes e a direcções distintas do vento solar.

No entanto,”até haver alguém a fazer medições na superfície lunar, poderemos não ter uma resposta definitiva”, avisa John Keller.

SV, ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

PS quer que Cavaco Silva diga "quando é que soube do buraco do BES"

O PS quer que o antigo Presidente da República Cavaco Silva esclareça "quando é que soube do buraco do BES" e porque é que "não agiu atempadamente" para evitar o aumento de capital, que gerou …

Perdoar o passado, celebrar o renascimento e cumprir tradições. A primavera traz o Nowruz, o ano novo persa

Assim que as flores começam a desabrochar e os dias ficam mais longos, fica claro que o Nowruz está prestes a chegar. A celebração do ano novo iraniano é secular, com raízes que remontam a …

“Mostrámos que sabemos governar”. Bloco apresenta candidata a Lisboa (e abre a porta a acordo com PS)

O Bloco de Esquerda apresentou a candidatura de Beatriz Gomes Dias à Câmara Municipal de Lisboa, pediu “mais força” para determinar a governação da cidade e abriu a porta a novos entendimentos com o PS …

Fé nos números. Foi o voto não religioso que Donald Trump perdeu em 2020 

Em novembro de 2020, Joe Biden foi eleito Presidente dos Estados Unidos da América. Uma análise revelou recentemente que a derrota de Donald Trump dependeu daqueles que não se identificam com nenhuma religião. Ryan Burge, professor …

Chega apresenta oito candidatos para o distrito do Porto. Ventura acredita que vai ter "grande resultado"

O líder do Chega anunciou este sábado oito candidatos às próximas eleições autárquicas no distrito do Porto, onde André Ventura acredita que o partido vai ter "um grande resultado". "Fizemos esta deslocação ao Porto para anunciar …

"A política ama traição, mas despreza o traidor". Sócrates acusa PS de "ataque injusto" (e diz-se alvo de "vingança" da direita)

"A política ama a traição, mas despreza o traidor". No livro "Só Agora Começou", que será publicado nos próximos dias, José Sócrates acusa a atual direção do PS de traição. De acordo com o Diário de …

"Novas dificuldades e entropias". Autarcas independentes exigem extinção imediata da CNE

Os presidentes de Câmara e representantes de movimentos independentes decidiram este sábado dar um novo prazo aos partidos para que estes possam alterar a lei eleitoral autárquica. Porém, exigem a extinção imediata da Comissão Nacional …

Estudo mostra que as ovelhas preferem acasalar com machos subordinados

Um novo estudo descobriu que, ao contrário do que se podia pensar, as ovelhas preferem acasalar com machos que estão mais abaixo na hierarquia. Atualmente, a vida sexual da maioria das ovelhas é controlada pela indústria …

“Vamos iniciar uma nova etapa". Madeira vai testar toda a população (gratuitamente)

O Governo da Madeira vai desencadear uma campanha de testagem massiva da população da região, ainda sem data, que será gratuita, para aferir da evolução da pandemia da covid-19 no arquipélago, anunciou este sábado o …

O armazenamento de energia "sem massa" está a chegar

Uma equipa de cientistas da Chalmers University of Technology, na Suécia, produziu uma bateria estrutural com um desempenho dez vezes melhor do que todas as versões anteriores. A descoberta abre caminho ao armazenamento de energia …