Mulheres são violadas e queimadas vivas por soldados no Sudão do Sul

United Nations Photo / Flickr

-

A guerra civil no Sudão do Sul atingiu em abril um novo nível de atrocidades. A ONU revelou pelo menos 172 raparigas e mulheres adultas foram raptadas e violadas pelo exército sul-sudanês e por milícias aliadas do Governo, sendo de seguida trancadas em casa e queimadas vivas.

O Relatório das Missões das Nações Unidas no Sudão do Sul (UNMISS), divulgado esta terça-feira, indica que os níveis de violência estão a aumentar e denuncia violações dos direitos humanos. A ONU acusa ainda o Exército da Liberação do Povo do Sudão (SPLA) de atrasar as investigações por restringir o acesso às zonas rurais – onde a maioria dos incidentes ocorrem.

As atrocidades têm sido cometidas ao longo de 18 meses de guerra civil entre os apoiantes do atual Presidente Salva Kiir e os do ex-vice-Presidente Riek Machar.

Apesar de não ser a primeira vez que são relatadas ações de violência, “há alegações não apenas de assassinato, violação, rapto, roubo, incêndios e deslocamento, mas também de uma nova brutalidade e intensidade, incluindo atos tão horríveis como o de queimar vivas pessoas dentro das suas casas“, indica a UNMISS.

O relatório da ONU, baseado em entrevistas a 115 vítimas e testemunhas, foi seguido de um relatório da organização para os direitos das crianças (UNICEF) onde é divulgado que as crianças capturadas no conflito são castradas e amarradas, sendo depois degoladas.

Entre os casos relatados pela ONU está a morte pelo fogo de várias meninas e mulheres adultas. Outras foram torturadas e forçadas a agarrar em pedaços incandescentes de carvão durante interrogatórios que visavam apurar o paradeiro de guerrilheiros rebeldes. Pelo menos 172 terão sido raptadas, e 79 sujeitas a violência sexual, por vezes em grupo.

Estima-se que mais de 100 mil pessoas tenham sido forçadas a deixar as suas casas desde que se iniciou a guerra civil no país, em dezembro de 2013.

ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Este ano não há São João nem Santo António. Festas populares canceladas em Lisboa e Porto

As Câmaras Municipais de Lisboa e do Porto resolveram cancelar as festividades de Santo António e de são João, respectivamente, por causa da pandemia de Covid-19. As marchas populares só voltam no próximo ano, com …

Sem ajudas do Governo, "não sei se os grandes vão continuar a ser grandes"

"É complicado encontrar soluções", assume o presidente do Marítimo numa altura em que o futebol está parado por causa da pandemia de Covid-19. A situação é "aflitiva" para muitos clubes, diz Carlos Pereira que acredita …

Governo dá tolerância de ponto nos dias 9 e 13 de abril

O primeiro-ministro assinou um despacho a conceder tolerância de ponto nos próximos dias 9 e 13, no período da Páscoa, a todos os trabalhadores que exercem funções públicas nos serviços da administração direta do Estado. “É …

Depois do papel higiénico, vendas de snacks e bebidas alcoólicas disparam

A Associação Espanhola de Supermercados fez um estudo sobre as alterações de consumo desde que foi decretado o estado de emergência. A procura por papel higiénico disparou meados de março, mas os produtos mais procurados …

Bloco quer proibir banca de distribuir lucros (e pede ajuda ao PSD)

O Bloco de Esquerda quer proibir os bancos de distribuírem dividendos em 2020 e pede ajuda ao PSD para o conseguir. Em videoconferência, Mariana Mortágua lançou um desafio ao líder social-democrata. O Bloco de Esquerda anunciou …

Ordens duvidam dos números de infetados (e admitem fazer o seu próprio levantamento)

Segundo os números anunciados na quarta-feira, havia 1.124 profissionais de saúde e oito deles estavam internados em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI). Mas estes números não convencem as Ordens. De acordo com o Observador, o bastonário …

Europa tem que ser o seu "próprio Plano Marshall". Centeno defende solução sem o "estigma" da austeridade

Mário Centeno continua a incentivar uma solução conjunta assente na ideia da solidariedade europeia perante "uma crise inesperada e sem precedentes" devido à pandemia de Covid-19. Como presidente do Eurogrupo, o ministro das Finanças de …

Há mais de 10 mil infetados em Portugal. DGS vai fazer testes de imunidade à população

O boletim epidemiológico da Direção-geral da Saúde deste sábado regista 10.524 casos de infeção por covid-19 em Portugal. Há mais 20 mortes, num total de 266 óbitos. Nas últimas 24 horas, até à meia-noite, foram registados …

Quase meio milhão de portugueses estão em lay-off. "Sistema é errado", diz Francisco Louçã

Uma semana depois de o Governo ter aberto a porta ao lay-off simplificado, mais de 22 mil empresas já recorreram a este novo regime. Atualmente, há 425.287 trabalhadores nessa situação. Francisco Louçã considera este sistema …

Costa "chocado" com caso da morte no aeroporto. Enfermeira, médico e polícias também investigados

Além dos três inspectores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) que são suspeitos de terem agredido um cidadão ucraniano, que acabou por morrer, também há outros elementos do SEF, um médicos e uma enfermeira, …