Centenas de mulheres “coletes amarelos” saíram às ruas em França

Ian Langsdon / EPA

Quiseram provar que as manifestações dos “coletes amarelos” não têm de ser violentas. Assim, centenas de mulheres saíram às ruas este domingo, em França, para mostrar a abrangência do movimento.

Várias manifestações de mulheres “coletes amarelos” decorreram este domingo sem incidentes em diferentes cidades francesas, um dia depois de 50 mil “coletes amarelos” terem saído à rua e do registo de vários incidentes.

Em Paris, centenas de mulheres reuniram-se na praça da Bastilha e marcharam até à praça da Ópera, onde ao início da tarde se mantinha um forte dispositivo de segurança, com mais de uma dezena de viaturas policiais. Outras marchas semelhantes registaram-se em Toulouse (sul), com 300 participantes, Caen (norte), Saint Nazaire à La Rochelle (oeste).

Algumas mulheres estavam acompanhadas de crianças para mostrar que na origem do protesto está a incerteza pelo futuro, além de insistirem em desmentir a associação que se tem feito entre violência e “coletes amarelos”.

“Precisamos de coisas concretas, precisamos de poder de compra, precisamos de baixar os impostos sobre bens de necessidade básica”, disse uma manifestante à Euronews.

“Há bandidos que se infiltram nos protestos e nós queremos dizer-lhes que nós, as mulheres de coletes amarelos, queremos protestar de forma pacífica“, adiantou outra manifestante, afirmando que as mulheres “são determinadas e fortes”. “Estamos aqui em peso e não vamos desistir.”

No oitavo sábado consecutivo de protestos e exigência de mudança de políticas foi registado um recorde de manifestantes – 50 mil pessoas – em toda a França, segundo os números do Ministério do Interior.

Foram registados incidentes em Paris, incluindo uma tentativa de entrada forçada no Ministério dos Assuntos Parlamentares, Bordéus, Toulouse e Ruão.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Merkel fará a sua primeira visita ao antigo campo de concentração de Auschwitz

A chanceler alemã, Angela Merkel, pretende visitar o antigo campo de concentração nazi de Auschwitz na Polónia, pela primeira vez nos seus 14 anos no cargo, anunciou na quinta-feira um jornal de Munique. Segundo Sueddeutsche Zeitung, …

Bebé encontrado no lixo já está com uma família de acolhimento

O bebé encontrado num ecoponto, no início do mês, e que esteve até quinta-feira hospitalizado, já está com uma família de acolhimento, informou a Santa da Misericórdia de Lisboa esta sexta-feira. A instituição refere numa nota …

Fisco vai controlar declarações de IRS de beneficiários do programa "Regressar"

A Autoridade Tributária e Aduaneira vai desenvolver mecanismos para verificar se os contribuintes abrangidos pelo regime fiscal do programa "Regressar" reúnem as condições exigidas, prevendo-se que parte desse controlo ocorra com a entrega da declaração …

Greta Thunberg vai de Lisboa a Madrid num carro elétrico emprestado por Espanha

A Junta da Extremadura, região espanhola, disponibilizou um carro elétrico à jovem ativista sueca Greta Thunberg para que possa viajar de Lisboa para Madrid para assistir à Cimeira do Clima respeitando o meio ambiente, adiantou …

Enfermeiros garantem voltar à luta com os 200 mil que sobraram do crowdfunding

Os enfermeiros, que no ano passado iniciaram o "Movimento Greve Cirúrgica", pretendem voltar às ações de protestos com os cerca de 200 mil euros que restaram da campanha de crowdfunding. A intenção é revelada por …

OCDE: Nova crise pode tirar metade do rendimento às famílias portuguesas

Uma nova crise económica e financeira a nível global pode ter efeitos dramáticos para as famílias portuguesas, levando à perda de metade dos seus rendimentos. Esta é a previsão da Organização para a Cooperação e …

O cofre da rica mãe, heranças às dúzias e a vida "sem luxos". O que Sócrates disse a Ivo Rosa

Foram cerca de 20 horas de interrogatório no âmbito da Operação Marquês, em que José Sócrates manteve, perante o juiz Ivo Rosa, a versão de que as avultadas quantias de dinheiro que gastou nos últimos …

Associados podem ser chamados a resolver "buraco" do Montepio

Os cerca de 630 mil associados e pensionistas da Associação Mutualista Montepio Geral correm o risco de virem a ser chamados para resolver as perdas da instituição financeira, escreve o jornal Público. De acordo com o …

Bolívia divulga vídeo que sugere que Morales incitou bloqueios à entrada de alimentos

Arturo Murillo, ministro do Governo da Bolívia, divulgou na manhã de quarta-feira um vídeo que sugere que o antigo presidente do país, Evo Morales, incitou os bloqueios à entrada de alimentos que fragiliza o país. Os …

Christine Lagarde foi conselheira de duas empresas sediadas em paraísos fiscais

Christine Lagarde, presidente do Banco Central Europeu (BCE) desde outubro, foi conselheira de duas filiais da empresa de advocacia Baker & McKenzie (BM) entre 2003 e 2005, ambas sediadas em países considerados à data paraísos …