NASA confirma passagem da New Horizons por Plutão

A sonda espacial New Horizons, lançada em janeiro de 2006 pela agência espacial norte-americana (NASA), passou esta terça-feira a cerca de 12.500 quilómetros de Plutão, a distância mais próxima de sempre.

Após uma viagem que se prolongou por nove anos e meio, em que percorreu 4,77 mil milhões de quilómetros, a New Horizons passou o mais perto de Plutão às 11h49 TMG (12h49 em Lisboa) em piloto automático, divulgou a NASA.

A agência norte-americana espera receber um sinal da nave no final da tarde de hoje para saber se a New Horizons sobreviveu ao encontro com o planeta-anão.

Os especialistas consideraram existir uma possibilidade em 10 mil de a nave poder colidir com os detritos existentes na área além de Neptuno, conhecida como o cintura de Kuiper.

A New Horizons é descrita como pouco maior que um piano e, sendo a nave mais rápida alguma vez construída, desloca-se à velocidade de 49.570 quilómetros por hora.

Na segunda-feira havia algum nervosismo, enquanto a nave de 700 milhões de dólares (635 milhões de euros) avançava na direção da última fronteira não ultrapassada do sistema solar.

Desde que a New Horizons saiu da Terra, foram apresentadas imagens que revelaram pormenores de Saturno e Neptuno. Ao aproximar-se de Plutão, a sonda fez imagens inéditas do planeta-anão, tais como as que mostram a sua cor avermelhada, as duas faces do planeta e a sua maior lua, Caronte, a orbitar à volta do planeta-anão.

Experiência inédita

Além de ser a primeira missão que explorou Plutão, a NASA nota que a New Horizons bateu alguns recordes. É a primeira sonda a chegar a um planeta congelado anão, a explorar a Cintura de Kuiper (área onde fica Plutão), a primeira desde 1970 a explorar um planeta desconhecido e a nave mais rápida da história: a velocidade chegou aos 21 km/s.

No entanto, a NASA não gastou cerca de 720 milhões de dólares apenas para bater recordes. De acordo com investigadores da área, a chegada da New Horizons vai apoiar os estudos sobre como era a vida na Terra há milhares de milhões de anos.

Para Ivan Soares, investigador da Universidade de Brasília, é essa a principal contribuição da New Horizons. “É difícil dizer como era a Terra há quatro mil milhões de anos. Como Plutão não sofreu modificações devido à sua distância do Sol, é possível ter um panorama de vida há milhões de anos”, explica.

Já o engenheiro aeroespacial italiano Steffano Scutti sublinha que a New Horizons fecha uma primeira etapa em relação à exploração espacial do sistema solar. “Agora todos os planetas clássicos foram visitados pelo menos uma vez”.

O especialista também destaca que a missão deve reservar mais novidades depois de passar por Plutão. “Vale a pena lembrar que a missão não é só para visitar Plutão, mas também descobrir outros objetos da Cintura de Kuiper”.

ZAP / Lusa / EBC

PARTILHAR

RESPONDER

Um "palhaço" que vai apunhalar os iranianos nas costas. Líder supremo do Irão arrasa Trump

O líder supremo do Irão classificou esta sexta-feira o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, como "um palhaço" que finge querer ajudar os iranianos, mas vai atacá-los pelas costas com "um punhal envenenado". As declarações do …

"Lava que se farta". Justiça dá razão a Ana Gomes no processo movido por Isabel dos Santos

A ex-eurodeputada Ana Gomes venceu um dos processos que foi movido contra ela por Isabel dos Santos. Em causa estão publicações no Twitter, onde a diplomata acusava a empresária angolana de estar a usar Portugal …

Secretário da Cultura brasileiro vai ser demitido depois de se inspirar em discurso nazi de Goebbels

Roberto Alvim, secretário da Cultura brasileiro, fez um discurso esta quinta-feira copiando um discurso muito conhecido do ministro da propaganda de Adolf Hitler, Joseph Goebbels. O secretário da Cultura do Brasil, Roberto Alvim, divulgou um vídeo …

Presidente da Guatemala anuncia corte de relações com Venezuela

O novo Presidente da Guatemala, Alejandro Giammattei, anunciou na quinta-feira que ordenou o corte de relações com a Venezuela e o encerramento da embaixada neste país. Alejandro Giammattei, médico e ex-diretor do Sistema Penitenciário da Guatemala, …

Bolsonaro vai manter secretário acusado de irregularidades no Governo

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, defendeu hoje o titular da Secretaria Especial da Comunicação Social (Secom, órgão da Presidência), Fabio Wajngarten, acusado de alegadas irregularidades em contratos, garantindo que o manterá no cargo. “Pelo que eu …

FC Porto empresta Waris ao Estrasburgo com opção de compra obrigatória

O avançado ganês foi emprestado pelo FC Porto ao Estrasburgo até ao final da temporada, num negócio que inclui uma cláusula de opção de compra obrigatória. No final do empréstimo, o Estrasburgo fica obrigado a contratar …

Miguel Guimarães reeleito bastonário da Ordem dos Médicos

O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, foi eleito esta quinta-feira para um segundo mandato, com 93% dos votos. De acordo com os resultados provisórios avançados pela Ordem, estando contados 16.723 votos, Miguel Guimarães foi …

Governante sugere "chazinhos e bolos" para acabar com agressões nas salas de espera dos hospitais

"Salas de espera com bom aspecto, com televisão, revistas" e com "chazinhos e bolos" podem ajudar a reduzir o "clima de tensão" que se vive em alguns hospitais, contribuindo para acabar com as agressões a …

Detidos cinco suspeitos da morte de jovem cabo-verdiano em Bragança

A Polícia Judiciária anunciou, esta sexta-feira, que foram detidos cinco homens, suspeitos de estarem envolvidos na morte do estudante cabo-verdiano, em Bragança. A Polícia Judiciária (PJ) anunciou, em comunicado, que procedeu, esta quinta-feira, a "buscas domiciliárias, …

Cláudio Monteiro renuncia a cargo de juiz do Tribunal Constitucional

O juiz renunciou ao mandato do Tribunal Constitucional por ter sido, entretanto, nomeado Juiz Conselheiro do Supremo Tribunal. O juiz Cláudio Monteiro renunciou, esta quinta-feira, ao mandato de juiz do Tribunal Constitucional (TC), de acordo com …