Não é um pato com garras, é mesmo um dinossauro

(dr) Lukas Panzarin, Andrea Cau

Reconstituição do Halszkaraptor escuilliei

Parece um pato, caça como um pato, tem penas como um pato, e só não sabemos se faz quá, mas é, na realidade, um dinossauro parente do velociraptor. E é tão estranho, que os cientistas julgaram que era falso.

Um dinossauro com pescoço de pato e garras de velociraptor? Sim, existe. Trata-se do Halszkaraptor escuilliei, uma criatura que andou pela Terra há mais de 70 milhões de anos.

A bizarra criatura deixou um verdadeiro tesouro arqueológico, agora redescoberto: o fóssil de um esqueleto em excelente estado, praticamente completo, encravado numa rocha, que permitiu aos paleontólogos descobrir detalhes de uma das mais curiosas e interessantes criaturas do passado.

Do tamanho de um peru e coberto de penas, o Halszkaraptor escuilliei vivia entre a água e a terra, na região onde hoje é a Mongólia. As características de seu esqueleto mostram que ao mesmo tempo era capaz de passar longos períodos em terra e de nadar com facilidade e desenvoltura, com habilidade para caçar em ambos os meios.

Estes “cisnes da antiguidade” viveram no nosso planeta há 71 a 75 milhões de anos atrás. Além das presas agudas, tinham um pescoço de cisne, garras mortíferas afiadas como navalhas nos pés, um bico de pato e membros dianteiros que facilitavam o nado.

“Se somarmos todas as características, veremos que se tratava de um animal anfíbio: podia correr pela terra, como imaginamos os dinossauros e, além disso, podia entrar na água”, diz o paleontólogo Vincent Fernandez, acrescentando que o corpo da criatura era aproximadamente do tamanho de um pato, mas com uma cauda e patas mais longas.

O novo fóssil foi desenterrado no deserto de Gobi, uma zona rica em fósseis de dinossauros conhecida como Ukhaa Tolgod, rica em rios e lagos.

(dr) Lukas Panzarin, Andrea Cau

O bizarro fóssil estava completo, perfeitamente preservado

“Quando vi o fóssil pela primeira vez, fiquei em choque”, disse Andrea Cau, paleontóloga da Universidade de Bolonha e uma das autoras do artigo que apresenta a descoberta do animal, publicado esta quarta-feira na revista Nature.

O fóssil estava tão completo, lindamente preservado e, ao mesmo tempo, era tão enigmático e bizarro, com uma mistura inesperada de características estranhas. É o mais excitante desafio para uma paleontóloga”, afirmou Andrea Cau.

Tão estranho quanto o próprio animal foi a forma com que o fóssil foi, de facto, revelado. Após 70 milhões de anos preso numa pedra, o esqueleto terá sido provavelmente descoberto num passado recente, levado da Mongólia para a China, para depois chegar ao mercado ilegal de fósseis da Europa.

Um coleccionador honesto, cujo sobrenome, Escuillié, acabou por dar nome à espécie, em sua homenagem, teve conhecimento do fóssil, adquiriu o tesouro e enviou-o a um paleontólogo, oferecendo assim a descoberta à ciência.

E a descoberta vem mais uma vez provar que há ainda muita história nova por revelar, à medida que os paleontólogos vasculham a Terra à procura de restos do passado.

PARTILHAR

RESPONDER

Benfica prestes a garantir dois reforços do Boavista

O Benfica está prestes a garantir dois reforços do Boavista. Samu (extremo) e Helton Leite (guarda-redes) são os futebolistas na mira das águias, segundo avança o desportivo O Jogo. O jornal, que avança a notícia …

Ucrânia insiste na entrega das caixas negras do avião abatido pelo Irão

Kiev vai insistir para que Teerão lhe entregue as caixas negras do avião abatido pelo Irão em negociações, esta segunda-feira, com um ministro iraniano em visita à Ucrânia. O ministro dos Transportes iraniano, Mohammad Eslami, chegou …

Mota Soares. CDS tem de dialogar preferencialmente com o PSD

Pedro Mota Soares acredita que é do melhor interesse do CDS estabelecer diálogo com o PSD. Além disso, considera que o partido não deve permitir que seja eleito um Chefe de Estado mais à esquerda.  O …

Sporting chega a acordo para contratação de Sporar

O Sporting chegou a acordo com os eslovacos do Slovan Bratislava para a contratação do avançado esloveno Andraz Sporar, disse à Lusa fonte oficial dos leões. Andraz Sporar, de 25 anos, vai assinar um contrato até …

Aumentos da Função Pública acima dos 0,3% deverão ser nominais

Os aumentos que estão a ser estudados pelo Governo deverão ser nominais e contemplar as duas categorias remuneratórias mais baixas: os assistentes operacionais e os assistentes técnicos. Na semana passada, a ministra da Modernização do Estado e …

PSD de Loures pede demissão de Marta Temido por causa da não renovação de PPP

O PSD de Loures pediu, este domingo, a demissão da ministra da Saúde, num comunicado em que manifesta "profunda preocupação" com a não renovação da parceria público-privada (PPP) no Hospital Beatriz Ângelo. Para a concelhia do …

Ex-bombeiro e ex-militar entre os detidos pela morte de Giovani

Um ex-bombeiro e um ex-militar estão entre os cinco suspeitos que se encontram em prisão preventiva, acusados da morte do cabo-verdiano Luís Giovani Rodrigues. São todos naturais de Bragança, têm entre 22 e 35 anos …

Dois mil bilionários têm mais riqueza do que 60% do resto do mundo

Os 2.153 bilionários do mundo tinham em 2019 mais riqueza do que 4,6 mil milhões de pessoas, 60% da população mundial, alerta esta segunda-feira a Oxfam, segundo a qual a desigualdade económica e de género …

Liverpool vence Manchester United e vê o título cada vez mais perto

O Liverpool continua imparável na rota do título de campeão que lhe foge há três décadas, depois de ter vencido por 2-0 na receção ao Manchester United, este domingo, em jogo da 23.ª jornada da …

Novo mapa das freguesias na gaveta do Governo há dois anos

A ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão, voltou a garantir, na passada sexta-feira, que o Governo quer reverter a fusão de algumas das 1168 freguesias que se extinguiram em 2013. …