Musk quer bombardear Marte. Pode ser só um “pretexto” para enviar armas nucleares para o Espaço

NASA HQ PHOTO / Flickr

O diretor da agência espacial russa Roscosmos, Dmitry Rogozin

O plano de Elon Musk de bombardear Marte é apenas um pretexto para o lançamento de armas nucleares para o Espaço, disse o diretor da agência espacial russa Roscosmos, Dmitry Rogozin.

Bombardear Marte para tornar o planeta habitável para humanos é a solução de Elon Musk, que já tinha sido mencionada anteriormente pelo empresário norte-americano. O uso de bombas nucleares no Planeta Vermelho, segundo alguns especialistas, poderia fundir as calotas polares e libertar grandes quantidades de dióxido de carbono para a atmosfera.

Isto permitiria criar uma espécie de efeito de estufa, que acabaria por aumentar a temperatura e a pressão atmosférica do planeta. Teoricamente, estas condições tornariam o planeta habitável para seres humanos.

No entanto, o diretor da agência espacial russa Roscosmos, Dmitry Rogozin, não acredita no plano de Musk e considera que os Estados Unidos podem valer-se dele como pretexto para enviar armas nucleares para o Espaço. No fundo, segundo o The Moscow Times, por trás deste plano mirabolante do empresário, estão interesses estratégicos siderais norte-americanos.

“É pouco provável que se consiga explodir Marte, mas o pretexto para lançar uma arma termonuclear no Espaço é óbvio”, escreveu Rogozin, no Twitter, no dia 18 de maio. Na sua opinião, os Estados Unidos estão a enveredar por um caminho de “militarização do Espaço”.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. De que servirá enviar armas para o espaço se as que cá estão em baixo são suficientes para acabar com a vida na terra em poucos minutos? Talvez porque a incapacidade da Rússia em poder acompanhar a tecnologia que outrora rivalizava com os americanos foi chão que deu uvas, seja a razão de estarem a estrebuchar.

    • Porque o Trump acabou de criar o braço militar espacial, a Space Force. Ele quer militarizar o espaço e colocar armas no espaço. Não me admirava nada que o Musk baixasse as calças ao Trump, e que levasse algumas armas lá para cima, para depois ter garantias de prestar serviços ao exército e Nasa. Tudo interesses de milhões meu rapaz. O dinheiro é que manda.

  2. Bombardear Marte para tornar o planeta habitável para humanos? Andam a ‘brincar’ com o fogo. Os seres vivos, de que nós os humanos fazemos parte, temos o planeta Terra como nossa casa e o que precisamos é tratar bem da nossa casa de modo a todos os habitantes desta casa terem uma vida digna. Afinal, não é isto que qualquer família pretende para os seus familiares?
    Esta pretensão ‘cheira-me’, infelizmente, a uma caraterística que muitos de nós temos, isto é, nunca nos damos por satisfeitos com o que temos……… somos GANANCIOSOS. Aproveitemos as fantásticas descobertas que fizemos e vamos fazendo, nomeadamente a energia nuclear para o bem do homem, que habitou e habita este fantástico planeta, designado TERRA. Somos uns felizardos por podermos viver neste planeta, a TERRA.

  3. Acredito plenamente que os estado unidos apesar de quererem ser os donos do mundo tambem queiram ser do espaço
    Colocar bombas nucleares no espaço tornam os estados unidos mais poderosos que o que ja sao os que seria um grande risco para a humanidade e o planeta

RESPONDER

Paços de Ferreira 0-5 Benfica | Seferovic “parte tudo” na Capital do Móvel

Na noite deste sábado, o Benfica somou o sétimo triunfo consecutivo no campeonato, ao golear o Paços de Ferreira por 5-0, num embate relativo à 26.ª jornada do campeonato. A equipa de Jorge Jesus, que acabou …

Após terramotos e deslizamentos, a "cidade moribunda" de Itália ainda resiste no topo de uma montanha

Chamar-se a si mesmo de "Cidade Moribunda" pode não parecer a melhor forma de atrair turistas, mas Civita, em Itália, aprendeu a viver com o facto de estar a morrer. Há vários séculos, a cidade …

"Alexa, estou com calor." Já é possível controlar o ar condicionado de um Lamborghini apenas com a voz

A Amazon está a dar um grande passo na indústria automóvel ao integrar a Alexa no Huracán EVO da Lamborghini, não apenas para fazer perguntas, mas dando ao assistente virtual a capacidade de controlar as …

Nova tecnologia pode enviar luz solar para o subsolo

Investigadores da Universidade Tecnológica de Nanyang, na Singapura, inventaram um novo dispositivo que pode ajudar o país a iluminar a sua crescente infraestrutura subterrânea. A Singapura é um dos países que tem apostado cada vez mais …

Livro lança "caça ao tesouro" a urna de ouro oferecida por Inglaterra a França antes da Entente Cordiale

Um novo enigma literário está prestes a chegar às estantes de livros com uma recompensa incomum. Pistas em "The Golden Treasure of the Entente Cordiale" podem levar leitores no Reino Unido e França a um …

Para evitar casos de burnout, LinkedIn deu uma semana de férias aos quase 16 mil funcionários

O LinkedIn decidiu dar uma semana de férias (remunerada), que começou esta segunda-feira, a todos os seus funcionários espalhados pelo mundo. O objetivo? Desconectar, recarregar baterias e prevenir casos de burnout.  "Queríamos ter a certeza de …

Pequenos nadadores-robô curam-se a si próprios (e em movimento)

Uma equipa de investigadores da American Chemical Society desenvolveu pequenos robôs nadadores que conseguem curar-se a si mesmos magneticamente. O tecido vivo pode curar-se autonomamente de muitos ferimentos, mas fornecer habilidades semelhantes a sistemas artificiais, como …

Tondela 0-2 FC Porto | Missão cumprida com serviços mínimos

Missão cumprida. O FC Porto fez poupanças no jogo com o Tondela, mas levou os três pontos para casa, graças a um triunfo por 2-0. Os “dragões” foram claramente superiores no primeiro tempo, marcaram por Toni …

Portugal pode atingir linha vermelha dos 120 novos casos por 100 mil habitantes em dois meses

Portugal pode atingir uma taxa de incidência de de 120 casos por 100 mil habitantes daqui a dois ou mais meses se se mantiver o atual ritmo de crescimento deste indicador. Esta é a conclusão de …

Akon ainda não construiu a "Wakanda da vida real", mas o Uganda já lhe está a dar terrenos para a segunda

O artista de R&B Akon ainda não concretizou a sua visão ambiciosa de uma cidade “futurística” alimentada por uma criptomoeda chamada “Akoin” e construída num terreno que lhe foi dado pelo governo senegalês. Contudo, o …