Mulheres acusadas de matar o meio-irmão de Kim Jong-un declaram-se inocentes

(dv) Royal Malaysia Police

A indonésia Siti Aisyah e a vietnamita Doan Thi Huong foram indiciadas por assassinato de Kim Jong-nam

Duas mulheres acusadas de matar Kim Jong-nam, meio-irmão do líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, declararam-se inocentes, no dia em que começou, na Malásia, o julgamento do crime que provocou uma crise diplomática.

A indonésia Siti Aisyah, de 25 anos, e a vietnamita Don Thi Houng, de 29, falaram através dos seus intérpretes no Tribunal Superior de Shah Alam, um distrito perto do aeroporto nos arredores de Kuala Lumpur, onde Kim Jong-nam foi atacado em 13 de fevereiro com VX, um agente neurotóxico, uma versão altamente letal do gás sarín, considerado uma arma de destruição em massa.

Se forem consideradas culpadas, as mulheres arriscam-se à pena de morte por enforcamento. Durante 23 dias, o tribunal vai chamar 40 pessoas entre testemunhas e especialistas para apoiar a acusação durante o julgamento, cuja conclusão está prevista para 23 de novembro.

As duas suspeitas são as únicas detidas pelo roubo e envenenamento de Kim a 13 de fevereiro num terminal de partidas do aeroporto da capital da Malásia.

Alegadamente, quando uma delas distraía a vítima enquanto imprimia o bilhete de embarque, a outra aproximou-se pelas costas e tapou o rosto do norte-coreano com um pano ensopado num produto tóxico potente.

Depois disto, as mulheres puseram-se em fuga mas foram captadas pelas câmaras do circuito fechado do recinto e o norte-coreano foi chamar assistência médica junto das autoridades antes de desmaiar e cair com uma paragem cardíaca enquanto era transportado para o hospital.

Após terem sido detidas nos dias depois do incidente, as duas mulheres garantiram ser vítimas de um engano, disseram que pensavam estar a participar num programa de apanhados para a televisão e que pensavam que o veneno era óleo para bebé.

Os médicos legistas da Malásia que fizeram a autópsia concluíram que a substância afinal era um agente nervoso conhecido como VX e considerado pelas Nações Unidas como uma arma de destruição massiva. As acusadas disseram às autoridades que toda a situação tinha sido orquestrada por um grupo de quatro homens que lhes pagou 80 dólares a cada uma.

A polícia identificou estes homens como cidadãos norte-coreanos que embarcaram depois num avião com destino a Pyongyang e pediu informações a outras três pessoas que foram ao aeroporto despedir-se deles, incluindo o segundo secretário da embaixada da Coreia do Norte em Kuala Lumper, Hyong Kwang.

Entre estas três pessoas estão também Kim Uk Il, funcionário da companhia aérea estatal da Coreia do Norte, e outra pessoa identificada como Ri Ji U, que se refugiou nas instalações diplomáticas durante dias para evitar as autoridades.

Desde o primeiro momento que os serviços de inteligência da Coreia do Sul e dos Estados Unidos atribuem o crime a agentes norte-coreanos, mas Pyongyang argumenta que a morte foi provocada por um ataque cardíaco e acusou as autoridades da Malásia de conspirarem com os seus inimigos.

Kim Jong-nam, que viajava com um passaporte com o nome de Kim Chol, ia viajar para Macau, onde vivia exilado.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

I Liga pondera reduzir número de equipas a partir de 2022/2023

O desportivo Record avança esta quarta-feira que a Liga de Clube pondera reduzir o número de equipas em competição na I Liga já a partir da época de 2022/2023. Em cima da mesa está a redução …

Sob risco de expulsão, Fidesz de Orbán deixa bancada do Partido Popular Europeu pelo próprio pé

O partido Fidesz, liderado pelo primeiro-ministro húngaro Viktor Orbán, vai deixar a bancada do Partido Popular Europeu no Parlamento Europeu. De acordo com a agência Reuters, o partido Fidesz, que governa a Hungria, anunciou esta quarta-feira …

Varandas move mundos e fundos por João Mário, que ganha dobro do teto salarial

Frederico Varandas está disposto a investir na contratação em definitivo de João Mário. O médio do Inter ganha quase o dobro do teto salarial em Alvalade. "João Mário é para ficar", lê-se esta quarta-feira na capa …

Moedas é a cara de uma megacoligação em Lisboa. PSD tenta fechar Santana em Sintra

Aliança, RIR, MPT e PPM também estão fechados. Carlos Moedas vai encabeçar a candidatura PSD/CDS à Câmara Municipal de Lisboa, uma megacoligação de centro-direita. O Público avança que a participação do Aliança, do Reagir, Incluir e …

Neandertais tinham a capacidade de falar e perceber a linguagem humana

Um novo estudo mostra que os nossos parentes Neandertais tinham a capacidade de ouvir e produzir os sons da fala dos humanos modernos. Nos últimos anos, várias evidências científicas provaram que os Neandertais eram muitos …

Maria José Valério morre vítima de covid-19 ao 87 anos

A cançonetista Maria José Valério, que deu voz à "Marcha do Sporting", morreu esta quarta-feira em Lisboa, aos 87 anos, vítima de covid-19, disse fonte da Casa do Artista. A intérprete de "Menina dos Telefones" (1961) …

Mais impostos e incentivos. Governo avança com reforma fiscal verde (e tem o apoio de Bruxelas)

O Governo está a trabalhar com a Comissão Europeia para aprofundar a primeira vaga reformista, lançada pelo anterior Governo PSD-CDS em 2015, para avançar com uma nova reforma fiscal verde. O Diário de Notícias avança esta …

Costa dá guião a deputados do PS sobre bazuca e promete plano nacional

António Costa reuniu-se com deputados do PS para elucidar sobre a aplicação da bazuca europeia. O primeiro-ministro prometeu um plano nacional para os setores mais afetados. Com as eleições autárquicas à porta e 16 mil milhões …

"Mini cérebros" criados em laboratório sugerem mutação que revolucionou a mente humana

A mudança de uma única letra no nosso código genético pode ter desencadeado um novo nível de função cerebral em humanos modernos, sugere um novo estudo. Como é que nós, humanos, nos tornamos o que somos …

6% da população já recebeu uma dose da vacina. 3% tem a vacinação completa

Portugal já vacinou 603.486 pessoas com a primeira dose da vacina contra a covid-19, com 168.798 a serem vacinadas na última semana, das quais 265.281 pessoas já têm a vacinação completa, informou o Ministério da …