A Namíbia acaba de eleger um deputado chamado Adolf Hitler. É ativista e “anti-apartheid”

Heinrich Hoffmann / German Federal Archives; Election Commission Namibia

Adolf Hitler / Adolf Hitler Uunona

A Namíbia acaba de eleger nas eleições regionais um deputado chamado Adolf Hitler, um conhecido ativista e “anti-apartheid” em Uunona, a sua cidade natal, localizada no norte do país africano.

“Adolf Hitler teve uma vitória esmagadora nas eleições regionais na Namíbia”, escreveu esta quinta-feira o jornal alemão Spiegel, citado pela emissora Deutsche Welle.

De acordo com a imprensa internacional, o político recém-eleito é representante do partido Swapo, tendo sido eleito com 84,88% dos votos.

Em declarações ao jornal alemão Bild, o político explicou que o seu pai o tinha batizado com o nome de Adolf Hitler em homenagem ao ditador alemão porque, provavelmente “não entendia o que é que Adolf Hitler representava”. Agora, explica, é tarde de mais para mudar de nome, uma vez que este consta em todos os seus documentos oficiais.

Apesar de ter o mesmo nome do ditador alemão, o político frisa que mantém a maior distância possível do seu homónimo. “O facto de ter este nome não significa que esteja a planear dominar o mundo”, disse, em tom de brincadeira.

Segundo Spiegel, o nome “Adolf” é bastante comum na Namíbia, antiga colónia alemã. Existem também ruas batizadas de Otto von Bismarck (um importante estadista alemão do século XIX) ou Hans-Dietrich Genscher (político alemão do século XX) no país.

Entre 1884 e 1915, várias partes da Namíbia pertenceram ao Império Alemão.

Os colonizadores esmagaram de forma brutal revoltas dos grupos étnicos locais Hereros e Nama, matando dezenas de milhares de pessoas.

Até hoje, a relação entre a Namíbia e Alemanha não é fácil. O Governo alemão mantém, há vários anos, duras negociações com as autoridades do país africano sobre eventuais indemnizações relacionadas com crimes perpetrados durante a era colonial.

ZAP // DW

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. os alemães não chacinaram “dezenas de milhares de pessoas”, foram centenas de milhares. Só os Hereros foi um milhão. A chacina dos africanos foi um ensaio do que viria a ser o Holocausto.

RESPONDER

Pela primeira vez, um restaurante vegan ganha uma estrela Michelin em França

Um restaurante de comida totalmente vegan em França foi o primeiro do país a receber a desejada estrela Michelin. Localiza-se perto de Bordéus. A concessão da estrela ao ONA (Origine Non-Animale) é mais uma evidência de …

Onze mineiros resgatados com vida de uma mina de ouro na China

Onze mineiros presos há duas semanas dentro de uma mina de ouro na China, devido a uma explosão, foram hoje trazidos em segurança para a superfície, informou a televisão estatal chinesa. No dia 10 de janeiro, …

Multimilionário oferece 1 milhão em prémios por evidências de vida após a morte

Um empresário de Las Vegas, nos Estados Unidos, está a oferecer um milhão de dólares em prémios em troca de evidências de que existe vida após a morte. O investidor imobiliário e empresário espacial Robert Bigelow, …

Marcelo reeleito com 55% a 62% dos votos. Ana Gomes em segundo lugar

Marcelo Rebelo de Sousa foi reeleito para um segundo mandato como Presidente da República, após vencer as eleições deste domingo com 55% a 62% dos votos.  Segundo as primeiras projeções, Ana Gomes deverá ficar em …

Itália vai processar Pfizer e AstraZeneca devido a atrasos nas vacinas. UE pede "transparência"

A Itália vai processar a Pfizer Inc e a AstraZeneca devido aos atrasos na entrega das vacinas contra a covid-19 e para garantir os fornecimentos – não para obter compensações, disse neste domingo o ministro …

Declínio cognitivo relacionado com a idade pode ser reversível

Cientistas conseguiram reverter em ratos o declínio cognitivo causado pelo envelhecimento. O objetivo dos investigadores é que as farmacêuticas baseiem-se neste estudo para criar um composto que possa ser administrado em humanos. As células específicas do …

Afluência às urnas é menor (mas há mais votantes). Abstenção deverá ficar entre os 56 e 60%

A afluência às urnas às 16:00 nas presidenciais de hoje em Portugal, 35,4%, é a segunda mais baixa desde as eleições de 2006, ano em que este número passou a ser divulgado pela administração eleitoral. Esta …

Reino Unido já vacinou quase 6 milhões. Alemanha aumenta controlo nas fronteiras

O Reino Unido já administrou a primeira das duas doses da vacina contra o novo coronavírus em cerca de seis milhões de pessoas, quando o número de mortes no país devido à pandemia está perto …

Polícia desmantela rede de tráfico internacional de armas (e descobre santuário dedicado a Hitler)

Em dezembro, as autoridades espanholas conseguiram desmantelar uma rede ilegal de armas que operava em toda a Europa, e acabou por capturar os traficantes. O que a polícia não esperava era encontrar um armazém cheio …

Diminuição da esperança média de vida é "consequência inevitável" da pandemia

A esperança média de vida em Portugal vai necessariamente diminuir em consequência da pandemia de covid-19, defendeu um especialista, explicando que isso decorre do efeito combinado da morte de idosos, mas também de jovens em …