/

Mulheres sauditas assistem, pela primeira vez, a jogo no estádio de futebol

luiscerezo / Flickr

Depois da vitória de poderem conduzir, uma segunda conquista para todas as mulheres de origem saudita. A medida faz parte das iniciativas sociais empreendidas pelo príncipe herdeiro Mohamed ben Salmán.

Pela primeira vez na história da Arábia Saudita, as mulheres puderam assistir esta sexta-feira como público num estádio de futebol, algo que era proibido até agora no reino muçulmano ultraconservador.

As espectadoras, muitas delas munidas de cachecóis a bandeiras, assistiram a um encontro entre os clubes Al Ahli e Al Batin, que se celebrou no estadio Cidade Desportiva Rei Abdalá, na cidade costeira de Yeda.

As sauditas podiam assistir sozinhas ou acompanhadas, mas apenas em assentos designados ao público feminino e às famílias, separados do público masculino.

“Via os jogos na televisão, enquanto os meus irmãos iam ao estádio. Sentia-me triste e perguntava por que não podia eu ir. Mas isso hoje mudou, é um dia de prazer e alegria, confessou à AFP uma das espectadoras, Nura Bajuryi, enquanto que Rueida Ali Qasem, outra espectadora, se mostrava orgulhosa e muito contente com estas mudanças”.

O Governo saudita anunciou a semana passada que as mulheres poderiam assistir a um segundo jogo este sábado e um terceiro na próxima quarta-feira. Os restantes campos de futebol estarão aptos a receber adeptas femininas no início da próxima temporada e incluirão cafetarias e salas de oração separadas.

A medida, anunciada em outubro, faz parte das iniciativas sociais empreendidas pelo prinicipe herdeiro Mohamed ben Salmán, de entre as quais se destaca o levantamento, a partir de junho, da proibição para as mulheres de conduzir, ou a abertura de salas de cinema públicas pela primeira vez em mais de 35 anos.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.