Ministério Público acusa Groundforce de discriminação com prémios de 2017

O Ministério Público avançou com uma acusação contra a Groundforce por ter discriminado mais de 200 trabalhadores na atribuição de prémios em 2017.

Segundo o Diário de Notícias, o Ministério Público (MP) acusa a Groundforce de discriminação e violação da autonomia sindical por ter decidido que o pagamento dos prémios anuais de 2017 seria feito apenas aos trabalhadores sem sindicato ou aos afetos às duas estruturas que tinham concordado com a atualização das tabelas salariais propostas pela empresa.

O processo foi enviado para o MP em abril de 2018 pela Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT), depois de uma queixa por parte dos quatro sindicatos que ficaram fora do acordo: Sindicato dos Técnicos de Handling de Aeroportos (STHA), Sindicato dos Quadros da Aviação Comercial (SQAC), Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Aviação Civil (SINTAC) e Sindicato das Indústrias Metalúrgicas e Afins (SIMA).

Do bónus de meio salário ficaram de fora 203 trabalhadores, que agora poderão tentar obter uma indemnização por prejuízos sofridos, revela o despacho de acusação a que o jornal, juntamente com o Dinheiro Vivo, teve acesso.

O MP entende que a proposta feita aos trabalhadores constituiu uma limitação do exercício do direito sindical, tendo contribuído “para que diversos trabalhadores se desfiliassem das respetivas associações sindicais”, o que promoveu “o enfraquecimento destas”.

O processo avança agora para julgamento e tem como arguidos a empresa de tratamento de bagagens nos aeroportos nacionais e Paulo Leite, o CEO da mesma, que enviou o e-mail a sugerir o pagamento diferenciado consoante a filiação sindical.

O despacho assume ainda que o presidente executivo “atuou sempre por si e no seu próprio interesse e no interesse por conta da sociedade arguida”, “sabendo que as condutas assumidas eram proibidas e puníveis por lei”.

O jornal escreve que esta situação começou em abril de 2017, quando os sindicatos retomaram a negociação das tabelas salariais. Após vários meses de negociação, apenas o SITAVA e o STTAMP aceitaram a proposta da empresa (um aumento de 7,6% nos ordenados para os trabalhadores na categoria de iniciados e de 1% para os restantes trabalhadores).

Na carta que iniciou a discórdia, de 30 de novembro, Paulo Leite anunciou aos trabalhadores que o bónus seria pago “a todos os trabalhadores que até à data de 11 de dezembro se encontrem filiados num dos sindicatos subscritores do acordo e a todos os trabalhadores sem filiação conhecida”.

Desta forma, vários trabalhadores optaram por deixar as suas organizações sindicais para poderem receber o prémio prometido pela empresa.

De acordo com o DN, além deste processo, correm ainda outros dois em paralelo: um no Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP), a respeito de uma situação semelhante em que os trabalhadores dos quatro sindicatos voltaram a ser preteridos num pagamento de retroativos, e um outro que corre no Tribunal da Relação e que está relacionado com a forma como as tabelas salariais foram atualizadas.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Quase 40% dos americanos com dificuldades financeiras. Doar sangue é a sua maior receita

A economia dos Estados Unidos (EUA), considerada uma das maiores do mundo, permitiu avanços sociais e tecnológicos inestimáveis. Contudo, atualmente, cerca de 40% dos norte-americanos afirmam ter dificuldade em pagar por comida, por habitação, por …

"Políticos devem ser colocados contra a parede". Greta pede desculpa

A ativista do clima Greta Thunberg pediu desculpa por ter dito que os políticos devem ser colocados “contra a parede”, após diversas pessoas terem considerado que a jovem estava a defender a violência. A sueca de …

Carnaval belga retirado da lista de Património Imaterial da UNESCO após queixas de antissemitismo

As festas da cidade de Aalst, na Bélgica, foram retirada da lista do Património Imaterial da Humanidade, depois de a UNESCO ter sancionado a presença de carros carnavalescos contendo imagens antissemitas. O presidente da Câmara …

Conselho de Ministros aprova proposta de OE2020 (e foram quase 10 horas de reunião)

O Conselho de Ministros aprovou hoje a proposta de Orçamento do Estado para 2020, dez horas depois de a reunião extraordinária ter começado, anunciou hoje o primeiro-ministro na sua página na rede social Twitter. "O Conselho …

Nova espécie de baleia mostra como este animal evoluiu para conseguir nadar

Cientistas descobriram uma nova espécie de baleia, que existiu há 35 milhões de anos, que pode dar novas pistas sobre como as baleias evoluíram para conseguir nadar. De acordo com a revista Newsweek, os investigadores analisaram …

Casal separado após sobreviver a Auschwitz reencontra-se 72 anos depois em Nova Iorque

Em 1944, David Wisnia e Helen "Zippi" Spitzer eram dois prisioneiros judeus e secretamente namorados que, miraculosamente, conseguiram sobreviver ao campo de concentração nazi Auschwitz, na Polónia. Porém, no final da guerra, foram separados depois de …

Benfica 4-0 Famalicão | Pizzi entrega saco cheio de Natal

O Benfica terminou o seu ano de Liga NOS com mais uma vitória, de novo por 4-0, tal como havia acontecido na anterior partida no Estádio da Luz, ante o Marítimo. Desta vez frente ao …

Morreu o ator Danny Aiello

Morreu esta quinta-feira, em Nova Jérsia, o ator Danny Aiello, que recordamos pelos seus muitos êxitos dos anos 80. Tinha 86 anos. "É com profunda dor que comunicamos que Danny Aiello, amado marido, pai, avô, ator …

Videojogo chinês incita jogadores a atacar os "traidores" em Hong Kong

Há um novo videojogo que está a ganhar popularidade na China. Chama-se "Fight the Traitors Together" e permite que os jogadores ataquem manifestantes de Hong Kong. No jogo, os jogadores podem bater nos manifestantes pró-democracia, sendo …

Mundial de Clubes proíbe demonstrações públicas de afeto

Começou na passada quarta-feira, dia 11 de dezembro, em Doha, capital do Catar, o Mundial de Clubes da FIFA, prova onde estão inseridos clubes como Flamengo e Liverpool. E esta até poderia ser mais uma …