NASA e ESA preparam-se para ir ao espaço desviar um asteroide

A Agência Espacial Norte Americana e a ESA estão a preparar uma missão ao espaço para testar tecnologias que permitam desviar um asteroide em rota de colisão com a Terra – e impedir o fim do Mundo, ou algo parecido.

A ESA e a NASA esperam que a missão ao espaço se realize em 2020, a fim de testar tecnologias que poderiam desviar um objeto grande o suficiente para destruir a Terra.

A equipa de cientistas ainda está nos estágios iniciais deste plano de defesa, e dentro de algumas semanas a ESA decidirá se vai ou não continuar a colaborar com esta missão.

Devido a problemas como a decisão sobre a plena implementação da missão e a complexidade dos trabalhos, os especialistas estão a pedir apoio financeiro.

A missão, apelidada de AIDA – Avaliação de Impacto e Deflexão de Asteroides, será dividida em duas: a ESA terá a função de avaliar o impacto do objeto e as suas consequências, e os americanos vão ficar com o teste de redirecionamento do asteróide.

Ambas as tarefas consistem em enviar sondas espaciais ao sistema binário de asteroides Didymos, cujos corpos devem passar pela Terra em 2022.

Os cientistas terão a oportunidade de testar várias técnicas de redirecionamento dos objetos, sem depender apenas de simulações – mas o projeto é bastante complexo.

A equipa de astrónomos não conseguirá caracterizar a superfície dos asteroides devido ao seu tamanho, e a sonda terá de lidar com a gravidade extremamente baixa e velocidades muito lentas.

Apesar da complexidade da missão, os especialistas esperam conseguir realizar os testes com sucesso para que, no futuro, possamos defender nosso planeta de uma catástrofe cósmica.

EUA estão preparados para queda de asteróide

As autoridades norte-americanas realizaram, recentemente, vários treinos de preparação para a colisão de um asteroide com a Terra.

Os exercícios foram organizados pela NASA e pela Agência Federal de Gestão de Emergências (FEMA), com participação de laboratórios nacionais, centros públicos de ciência e tecnologia do Departamento da Energia dos EUA e do Pentágono, representado pela Força Aérea.

Os treinos tiveram o objetivo de analisar a rapidez das várias estruturas para atuar durante uma emergência. Além disso, foram treinados métodos de prevenir o pânico entre a população e proteger as pessoas das consequências da catástrofe.

Segundo relatos de especialistas, um asteroide de 100×250 metros irá cair na Terra em 20 de setembro de 2020, no sul da Califórnia.

O chefe da Direção de Ciência da NASA, Tomas Zurbuchen, afirmou que existe uma ameaça real de catástrofe, mas neste momento a humanidade já consegue preparar-se e suavizar as consequências.

Anteriormente, a NASA informou que tinha criado um sistema de alerta precoce para um eventual “ataque de asteroides”, que pode detectar qualquer asteroide 5 dias antes de se aproximar da Terra.

ZAP / Canaltech / Sputnik News

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Vejo com preocupação a alteração de trajetória natural de corpos celestes. Não bate em nós mas e depois? Para onde vai o asteroide? Não vai bater em nada ou em “ninguém”? Como seria interpretada a nossa ação sobre a trajetória do asteroide? Só para pensarmos.

RESPONDER

Ai-Da, a robô artista, foi detida no Egito antes da sua mais recente exposição

Ai-Da, a primeira robô artista ultrarrealista do mundo, foi detida pelas autoridades egípcias na alfândega por "questões de segurança". De acordo com o jornal The Guardian, está previsto que Ai-Da apresente o seu último trabalho na …

Albertina Museum, em Viena, na Áustria

Cansados de ver posts removidos por nudez, museus de Viena aderiram ao OnlyFans

Cansados de ver as obras de arte que partilhavam nas redes sociais removidas por serem demasiado "explícitas", vários museus austríacos decidiram abrir uma conta na plataforma mais liberal OnlyFans. No passado, tanto o Conselho de Turismo …

O pior desastre nuclear da história dos EUA pode ter sido fruto de uma brincadeira

O SL-1 era um reator nuclear experimental de baixa potência, localizado no Idaho, nos EUA, que tinha como objetivo fornecer energia a pequenas instalações militares remotas no início dos anos 1960. O reator acabou por ficar …

PJ deteve quarto suspeito da morte de jovem no metro das Laranjeiras

A Polícia Judiciária (PJ) deteve, ao final da tarde desta quinta-feira, um quarto suspeito da morte de um jovem, na quarta-feira, na estação de metro das Laranjeiras, em Lisboa. Durante a tarde de hoje, em conferência …

A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, a ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, a ministra da Cultura, Graça Fonseca, e a ministra da Saúde, Marta Temido

Saúde, Trabalho e Cultura. As medidas aprovadas pelo Governo para facilitar a negociação do OE

Novo Estatuto do Serviço Nacional de Saúde, Agenda do Trabalho Digno e a versão final do Estatuto dos Profissionais da Cultura foram os grandes destaques da conferência de imprensa após o Conselho de Ministros desta …

Banido do Facebook, Donald Trump aposta na criação da sua própria rede social

Nova rede social deverá estar disponível a partir do início do próximo ano e é uma resposta do antigo presidente às empresas que o decidiram banir. O antigo Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump anunciou o …

Um cigarro aceso

"Fumar mata." Deputados britânicos querem que o aviso seja impresso em cada cigarro

Para desencorajar os fumadores, os deputados britânicos querem imprimir o slogan "Fumar mata" em cada cigarro de um maço de tabaco. Deputados britânicos apresentaram, no Parlamento, uma emenda à Lei de Saúde e Cuidados de Saúde …

Ludogorets 0-1 Braga | Horta bracarense dá frutos cedo

O Sporting de Braga conseguiu um importante triunfo por 1-0 na deslocação ao terreno do Ludogorets, no Grupo F da Liga Europa. A formação lusa não quis perder tempo e marcou logo aos sete minutos, por …

PJ admite mais pessoas envolvidas na morte de jovem no metro das Laranjeiras

A Polícia Judiciária (PJ) admitiu, esta quinta-feira, que estejam mais pessoas envolvidas na morte de um jovem, na quarta-feira, na estação de metro das Laranjeiras, em Lisboa. Os dados foram avançados esta tarde, em conferência de …

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

Marcelo continua a "desejar e a esperar que haja uma possibilidade de o OE passar"

O Presidente da República afirmou, esta quinta-feira, que continua "a desejar e a esperar que haja uma possibilidade de o Orçamento passar" e considerou que os próximos dias, com reuniões partidárias até ao fim-de-semana, "são …