Os mundos de água podem suportar vida alienígena

Investigadores da Universidade de Chicago e da Pensilvânia, nos Estados Unidos, sugerem que os “mundos de água” podem mesmo suportar vida extraterrestre – apesar de os cientistas assumirem até então que é bastante improvável. 

A comunidade científica tem assumido que os planetas de água – mundos totalmente cobertos por oceanos profundos – são hostis à vida, uma vez que não permitem o ciclo de minerais e gases que mantêm o clima da Terra estável.

No entanto, um novo estudo publicado no dia 31 de agosto no The Astrophysical Journal, afirma o contrário, sugerindo que os planetas oceânicos podem sustentar vida. Quanto ao tempo em que a vida seria possível, dependeria das condições do planeta.

Nas últimas duas décadas, os cientistas descobriram milhares de exoplanetas, muitos dos quais rochosos e na chamada “zona habitável” das suas estrelas-mãe. Apesar das descobertas, os investigadores não conhecem todas as condições de habitabilidade porque, até agora, só conhecemos um mundo habitável – a Terra.

Muitas vezes, os cientistas usam o clima da Terra para entender de que forma é que os planetas em geral poderiam manter as suas condições climatéricas estáveis por milhões ou biliões de anos – tempo suficiente para que a vida se conseguisse manter.

Condições necessárias

A nova pesquisa, baseada em mais de 1.000 simulações com exoplanetas, sugere que os planetas de água poderiam ser habitáveis se satisfizessem certas condições.

Segundo o estudo, os planetas precisariam de ter uma certa quantidade de carbono – elemento no qual a vida na Terra é baseada. Além disso, o exoplaneta iria precisar de muita água no início da sua formação bem como, ter capacidade de alternar entre a atmosfera e o oceano para estabilizar o seu sistema.

A estas condições soma-se a necessidade de o planeta manter os seus elementos e minerais originais, em vez de os dissolver no oceano e retirar o carbono da atmosfera.

“Isto realmente muda a ideia de que é necessário um clone da Terra – isto é, um planeta com alguma terra e um oceano raso [para sustentar vida]”, disse o autor principal do estudo Edwin Kite, geofísico da Universidade de Chicago.

De acordo com Kite, e enquanto a equipa conduzia simulações para encontrar planetas que orbitam à volta de estrelas semelhantes ao Sol, cresceu o otimismo relativamente à procura de estrelas anãs vermelhas – outro ponto importante na procura de vida extraterrestre.

As anãs vermelhas são mais fracas do que o Sol mas, se o planetas estiverem próximos o suficiente da estrela, podem, em teoria, ter água na sua superfície e encontrar as condições necessárias para a habitabilidade. No entanto, importa referir que estas estrelas são extremamente variáveis, podendo enviar radiações fatais para os seus planetas.

A quantidade certa de carbono, poucos elementos e cristais da crosta dissolvidos no oceano e a luz constante de uma estrela são os elementos necessários para que um mundo de água possa sustentar vida – e se possa juntar ao “pódio da habitabilidade” da Terra.

ZAP // Space.com

PARTILHAR

RESPONDER

França acaba com máscara no exterior (e Espanha vai pelo mesmo caminho)

Em França, o uso de máscara na rua deixa de ser obrigatório a partir de quinta-feira. Espanha deverá seguir o mesmo caminho "em breve". O uso de máscara no exterior deixa de ser obrigatório em França …

Swissport em Lisboa para tentar comprar a Groundforce

O acionista maioritário da Groundforce, que está a tentar vender a sua participação na empresa de handling, encontra-se agora a negociar com os suíços da Swissport. Depois de o fundo espanhol Atitlan se ter afastado e …

BdP prevê taxa de desemprego de 7,2% e crescimento económico de 4,8%

O Banco de Portugal (BdP) prevê que a taxa de desemprego atinja 7,2% em 2021, recuando para 7,1% em 2022 e 6,8% em 2023, e que o emprego cresça 1,3% este ano. No Boletim Económico de …

Finlândia 0-1 Rússia | Miranchuk recoloca russos na corrida

A anfitriã Rússia conseguiu hoje uma determinante vitória na luta pelo apuramento para os oitavos de final do Euro2020 de futebol, ao bater a Finlândia por 1-0, em São Petersburgo. No primeiro jogo da segunda jornada …

Nove militares da GNR acusados de tortura

O Ministério Público (MP) do Porto acusou nove militares da GNR dos crimes de tortura e outros tratamentos cruéis, degradantes ou desumanos e sequestro agravado. O Ministério Público (MP) do Porto acusou nove militares da GNR, …

Costa garante que Lisboa terá o mesmo tratamento que os outros concelhos

Esta quarta-feira, num dia em que Portugal registou 1.350 novos casos ( 928 dos quais na região de Lisboa e Vale do Tejo), o primeiro-ministro afirmou que a capital terá o mesmo tratamento que os …

Salgado disposto a pagar à massa falida do GES para ficar isento de cumprir pena

Ricardo Salgado está disposto a pagar à massa falida do GES para ser dispensado de cumprir pena no processo que o irá julgar por três crimes de abuso de confiança, segundo a contestação da defesa …

PJ detém 12 pessoas por suspeitas de corrupção na Câmara de Loures

Entre os detidos pela Polícia Judiciária (PJ) estão dois empreiteiros, um arquiteto, um empresário ligado a uma obra particular e oito fiscais. Através da Unidade Nacional de Combate à Corrupção e no âmbito de inquérito dirigido …

Casos disparam: 1350 novas infeções e seis óbitos

Nas últimas 24 horas, houve 1.350 novos casos positivos de covid-19 e morreram seis pessoas, segundo os dados do boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS). Portugal registou 1.350 novos casos e seis óbitos por covid-19 …

Parlamento vai ouvir Medina e ministro dos Negócios Estrangeiros

Fernando Medina e Augusto Santos Silva vão ser ouvidos no Parlamento sobre o caso da partilha de dados pessoais de ativistas russos. O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, e o ministro dos Negócios …