Cientistas criaram a super-mulher do futuro (e ficaram assustados)

Um grupo de cientistas conseguiu “construir” um modelo de uma potencial super-mulher do futuro, capaz de sobreviver a várias doenças e adversidades. E o resultado assustou os próprios cientistas!

Este projecto foi conduzido pela professora de Anatomia e Antropologia da Universidade de Bristol, no Reino Unido, Alice Roberts, no âmbito do documentário “Can Science Make Me Perfect?” da BBC4, numa parceria com o Museu britânico de Ciências.

A professora tinha como missão “reconstruir” o próprio corpo, editando os erros de evolução que tornam os humanos tão vulneráveis. E o resultado assustou a própria Alice Roberts quando viu o modelo criado pelos seus parceiros de projecto.

O objectivo era criar “o espécimen perfeito” a partir das “melhores modificações da natureza que resolveriam as falhas de evolução do design” do corpo humano, explica Alice Roberts no Daily Mail.

Juntando “arte e ciência”, e contando com a colaboração do artista anatómico Scott Eaton e do produtor de modelos de efeitos especiais Sangeet Prabhaker, criou-se o modelo da mulher ideal do futuro. E não tem nada a ver com os cânones de beleza a que estamos habituados.

Esta super-mulher tem orelhas de morcego, pele de rã, uma bolsa de canguru e pés com garras, assemelhando-se mais a uma personagem de ficção científica do que a uma modelo perfeita. Mas está preparada para enfrentar quase todas as adversidades.

A pele de rã permite-lhe adaptar-se para deixar passar a luz ou para bloquear os raios ultra-violetas que provocam o cancro de pele e aceleram o envelhecimento, explica Alice Roberts.

Além disso, o coração está apetrechado com mais artérias do que o do ser humano da actualidade, os seus pulmões e pernas são mais eficientes, os olhos não têm pontos cegos e tem ouvidos com maiores capacidades de audição.

Falta agora saber se a realidade futura estará mais próxima deste modelo de super-mulher ou do actual formato “defeituoso” do ser humano.

SV, ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Gostaria de saber como alguém da patrocínio a estas loucuras dos Dr Moureou modernos ,estou a perceber que não existe nada para eles fazerem de importante por isso que tal criar um demónio …..A loucura do mundo moderno não parece ter limites.

  2. Compreendo a necessidade das orelhas maiores… mas toda agente sabe que a mulher do futuro terá três mamas. Isso é ponto assente e aceite pela comunidade científica internacional.

  3. Muitas vezes a comunidade científica precisava que lhe cortassem todos os apoios financeiros. Não têm mais que fazer ao dinheiro? E que tal aplicá-lo no desenvolvimento de novas curas para as inúmeras doenças que existem?

RESPONDER

Há uma forma de reduzir erros na computação quântica (e já sabemos qual é)

Na computação quântica, assim como no trabalho em equipa, um pouco de diversidade pode ajudar a melhorar o resultado. Esta pode mesmo ser a chave para pôr fim aos erros na computação quântica. Ao contrário dos …

Coimbrões 0-5 FC Porto | Dragões goleiam e seguem em frente na Taça

O FC Porto venceu hoje o Coimbrões, por 5-0, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal que os «dragões» resolveram com três golos nos 12 minutos iniciais. Aproveitando a inexperiência e nervosismo da formação …

Produção de filmes em Hollywood é um inimigo silencioso do ambiente

Hollywood é casa para a maioria dos grandes filmes produzidos que estreiam nas salas de cinema espalhadas por todo o mundo. Contudo, consegue ser bastante prejudicial para o meio ambiente e, mais do que nunca, …

O escorbuto era uma doença comum entre piratas, mas pode estar de regresso

O número de casos de escorbuto no Reino Unido mais do que duplicou nos últimos anos. A desnutrição é um dos principais responsáveis pelo regresso desta doença. O escorbuto está em ascensão no Reino Unido e …

Dois veleiros robotizados vão medir alterações climáticas no Atlântico

Dois veleiros de navegação robotizada vão medir, durante os próximos quatro meses, a pegada das mudanças climáticas no oceano Atlântico e irão passar pela Madeira e Cabo Verde. A Plataforma Oceânica das Canárias (PLOCAN) libertou esta …

A educação científica está sob ataque legislativo nos Estados Unidos

São inúmeros os professores de ciências que trabalham diariamente nas escolas públicas dos Estados Unidos para garantir que os alunos estão equipados com o conhecimento teórico e prático necessário para enfrentar o futuro. No entanto, …

João Félix saiu lesionado com gravidade no jogo contra o Valência

João Félix, avançado português do Atlético de Madrid, saiu este sábado lesionado com "forte torção no tornozelo direito", ao minuto 78 do jogo contra o Valência, da nona jornada da Liga espanhola de futebol, disputado …

As traças ficaram mais escuras por causa da Revolução Industrial? Cientistas já sabem a resposta

No virar do século XIX, na Grã-Bretanha, traças de todo o país começaram a ficar gradualmente mais escuras em resposta à forte poluição provocada pela Revolução Industrial. A Revolução Industrial foi um período de grandes transformações …

Mais de mil médicos foram alvo de processos disciplinares. 45 foram condenados, nenhum foi expulso

Mais de 1.070 processos disciplinares a médicos foram abertos no ano passado pelos conselhos disciplinares da Ordem, tendo sido condenados 45, segundo dados este sábado divulgados. Segundo os dados da Ordem dos Médicos, os conselhos disciplinares …

Publicar no Instagram rende mais a Ronaldo do que jogar na Juve

As publicações pagas no Instagram rendem mais a Cristiano Ronaldo do que jogar na Juventus, revela um estudo do Buzz Bingo. O internacional português foi a personalidade mais bem paga neste rede social em 2018. De …