Muro de Berlim caiu há 25 anos

antaldaniel / Flickr

A queda do Muro de Berlim junto à porta de Brandeburgo, 1989

 A Alemanha celebra este domingo os 25 anos da queda do Muro de Berlim com um programa que inclui Beethoven, exposições e uma versão de ‘Heroes’, de David Bowie, por Peter Gabriel.

As comemorações oficiais decorrem junto à porta de Brandeburgo, lugar simbólico da divisão da cidade entre 1961 e 1989.

As marcas do muro foram recuperadas na sexta-feira com uma fileira de 8.000 balões, com cerca de 15 quilómetros, instalada sobre o traçado do Muro que durante 28 anos dividiu a cidade em duas, pertencentes a dois mundos diferentes.

Nas celebrações oficiais, dissidentes da ex-RDA evocarão a vida no Leste, bem como a noite de 9 de novembro de 1989, quando o Muro foi derrubado.

“A atmosfera de festa nessa noite era autêntica e incrível”, descreveu o ator alemão Jan Josef Liefers, citado no comunicado.

Esta noite, os balões serão desatados e libertados na noite, no céu de Berlim, ao som da 9.ª Sinfonia do compositor alemão Ludwig van Beethoven.

Os berlinenses poderão assistir, primeiro, a um concerto da orquestra da ópera de Berlim, sob a direção do maestro argentino Daniel Barenboim.

Música mais contemporânea preencherá o resto da tarde, que terminará com a actuação do ex-vocalista dos Genesis, Peter Gabriel, que interpretará ‘Heroes’, o hino que David Bowie gravou em 1977 junto ao muro, quando residia na então Berlim ocidental.

O veterano do rock alemão Udo Lindenberg, que compôs em 1983 ‘Sonderzug nach Pankow’, canção em que gozava com o então líder da Alemanha oriental, Erich Honecker, estará também presente.

Angela Merkel irá inaugurar uma exposição no Memorial do Muro de Berlim.

Está igualmente prevista uma cerimónia paralela, na qual deverão participar o presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz, os prémios Nobel da Paz Mikhail Gorbatchov e Lech Walesa, respetivamente ex-presidente soviético e ex-dirigente do sindicato polaco Solidariedade que se tornou chefe de Estado da Polónia.

“Com estas celebrações, festejamos a revolução pacífica e a queda do Muro”, sublinhou o porta-voz do Governo alemão, Steffen Seibert.

“Pensaremos nas muitas pessoas, corajosas e determinadas, que, com persistência, se manifestaram, tornando possíveis os felizes acontecimentos de 09 de novembro de 1989 e, em consequência, à reunificação da Alemanha“, em 1990, acrescentou.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Nona Sinfonia de Beethoven revela novos detalhes sobre o cérebro humano

A Nona Sinfonia de Ludwig van Beethoven, 250 anos após a sua criação, ajudou a demonstrar a existência de células conceituais no cérebro. Quase 200 anos depois da morte de Beethoven, a maior obra do músico …

Governo vai suspender devolução dos manuais escolares

O ministro da Educação informou hoje que o Governo vai suspender a devolução de manuais escolares, em curso desde 26 de junho, cumprindo a decisão do parlamento, que aprovou uma proposta nesse sentido. O plenário da …

Cuba prestes a abrir portas ao turismo (exceto aos cubano-americanos)

Depois de fechar as suas fronteiras para os turistas no final de março por causa da pandemia da covid-19, Cuba prepara-se agora para reabrir várias das suas baías ao turismo - mas há algumas exceções. …

Cidade do México enterrou os rios para prevenir doenças, mas a covid-19 resiste e prospera

Na tentativa de evitar a disseminação de doenças como a malária e a cólera, a Cidade do México enterrou os seus rios. Agora, como consequência, criou inadvertidamente as condições necessárias para a covid-19 prosperar. A Cidade …

Descoberto sistema de túneis da I Guerra onde estarão enterrados dezenas de soldados

A Agência do Património da Bélgica anunciou esta semana a descoberta de um sistema de túneis alemão da I Guerra Mundial, onde estarão, muito provavelmente, dezenas de soldados enterrados. Em comunicado, citado pela Russia Today, …

Cinco funcionários da Tesla dizem ter sido despedidos por terem ficado em casa durante a pandemia

Cinco funcionários da produtora automóvel Tesla dizem ter sido despedidos por terem ficado em casa durante a pandemia, avança o The Washington Post. De acordo com o jornal norte-americano, foram cinco os colaboradores dispensados da …

"Qual o lugar mais seguro?". Costa compara infetados no Reino Unido e Algarve

O primeiro-ministro apresentou hoje uma tabela que mostra o Reino Unido muito acima do Algarve em número de infetados com covid-19 por cem mil habitantes e pergunta qual o lugar mais seguro para umas férias …

Azul anuncia venda de 6% da TAP ao Estado por 10 milhões de euros

A companhia aérea brasileira Azul, de David Neeleman, anunciou hoje a venda de 6% da TAP, no âmbito do acordo anunciado esta quinta-feira entre o Estado e os acionistas privados, que “garante a continuação” da …

NASA cria dispositivo que o avisa para não tocar no rosto (e pode ser reproduzido em casa)

A pensar na pandemia, a NASA desenvolveu o PULSE, um colar vibratório que nos alerta se formos tocar no rosto com as nossas mãos. A pandemia de covid-19 alastrou pelo mundo e, enquanto não chega um …

Há mais 11 mortes e 374 novos casos de infecção (300 são na Grande Lisboa)

Portugal regista hoje mais 11 mortos devido à doença covid-19 do que na quinta-feira e mais 374 infectados, dos quais 300 na Região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo o boletim da Direcção-Geral da …