NASA deteta “anomalia térmica” no centro do oceano Atlântico

NASA

Na Terra, há vários lugares com temperaturas extremamente altas, mas a maioria destes pontos encontra-se em terra. Mas, desta vez o satélite da NASA registou o fenómeno térmico bem no centro do oceano Atlântico.

O satélite meteorológico dos Estados Unidos Suomi NPP registou, recorrendo ao seu sensor ultravioleta e infravermelho que serve para monitorizar incêndios, uma área de temperaturas extremamente altas. E o maior problema desta descoberta é que esta, até ao momento continua sem explicação.

No mapa obtido pelos meteorologistas observam-se manchas vermelhas que correspondem a lugares de alta temperatura. Todos estes pontos estão localizados em terra, exceto um, que se encontra no meio do oceano.

Para solucionar o mistério, os especialistas da NASA decidiram colocar várias hipóteses, mas nenhuma delas parece corresponder à realidade.

Inicialmente, os cientistas da agência espacial norte-americana assumiram que a temperatura poderia ter aumentado após uma emissão de gás natural, mas fenómenos deste tipo ocorrem, por norma, perto da costa e em baixas profundidades. Em sentido contrário, nesta situação o ponto enigmático estava longe de qualquer terra firme.

Outra hipótese que foi colocada estava relacionada com a atividade no entanto, logo se descobriu que não há nenhum vulcão na área.

Finalmente, os cientistas concluíram que se trata da Anomalia do Atlântico Sul — uma região onde os cinturões de radiação espacial se encontram a algumas centenas de quilómetros da superfície da Terra.

Todos os objetos que cruzam a área estão expostos à radiação espacial. Por isso mesmo, o funcionamento de aparelhos espaciais que sobrevoam a zona é suspenso, incluindo o telescópio Hubble. Os satélites meteorológicos também sofreram os efeitos desta anomalia.

“Todas as noites o sensor detetava dezenas de anomalias térmicas em locais onde não deviam existir”, disse o investigador da NASA, Wilfrid Schroeder, ao Newsweek.

Tendo em conta o fenómenos, os engenheiros que constroem satélites meteorológicos desenvolveram filtros para prevenir os efeitos da radiação proveniente da anomalia magnética da região, para que os dispositivos não captem falsos sinais.

Ao que parece, um destes sinais conseguiu “enganar” os filtros acima mencionados. Embora o fenómeno tenha uma explicação científica clara, a descoberta atraiu os fãs das teorias da conspiração. Alguns deles supuseram que o “ponto quente” teria sido causado por um submarino nuclear danificado.

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

UE reduz lista de países para reabrir fronteiras e mantém EUA e Brasil de fora

Os Estados-membros da União Europeia (UE) atualizaram, esta quinta-feira, a lista de países aos quais reabrem as fronteiras externas, mantendo de fora os Estados Unidos e o Brasil. "Na sequência da primeira revisão ao abrigo da …

24 horas depois, estátua de manifestante antirracismo em Bristol foi removida

A estátua de uma manifestante do movimento Black Lives Matter, erguida, esta quarta-feira, na cidade de Bristol, no Reino Unido, já foi removida. De acordo com o jornal The Guardian, 24 horas depois de ter sido …

Advogados continuam luta para manter declarações fiscais de Trump em segredo

Depois de o Supremo Tribunal ter determinado que os procuradores nova-iorquinos podem ter acesso às declarações de impostos do Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, os seus advogados informaram na quarta-feira que estavam a considerar …

EUA negam vistos a funcionários da Huawei que apoiem "violadores de direitos humanos"

Esta quarta-feira, o Governo norte-americano que vai impor restrições nos vistos a funcionários da Huawei e a outras empresas que os Estados Unidos vejam como apoiantes de Governos violadores de direitos humanos. Além das restrições, o …

Ventilador produzido em Portugal recebe autorização de utilização do Infarmed

O ventilador Atena, produzido em Portugal, recebeu, na terça-feira, a autorização do Infarmed para o seu uso em contexto hospitalar na luta contra a covid-19. Esta quarta-feira, numa publicação na sua página de Facebook, o CEiiA …

American Airlines avisa 25 mil trabalhadores que podem perder emprego

Os dirigentes da American Airlines escreveram a cerca de 25 mil trabalhadores da transportadora aérea para lhes comunicar que o seu emprego pode desaparecer em outubro. Os dirigentes das Companhias de aviação dos Estados Unidos admitiram …

Trump substitui diretor de campanha a menos de quatro meses das eleições

O Presidente dos Estados Unidos substituiu, esta quarta-feira, o seu diretor de campanha, perante os maus resultados nas sondagens, a menos de quatro meses das eleições. "Tenho o prazer de anunciar que Bill Stepien foi promovido …

Bristol acordou com uma nova estátua. Manifestante antirracismo substitui comerciante de escravos

Bristol acordou com uma nova estátua. Um artista britânico ergueu uma estátua de uma manifestante do movimento ‘Black Lives Matter’ no topo do pedestal na cidade inglesa antes ocupado pela estátua de um comerciante de …

Enfermeira norte-americana matou sete doentes num hospital de veteranos com injeções de insulina

Uma enfermeira num hospital de veteranos norte-americanos matou deliberadamente pelo menos sete doentes com injeções de insulina. A mulher, que admitiu o crime, deverá ser condenada a sete penas de prisão perpétua, mais 20 anos …

PSP pôs fim à festa do título na Avenida dos Aliados. Um polícia ficou ferido

Na parte final dos festejos portistas, já durante a madrugada, nos Aliados, o Corpo de Intervenção da PSP do Porto foi obrigada a intervir contra um grupo de adeptos. Ninguém foi detido, mas um agente …