NASA alimentou baratas com rochas lunares (e injetou a sua poeira em ratos)

JSC/NASA

A NASA deu rochas lunares de comer a baratas e injetou poeira dessas mesmas rochas em ratos. O objetivo era tentar perceber até que ponto é que seriam seguras para manter na Terra.

Quando a equipa da Apollo 11 trouxe para casa um grande armazenamento de rochas lunares em 1969, os cientistas da NASA imediatamente deram início a uma série de testes cuidadosamente planeados para garantir que até mesmo pequenas quantidades de poeira lunar não seriam uma ameaça para a biosfera da Terra.

“Não só tivemos de provar que não iríamos contaminar os seres humanos, como também não iríamos contaminar os peixes, pássaros, animais e plantas”, disse Charles Berry, responsável pelas operações médicas das missões Apollo, citado pelo Boing Boing.

Para perceber até que ponto eram seguras para ser mantidas na Terra, os cientistas deram-nas de comer a baratas e injetaram poeira lunar em ratos. Até os próprios astronautas foram mantidos três semanas em quarentena após teres chegado da Lua, razão pela qual todos os cuidados eram poucos.

A tripulação da Apollo 11 estava ansiosa por saber como respondiam os ratos às injeções de poeira das rochas lunares. “Eles queriam sempre saber como é que os roedores estavam”, contou Judith Hayer, chefe da Divisão de Investigação e Ciências Ambientais da NASA, em declarações à Space. O seu interesse era muito, já que se algo corresse mal com os animais, provavelmente também seriam más notícias para eles mesmos.

Além de ratos, também baratas, pássaros, peixes, moscas, camarões e ostras foram usados nestas experiências. Todos os animais sobreviveram em perfeitas condições de saúde — com uma única exceção. Muitas das ostras morreram, mas os cientistas explicaram as causalidades pelo facto de os testes terem sido feitos durante a sua época de acasalamento.

“Os resultados destes teste não forneceram nenhuma informação que indicasse que as amostras lunares devolvidas pela missão Apollo 11 continham agentes perigosos para a vida na Terra”, concluíram os cientistas num artigo publicado na revista Science no ano de 1970.

NASA

Também foram realizados testes em plantas, de maneira a procurar perceber se afetaria o seu desenvolvimento. Para sua surpresa, algumas das plantas cresceram melhor na presença de rochas lunares, em comparação com a areia usada pelos cientistas.

Adicionalmente, em experiências feitas em placas de Petri, “não encontraram nenhum crescimento microbiano nas amostras lunares”, realçou Hayes. Para alívio da tripulação, também não foi encontrado nenhum sinal de uma doença infeciosa nas análises feitas.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Love in on my side." The Black Mamba vencem o Festival da Canção

Love is on my side, dos The Black Mamba, vai representar Portugal no Festival Eurovisão da Canção, em maio, nos Países Baixos. Este sábado, os The Black Mamba venceram a 55.ª edição do Festival da Canção, …

A Perseverance usa o processador dos iMac de 1998

A Perseverance, a sonda da NASA que pousou no dia 18 de fevereiro em Marte, é movida por um processador PowerPC 750, que foi usado no iMac Bondi Blue original da Apple em 1998. Muitos podem …

Idosos que dormem menos de 5 horas têm o dobro do risco de sofrer de demência

Os idosos que dormem menos de cinco horas por noite têm o dobro do risco de sofrer de demência, sugere uma nova investigação. Os resultados são de uma equipa de cientistas do Brigham and Women's …

ROUGHIE. Planador subaquático observa silenciosamente os mares (sem perturbar a vida selvagem)

Os veículos subaquáticos autónomos tornaram-se ferramentas versáteis para explorar os mares. Porém, estas ferramentas podem ser prejudiciais para o meio ambiente ou ter problemas em movimentar-se em espaços confinados. Uma equipa de investigadores da Purdue University, …

Igreja cipriota pede que a música "demoníaca" da Eurovisão seja cancelada. Governo rejeita

El Diablo foi a canção escolhida para representar o Chipre no festival da Eurovisão, que terá lugar em Roterdão, em maio. A música cipriota da Eurovisão está a causar polémica. A Igreja Ortodoxa do Chipre pediu, …

Cientistas propõem que indústria da moda pague "royalties" pelo padrão leopardo

Cientistas de Oxford, no Reino Unido, propõem que a indústria da moda comece a pagar royalties pelo uso do padrão que imita a pele de leopardo, para tentar ajudar a reverter o declínio deste felino. "O …

André Ventura foi reeleito presidente do Chega com 97,3% (e deixou recados ao PSD)

André Ventura foi reeleito este sábado, com 97,3% dos votos nas eleições internas para a presidência do Chega. O presidente demissionário do Chega foi reeleito este sábado com 97,3% dos votos, percentagem que considerou legitimá-lo para …

Uma das maiores camas do céu. JetBlue revela a nova classe executiva do Airbus A321neo

Uma das maiores camas no céu deverá estrear dentro de alguns meses, quando a JetBlue começar a voar com os seus A321neo de Boston e Nova Iorque a Londres. No dia 26 de fevereiro, a norte-americana …

Putin diz que Internet pode destruir a sociedade se não for regida pela moral

 Internet pode destruir a sociedade a partir se não não for regida por valores e leis da moral, considerou Vladimir Putin. O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, advertiu que a Internet pode destruir a sociedade a …

China torna-se o primeiro país do mundo a ter mais de mil multimilionários

A China tornou-se o primeiro país do mundo a ultrapassar a marca dos mil multimilionários, tendo neste momento um total de 1058 pessoas que têm a sorte de poder fazer parte desse grupo restrito. De acordo …