Múmia egípcia com cabeças de princesa e de crocodilo exibida pela primeira vez

Uma antiga múmia egípcia com duas cabeças, uma de uma princesa e outra de um crocodilo, foi exibida pela primeira vez na Turquia, depois de ter sido escondida do público durante mais de um Século por ordem do Sultão otomano Abdulhamid II.

O jornal Hurriyet salienta que, segundo especialistas turcos, a múmia é composta por restos de uma princesa do Antigo Egipto não identificada e pelo corpo e o crânio de um crocodilo do Nilo.

A explicar esta estranha múmia, há uma lenda que conta que a menina morreu atacada por um destes répteis. Por isso, os governantes daquela época decidiram juntar os corpos, acreditando que assim a jovem herdeira do Faraó ressuscitaria, transformando-se num crocodilo.

Inicialmente, a múmia permaneceu no Palácio de Yildiz, em Istambul, a capital da Turquia, depois de ter sido trazida do Egipto pelo Sultão Abdulaziz, em meados do Século XIX. E foi uma situação anedótica que levou à transferência da múmia para outro palácio, como escreveu na década de 1950 o historiador turco Ibrahim Hakki Konyali.

Aparentemente, um dos servos do Palácio de Yildiz queria que o confeiteiro da corte lhe desse doces. Como o pedido foi recusado, ele decidiu então fazer uma brincadeira, colocando a cabeça do crocodilo sobre as pilhas de sacos de açúcar do armazém do palácio.

À noite, o criado começou a reproduzir sons no depósito para chamar a atenção. Assustados, os moradores do Palácio foram até ao local de onde vinha o barulho, e descobriram horrorizados a cabeça do réptil e acreditaram que ela era a fonte dos barulhos.

De seguida, o empregado apareceu e disse que retiraria a cabeça com a condição de que o confeiteiro aceitasse as suas exigências.

Depois disso, o Sultão decidiu que a múmia fosse transferida para a sua actual residência no Palácio de Topkapi, também em Istambul, para aliviar as tensões.

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Precisamente senhores “jornalistas”, se Istambul é a capital da Turquia, Ancara é o quê?
    Quanto à notícia já tentei perceber nas fontes mas não cheguei a nenhuma conclusão… é que as duas fotos parecem de múmias distintas (uma da princesa e outra do crocodilo separados) caso sejam do mesmo corpo mas referentes a diferentes estados de decomposição também não faz sentido pois teríamos de estar a falar de dezenas ou centenas de anos e a qualidade das fotos é idêntica.

    • Caro “Pedro Sousa”,
      Tecnicamente, é mais correcto dizer que Ancara é a capital da Turquia. Istambul é considerada a capital financeira.
      No que diz respeito à notícia, a múmia das duas cabeças é a da foto da esquerda (ou seja, a que está no tweet do Hurriyet no fim do texto)

      • Eh eh eh… Ó ZAP… por amor de Deus!!! Quando se erra reconhece-se e a vida continua… Agora dizer… “é mais correto”…
        Isto é quase como aquela equipa quer perdeu 7 a 0 e no final diz que foi um quase empate. Não, não foi. Foi uma derrota das grandes.

    • Caro Pedro. Obrigado pelo seu reparo. O ZAP está a antecipar-se às intenções do Erdogan em mudar a capital para Istambul, acabando assim a supremacia política de Ancara.
      Quanto ao resto do seu comentário reconhecemos que o caro amigo não terá compreendido porque o seu intelecto não lhe permite mais. Contente-se em ser quem é e aceite-se assim mesmo. É um primeiro passo para a felicidade.

RESPONDER

Marisa Matias critica Centeno por “encabeçar ameaças” a Itália

A eurodeputada Marisa Matias, do Bloco de Esquerda, disse a Mário Centeno, num debate no Parlamento Europeu, que é “desconcertante” vê-lo, enquanto presidente do Eurogrupo, a “encabeçar as ameaças” a Itália, questionando-o se não "há …

Moscovici quer voltar a "tweeetar" com Costa (mas deixa avisos)

O comissário europeu dos Assuntos Económicos, Pierre Moscovici, diz que ficará "encantado" se o primeiro-ministro e seu "bom amigo" António Costa tiver o prazer de voltar a "tweetar". Isto para sublinhar que espera que Portugal …

Não há acordo. Greve dos enfermeiros começa quinta-feira e só acaba no fim do ano

Os enfermeiros mantêm a greve que começa na quinta-feira nos blocos operatórios de cinco hospitais, por falta de acordo com o Governo sobre a estrutura da carreira. A informação foi prestada à Lusa pelos presidentes da …

Próximas eleições portuguesas podem ser marcadas por fake news

A difusão de notícias falsas durante as eleições brasileiras atingiu níveis sem precedentes e o fenómeno chegou também a Portugal, onde se pode estar a preparar uma ação semelhante para as próximas eleições nacionais, alertou …

Proposta de Orçamento mostra um "profundo desconhecimento" do país

A presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, considerou esta terça-feira que a proposta de Orçamento do Estado para 2019 (OE2019) mostra um "profundo desconhecimento" e está de "costas voltadas" para o país. "É um Orçamento que mostra …

Caso Khashoggi: Trump mantém-se ao lado da Arábia Saudita

Donald Trump emitiu um comunicado em que se pronunciou sobre o assassinato do jornalista Jamal Khashoggi, revelando que embora condene veemente o crime, a relação dos Estados Unidos é com Reino da Arábia Saudita, "parceiros …

Visita de João Lourenço pode deixar “irritante” entre Portugal e Angola para trás

A primeira viagem de Estado de João Lourenço a Portugal é uma demonstração de que Portugal e Angola "pretendem enterrar o irritante e avançar com os temas da cooperação direta", avança Jornal de Angola. No editorial …

Documento de 2014 previu colapso e aconselhava encerramento da estrada de Borba

Há novos dados que apontam que a tragédia da estrada de Borba, que desmoronou, provocando a morte de 2 pessoas e mais 3 desaparecidas, poderia ter sido evitada. Um memorando de 2014 já previa a …

Noiva adolescente leiloada no Facebook. Rede social só reparou depois do casamento

Uma jovem de 16 anos do Sudão do Sul foi leiloada para casamento no Facebook. Quando a rede social reparou, a jovem já tinha sido comprada e estava casada. De acordo com a organização pelos Direitos …

Défice português “desaparece” em 2020, mas é preciso mais

O défice público de Portugal deve cair para 0,2% do PIB em 2019, como prevê o Governo, e em 2020 deve “desaparecer”, transformando-se num excedente de 0,1% do PIB, defende a OCDE. A organização dos países …