Na Hungria, Papa Francisco alerta para o anti-semitismo “à espreita” na Europa

Discrepância entre o tempo de estadia do Papa na Hungria (sete horas) e na Eslováquia (três dias) está a ser vista como um sinal que o responsável da igreja Católica quer enviar às autoridades húngaras.

Numa viagem muito antecipada à Hungria, o Papa Francisco alertou para o perigo do anti-semitismo que, na opinião do pontífice, estão à espreita na Europa. Numa reunião com líderes cristãos e judeus, Francisco destacou que esta ameaça “está à espreita na Europa e em todo o lado”. “Este é um rastilho que não podemos deixar que queime. A melhor maneira para o desarmar é trabalhar em conjunto, de forma positiva, e promover a fraternidade”, explicou.

As declarações foram feitas na Hungria, a propósito de uma viagem oficial do Papa a um país que é frequentemente notícia pelas políticas homofóbicas, islamofóbicas e anti-semitas do seu Governo. Tal como relembra o Político, em 2017, o Governo de Viktor Orbán foi alvo de criticismo depois de espalhar pelo país milhares de anúncios com a cara de George Soros, ele próprio judeu, acompanhados da frase “Não deixem o Soros rir-se no final”. Na altura, Orbán recusou todas as acusações de anti-semitismo.

Outro dos temas que motiva contestação à governação do Orbán, considerado de forma consensual um populista, são as políticas que visam impedir a entrada de imigrantes e refugiados no país, questão sobre a qual a igreja e o próprio Papa Francisco têm posições muito marcadas. “O sentimento religioso tem sido a força vital desta nação, está invariavelmente ligado às suas origens. A cruz, colocada no chão, não só nos convida a termos raízes sólidas, mas também estende os braços em direção a toda a gente.” Uma declaração vista como um incentivo às autoridades húngaras para o acolhimento de refugiados.

Sobre a reunião de Francisco com Viktor Orbán, o Vaticano adiantou que esta decorreu numa “atmosfera cordial“. “Entre os vários assuntos tratados esteve o papel da igreja no país, o comprometimento com a proteção do ambiente, a proteção e a promoção da família.” Já o gabinete de Victor Orbán, por sua vez, revelou que o chefe do Governo húngaro pedir ao pontífice para “não deixar a Hungria cristã desaparecer“.

Francisco passou um total de sete horas na Hungria antes de partir para a Eslováquia, onde deverá permanecer três dias. A discrepância entre o tempo de estadia entre os dois países está a ser vista como um sinal que o responsável da igreja Católica quer enviar às autoridades governamentais do país. Aparentemente, este foi recebido. Numa das televisões pró-regime do país foi possível ouvir, segundo relata a BBC, um analista a especular sobre as intenções de Francisco. “O Papa quer humilhar a Hungria ao permanecer apenas algumas horas”, disse.

  ARM //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Mosteiro medieval abriga o mais completo museu do circo da Europa

Nos salões de um mosteiro medieval na pitoresca localidade de Besalú, em Girona, alojou-se o Circusland - Palácio Internacional do Circo, o primeiro museu profissional da Europa que se dedica ao circo. O espaço conta com …

Livro de estreia de José Saramago publicado em castelhano pela primeira vez

O livro “Terra do Pecado”, que marcou a estreia na ficção de José Saramago, em 1947, vai ser lançado em Espanha na quinta-feira, no que é a primeira vez que a obra está disponível em …

A Citroën concebeu um skate inspirado na mobilidade urbana

O Citroën Skate é uma plataforma de veículos elétricos, totalmente autónoma, que pode ser equipada com diferentes tipos de cápsulas. A plataforma Citroën Skate quer revolucionar o transporte em meio urbano sem que seja necessário um …

Bebeu demais na noite anterior? Não é aconselhado tomar um parecetamol

A combinação de álcool e este tipo de medicação pode sobrecarregar o fígado e provocar danos hepáticos, refere uma especialista. Muitas das vezes cometem-se excessos com o álcool e, tendencialmente, os sintomas de desconforto surgem no …

Portugal 5-0 Luxemburgo | Manita com três de Cristiano

Goleada das grandes. Portugal recebeu o Luxemburgo e não permitiu as mesmas dificuldades do jogo da primeira volta. Aos 17 minutos a formação das “quinas” já vencia por 3-0, com duas grandes penalidades a ajudar, e …

Vantablack. A tinta preta mais preta do mundo já é vendida em peças (que se unem como legos)

Desde a substituição dos ecrãs verdes à pintura dos cenários do teatro, o futuro do entretenimento tem tudo a ver com a Ventablack - a cor preta mais preta do mundo. Nenhuma cor - ou, melhor …

Itália vai exigir passaporte sanitário a todos os trabalhadores a partir de sexta-feira

O primeiro-ministro italiano, Mario Draghi, assinou hoje um decreto com as normas sobre a obrigatoriedade de os funcionários públicos exibirem o passe sanitário a partir de 15 de outubro nos locais de trabalho, medida que …

Está criado o primeiro iPhone com entrada USB — pelas mãos de um estudante de robótica

Ken Pillonel é estudante do mestrado em robótica do Swiss Federal Institute e implementou um sistema que daqui a uns meses pode tornar-se regra nos dispositivos da marca da maçã. Numa altura em que a União …

Autópsia revela que Gabby Petito morreu por estrangulamento. Namorado continua desaparecido

A autópsia ao corpo de Gabby Petito revela que a jovem foi estrangulada. O namorado, Brian Laundrie, que a acompanhava na viagem, continua desaparecido. Além de revelarem o motivo da morte da norte-americana, as autoridades também …

F1: piloto do carro médico continua a recusar vacina (e português beneficia)

Alan van der Merwe não esteve no Grande Prémio da Turquia e, provavelmente, não vai estar em mais nenhuma corrida em 2021. Um português foi chamado para o Grande Prémio da Turquia, na Fórmula 1: Bruno …