MP e BdP pedem manutenção de coima a Salgado no processo da compra de ações da ESFG

António Cotrim / Lusa

O Ministério Público e o Banco de Portugal pediram, esta segunda-feira, ao Tribunal da Concorrência, Regulação e Supervisão, que mantenha a coima de 75 mil euros aplicada ao ex-presidente do BES no processo da compra de ações da ESFG pelo Grupo Alves Ribeiro.

Nas alegações finais do processo em que o Tribunal da Concorrência, em Santarém, julga o pedido de impugnação da coima aplicada pelo Banco de Portugal (BdP) apresentado por Ricardo Salgado, tanto o supervisor como o Ministério Público (MP) consideraram ter ficado provada a responsabilidade dolosa do antigo presidente do Banco Espírito Santo (BES) na violação das normas que obrigavam a desconsiderar do cômputo de fundos próprios da Espírito Santo Financial Group (ESFG), em base consolidada, as ações adquiridas pelas holdings do Grupo Alves Ribeiro (GAR) aquando do aumento de capital de 2012.

Já a defesa de Ricardo Salgado pediu a absolvição, sublinhando que, nas suas alegações, tanto o MP como o BdP reconheceram que a acusação está “coxa”, ao admitirem ser difícil identificar os factos concretos que correspondem a cada uma das quatro infrações imputadas ao arguido.

Adriano Squilacce afirmou que a decisão administrativa apenas contém uma “imputação genérica” relativa à alegada intervenção de Salgado na operação de compra de ações da ESFG, sublinhando que o então presidente do BES não tinha qualquer função executiva no grupo que tinha sede no Luxemburgo.

O advogado de Salgado lamentou que o Novo Banco não tenha respondido aos vários pedidos feitos para que entregasse ao tribunal os documentos que comprovam quem aprovou os financiamentos concedidos às holdings do grupo Alves Ribeiro para que estas adquirissem as ações da ESFG.

Squilacce afirmou igualmente que o ex-presidente do BES não teve qualquer intervenção na desconsideração das ações adquiridas por clientes que estavam identificados por códigos, sublinhando que o impacto destas e das do GAR no rácio de capital da ESFG era “praticamente nulo”, o que, alegou, demonstra que não havia qualquer motivação para violar a determinação do BdP.

O advogado do BdP, João Raposo, reafirmou a convicção de culpa de Ricardo Salgado, por ser o “gestor omnipresente” do grupo e por ter tido um “papel determinante na conceção e execução” da operação que levou ao financiamento do GAR pelo BES, em 50 milhões de euros, para aquisição de ações da ESFG em 2012.

Considerando que Salgado agiu de forma “livre, consciente e deliberada”, o mandatário do supervisor manteve a convicção de que o ex-presidente do BES atuou com “dolo direto”, pois conhecia o quadro normativo a que estava obrigado “e decidiu deliberadamente não o seguir”.

Antes, o procurador do Ministério Público, Manuel Pelicano, concluiu igualmente pela existência de um “juízo de culpa”, afirmando que Ricardo Salgado “não se pode queixar” do valor da coima única aplicada (75 mil euros), já que o limite máximo de cada uma das infrações é substancialmente superior, e lamentou a “falta de humildade” do arguido no depoimento que prestou ao tribunal na primeira sessão do julgamento, em novembro último.

A juíza Vanda Miguel indeferiu um requerimento apresentado por Adriano Squilacce que pedia a audição presencial de Ricardo Salgado, para declarações finais, a ter lugar no termo das medidas de contingência impostas pela covid-19, já que integra um grupo de risco, pretensão que mereceu a oposição tanto do MP como do BdP.

No seu despacho, a juíza afirmou que o tribunal cumpre todas as medidas de segurança da Direção-Geral da Saúde (DGS) que permitem ao arguido depor, sublinhando não ser aceitável a suspensão dos autos indefinidamente, tanto mais que a defesa expôs nos autos a tese da não suspensão dos prazos para prescrição durante as medidas impostas pela pandemia.

O processo teve inicialmente um outro arguido, o ex-administrador da ESFG José Castella, que havia sido condenado a uma coima única de 50 mil euros, mas cujo pedido de impugnação foi dado como extinto devido à sua morte no passado mês de fevereiro.

A leitura da sentença está marcada para a próxima quinta-feira.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

PayPal resiste à pandemia. Volume de pagamentos cresce 30% no segundo trimestre

O volume de pagamentos através do PayPal cresceu 30% no segundo trimestre. A empresa parece resistir à pandemia de covid-19, que abalou o setor das viagens, cujos pagamentos estão muitas vezes associados a meios eletrónicos. …

Quatro pessoas morreram nos Estados Unidos depois de beberem desinfetante para as mãos

Quatro pessoas morreram nos Estados Unidos depois de ingerirem desinfetante para as mãos à base de álcool, revelou um relatório do Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) do país esta quarta-feira publicado. De …

Jim Hackett deixa a Ford após três anos de liderança

Ao fim de três anos como CEO da Ford, Jim Hackett será substituído por Jim Farley. Um mandato que fica marcado por problemas financeiros, de produção e pela morte dos três volumes e utilitários. O mandato …

Covid-19: Portugal tem mais 186 casos e quatro pessoas morreram desde sexta-feira

Portugal regista hoje mais quatro mortos e 186 novos casos de infeção por covid-19 em relação a sexta-feira, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde. De acordo com o relatório da DGS sobre a situação …

Versão americana da Eurovisão chega em 2021

O Festival Eurovisão da Canção — o maior espetáculo de entretenimento televisivo do mundo — vai chegar aos Estados Unidos no final do próximo ano. A novidade foi divulgada, esta sexta-feira (7), em comunicado oficial. A …

Contratações na TVI após apoios financeiros "suscitam preocupação"

O professor universitário e ex-ministro Miguel Poiares Maduro manifestou "preocupação" relativamente às contratações na TVI, da Media Capital, grupo que beneficia do apoio do Estado, através da compra antecipada de publicidade institucional. Em entrevista à Lusa, …

Invocando Sá Carneiro, Miguel Albuquerque também defende diálogo entre PSD e Chega

O Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, defendeu que o PSD deve dialogar com vários partidos, incluindo o Chega de André Ventura. Depois de Rui Rio admitir em entrevista à RTP que poderá vir …

Sobe para 18 o número de mortos no acidente de avião na Índia

As autoridades indianas atualizara para 18 o número de mortes no acidente com o avião da Air India Express, que voava do Dubai para Kozhikode, no sul da Índia, e que se partiu em dois …

Luz verde para reabertura de centros de dia. DGS sugere dois metros de distância entre idosos

Os centros de dia vão poder reabrir a partir de 15 de agosto, mas de forma faseada e condicionados a uma avaliação prévia da Segurança Social e entidade de saúde local sempre que funcionem juntamente …

Vacina russa para a covid-19 preocupa cientistas. País pode estar a saltar etapas

Países de todo o mundo continuam na corrida por uma vacina contra a covid-19. A Rússia diz estar prestes a anunciar a vacina, deixando preocupada a comunidade científica, ao passo que Itália avança para os …